Autor Tópico: Graduacao e Picaretagem...  (Lida 9784 vezes)

Offline Getsu (Imago)

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 40
  • Votos: +0/-0
Re: Graduacao e Picaretagem...
« Resposta #30 Online: Dezembro 01, 2007, 19:24:12 »
Olá Antonio,,

Concordo plenamente com você!!! A culpa direta ou indiretamente támbem é nossa.

Salve!!!

Marcos Mulinari

É, meu caro, infelizmente, como o Guilão colocou não tem muito pra onde correr...
O duro é saber que estamos certos (ou ao menos não tão errados) e ainda assim não podemos fazer muita coisa...
Essa lei picareta que temos aqui dá poder aos picaretas do karate e, é claaaaaaaaaaaro, que eles vão se aproveitar dos benefícios dela...
Óh, nem ir lá mais, no dojo do mané, desafiar o cara pra um kumite a gente pode fazer, senão tooooooooma processo (apesar de essas coisas demorarem horrores aqui no Brasil... hehehe).

E o problema é que o pobre coitado, leigo, desavisado que entra no dojo do picareta não vai ter como saber que seu professor e nada são a mesma coisa. E mais, se vc tentar abrir o olho do sujeito ele ainda fica puto com você pelo seu desrespeito ao "grande mestre" dele... Esses, com a graça de Deus, vão "ficar pelo caminho pelo processo de seleção natural"...
Duro são os caras esclarecidos que sabendo da palhaçada filiam-se à essas federações em troca de dans... O cara toma pau na JKA pra 2° Dan, dai recebe um convite da FQC (Federação Qualquer Coisa) oferecendo o 4° Dan... e ai? O cara aceita, claro, já não tem índole mesmo...

O f... duro é que praticamente todo mundo dá uma importância absurda pros dans... Como se o dan representasse realmente a capacidade do camarada. Tb já pensei assim, mas quando comecei a ver o tanto de 6 ou 7 dan que tinha por aqui que não sabia explicar o bunkai dos heian kata... desisti. Dan não significa absolutamente nada! Aliás, nem mesmo a faixa que é um pedaço de pano que serve pra amarrar o gi...
Mas são poucos os que pensam assim...

E não, nem sequer podemos citar os nomes desses picaretas, apesar de achar que muitos aqui já conhecem vários picaretas em comum. hehehe


Antonio Pêcego,
Vejo com bons olhos esses 3 Kyu na faixa marrom / castanha. Lembrando que, até onde eu sei, esses 3 Kyu ai são adotados apenas pela JKA.
Acho que o conteúdo do que se deveria aprender na faixa marrom é muito longo e denso e muitas vezes acabamos perdidos nisso. Com os 3 Kyu, segundo o programa da JKA, fica mais fácil se guiar no que ensinar para os alunos, de forma parcelada e mais bem preparada.
 :)

Lezon

  • Visitante
Re: Graduacao e Picaretagem...
« Resposta #31 Online: Dezembro 10, 2007, 22:08:20 »
Amigos,

Sobre a graduação de faixa parece que estamos mais ou menos entendidos...eu, por exemplo, apesar de ter estranhado as côres das faixas nos Kyus e sua correspondência, o assunto é para mim pacífico.

Já quanto à "picaretagem" não me conformo de maneira nehuma que as coisas continuem sem que nada se faça!

Só assisto a acérrimas críticas, mas não me apercebo que se faça nada para irradicar com esses tais picaretas, o que é lamentável!

Hai!!  Oss!!!

Neto110

  • Visitante
Re: Graduacao e Picaretagem...
« Resposta #32 Online: Dezembro 11, 2007, 11:35:37 »
Entendo que nãoe stamos fugindo do tópico quando discutimos este tema aqui (picaretagem) mas entendo que estamos num campo muito movediço e coplicado.

Um amigo me disse que uma crítica ao outro só tem valor se sabemos usar nossa capacidade de análise para nós mesmos também.

Na minha longa história de karate, como morava no interior, vi muita gente que foi chamada de picareta deixar de ser picareta quando se aliou ás pessoas certas, e não foi após a lei ZICO, ou seja, o karate era uno ainda.

O motivo que as pessoas foram aceitas? Simples: crescimento. Sobrevivência. Vejo muita gente atacando quem faz comércio de faixas e naõ defendo isto, mas comércio de faixas é um apelo muito fraco para encher academia e manter cheia.

Não duvido que seja um atrativo, mas será que o tal atleta/professor tem só isto de atrativo em sua academia?

Na cidade onde estou há quem nunca tenha saído daqui e se proclame faixa preta de nunjutsu, ou mestre de kungfu. Foram para frente? Não. mesmo dando aulas e faixas de graça.Motivo? O trabalho deles em seu conjunto era pior que o meu.

Falo isto porque quando leio falas como:

Citar
Essa lei picareta que temos aqui dá poder aos picaretas do karate e, é claaaaaaaaaaaro, que eles vão se aproveitar dos benefícios dela..

me parece querer homologar que o karate só pode ser ensinado por este ou aquele por força de lei.

Isto naõ existe! Mesmo no Japão, as coisas naõ são assim. Alunos meus que foram ao Japão, quase naõ encontraram DOJOs de karate que lembrassem minimamente o karate que aprenderam comigo (que nada tem de muito diferente do que se ensinava na era pré separação - que é, na minha opinião a raiz do karate, motivo pelo qual me recuso a fazer qualquer modificação), exceto (pasmem, eu pasmei) em DOJOs do Kyokushin!!

Equivale dizer que não há muitos DOJOs de shotokan no Japão, ou então, pior, há muita coisa lá que eles chamam de karate mas nós não chamaríamos.

A lei, eu repito, foi criada para proteger os atletas da dominação de cartolas e, na minha opinião, ela faz muio bem isto.

Ter academia cheia naõ é lei nenhuma que garante e não é tornar o karate mais fácil que garante. Acho ingenuidade continuar afirmando isto.

Em tempo: o que garante que uma pessoa tenha direito à segurança de sua integridade física não é a lei ZIco.