Autor Tópico: Karate coreano ?  (Lida 488 vezes)

Offline matsazuka

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 29
Karate coreano ?
« Online: Fevereiro 10, 2016, 22:36:36 »
Esses dois videos são oq me parece a versão original do Taekwondo (que não chega nem perto do que nós vemos nas olimpiadas). A influencia é nítida, pena que perdeu as características por conta do ódio dos coreanos pelos japoneses e pelo uso indevido do governo coreano.





 



Offline Platão

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 262
Re:Karate coreano ?
« Resposta #1 Online: Fevereiro 11, 2016, 12:37:54 »
Bons vídeos!
A competição matou o Taekwondo, assim como matou o Judô (na maioria das academias) e vem matando o Karatê. A entrada do Karatê nas Olimpíadas, se acontecer, será o golpe final contra o Karatê marcial.
OSS!

Offline PSekiMG

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.443
  • Não existe atitude ofensiva no Karate ― Shoto.
Re:Karate coreano ?
« Resposta #2 Online: Fevereiro 11, 2016, 19:08:22 »
Osu,

matsazuka,

Em suma, é isso mesmo: Karate Coreano.

Platão,

Para quem compreende o Karate-Do como arte marcial, ou seja, defesa pessoal, não admite competições.

Fatalmente, a modalidade criada por M. Nakayama Sensei para a promoção e divulgação do legado de G. Funakoshi O'Sensei foi muito benéfico para o exterior (com relação ao Japão). Contudo, a perpetuação desse sistema desencadeou uma espécie de controle subversivo nos "novos mundos".

Creio que somente na Europa o desporto seja tratado com maior seriedade e unificação (e isto não é sinônimo de originalidade e tradição). Nos EUA, o Karate (e me recuso a incluir a "partícula" Do) "Cobra Kai" ainda prospera. As exceções, como sabe, são H. Nishiyama Sensei e T. Okazaki Sensei. Já no Brasil, o problema somente se agrava, pois a legislação desportiva é precária e oferece inúmeras brechas para falcatruas.

É certo que quando o Caratê (e agora cabe um ajuste ortográfico para nacionalizar de vez o termo) for instituído como modalidade olímpica, os Dojo serão raridades, pois ela (a modalidade) será ofertada em qualquer academia. A linhagem, não só de mestres, mas de qualidade e doutrina, restará entre poucos.

Eu mesmo conheço um Dojo que trocou toda marcialidade para aderir aos modelos da federação. Afinal, é onde se lucra, certo?

Lamentável!

Osu.
A força física sem respeito nada mais é que força bruta, e para os seres humanos não tem nenhum valor ― Shoto.