Autor Tópico: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?  (Lida 12433 vezes)

Offline Luiz

  • Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.124
  • Votos: +1/-1
SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Online: Setembro 12, 2007, 15:39:41 »
Meus amigos, será que realmente o Karate morreu?
Será que não está no esporte a resposta?
Será que visão empreendedora é só para a Indústria e Comércio ou serve também para administradores de academias?
Achamos que esporte não é Karate, que deturpa a imagem do Karate, que isso, que aquilo, mas qual Karate? Karate de quem?
E quem vive de Karate, se pensar da mesma forma não vai morrer junto com ele?
Será que o Esporte não seria um remédio amargo que teríamos que tomar? (amargo para alguns depende do gosto).
Propositalmente abri o tópico em Karate esporte, porém gostaria muito que esse assunto fosse levado para o Seminário que será realizado em Santos.

OSS...
"Aqui se cultiva o corpo e a mente"

Lezon

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #1 Online: Setembro 12, 2007, 16:44:58 »
Amigo Luiz,

O Karate não morreu e não morrerá nunca. E sabe que mais? Ao contrário do que muitos pensam, e por paradoxal que pareça, ele nunca irá morrer precisamente por causa da via desportiva do mesmo. 

Na parte que me toca, acho óptima a ideia em abordar-se este e outros assuntos no seminário a realizar em Santos, se bem que o tempo será bastante curto para isso.

Hai!! Oss!!   

vladwoguer

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #2 Online: Setembro 12, 2007, 17:25:49 »
Eu costumava ter esta visao que o esporte acaba com o karate budo, mas hoje penso que cada um faz o que quer ,se quer karate budo procure uma academia voltada pra isso .

Pratique shotokai onde não há competiçao.

Funakoshi antes de morrer criou o shotokai onde não há competiçao.

Shotokan tbm é boa arte marcial como qualquer outro estilo depende do que voce procura.

obs : taekwondo tbm tem essa briga entre esporte e arte marcial ai pelos treinos que eu vi eles sao divididos entre esporte e defesa pessoal.


oss




Lezon

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #3 Online: Setembro 12, 2007, 18:29:59 »
Não é bem verdade que Shotokai não faz competiçao, já que em Portugal o maior grupo de Shotokai faz isso mesmo.

Outro grupo existe que não faz competição mas está filiado na única federação existente no país, com o propósito de poder usufruir dos cursos de Monitores e treinadores de nível I,II e III, que são reconhecidos pelo governo, assim como para participarem em acções de formação e reciclagens, e ter ainda as graduações reconhecidas.

E, curiosamente e para que saibam, o presidente da federação portuguesa dos dois últimos mandatos de quatro anos cada, o qual findou em Julho de 2007, foi o Sensei Raul Cerveira, precisamente do Shotokai.

Hai!!! Oss!!! 

Offline Gustavo-RJ

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.475
  • Votos: +5/-2
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #4 Online: Setembro 12, 2007, 18:36:37 »
Eu diria que depende de qual karate.

O karate que existia no Rio morreu. Os 3 lugares da nata do karate carioca ficaram do seguinte modo:

Kobukan, perdeu seu melhor icone pro cancer. Sensei Tanaka já não tem mais a motivação de nates, pois depois de 40 anos de karate não consegui nada.

Lembukan, perdeu seu Mestre para o Japão por força da esposa. kkkkkk

Shotokan, tb perdeu seu icone para a doença.

Aqui no Rio, aquele karate, acabou.
"Ai se eu te pego, ai, ai."
Gustavo-RJ

Lezon

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #5 Online: Setembro 12, 2007, 18:48:03 »
Caro Gustavo,

Tem a certeza que o Karate acabou no Rio?
Interrogo-o referindo-me ao Karate tradicional. Quero também que não pense somente no Shotokan, que se não estou errado é o seu estilo, certo?

Eu sou de outro estilo, as costumo dizer que faço Karate, depois é que trato do estilo.

Abraço
 

Offline Juliana

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 151
  • Votos: +0/-0
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #6 Online: Setembro 12, 2007, 19:50:17 »
O meu não morreu... o dos outros não sei :P
"A inteligência é quase inútil para quem não tem outras qualidades." (Alexis Carrel)

Neto110

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #7 Online: Setembro 12, 2007, 21:00:01 »
Meus amigos, será que realmente o Karate morreu?

Se o meu não morreu, então ele não morreu.

Será que não está no esporte a resposta?

Karate esporte é um meio de alcançar as massas, apenas isto. Em todas academias que treinei, há um horário apra iniciantes (cheio) e um momento de treinarem os mais graduados e em condições de alcançar outras concepções. Sempre foi assim, continua assim.

Será que visão empreendedora é só para a Indústria e Comércio ou serve também para administradores de academias?

Sim. Se alguém quer viver de karate nunca pode perder de vista: a qualidade de seu produto e a ciência do marketing.

Achamos que esporte não é Karate, que deturpa a imagem do Karate, que isso, que aquilo, mas qual Karate? Karate de quem?

O meu. Quem assiste os treinos que temos aqui nunca identificam com o karate esporte.

E quem vive de Karate, se pensar da mesma forma não vai morrer junto com ele?

Para viver de karate tem que ser profissional do karate, tem que saber karate, administração e marketing. Só tem problemas em viver do karate se está mal em algum destes pontos.

Será que o Esporte não seria um remédio amargo que teríamos que tomar? (amargo para alguns depende do gosto).

Não. Amargo pode ser entender que não sabe bem como imagina de admninistração de academias.

Offline Gustavo-RJ

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.475
  • Votos: +5/-2
Caro Lezon
« Resposta #8 Online: Setembro 12, 2007, 23:03:34 »
Falo do karate que conheci. Na minha epoca, 2a metade dos anos 70, so existia shotokan, as excessões eram por conta da Seigokan (Gojoriu) e do Fluminense (Wadoriu), que nunca ganharam nada, só faziam numero.

80% dos campeonatos de todos anos e todas as faixas foram ganho pelo time do Tanaka, o resto foi dividido pelos seus decendentes, pelo Takeuchi e em menor parte pelo Uriu e em menor ainda pelo Kohara.

Esse karate que eu digo que acabou. Qual academia pode ministrar os treinos de antigamente? Nenhuma. Os alunos sumiriam ou mesmo processariam a mesma. Portanto aquele karate acabou. Tem um outro por ai, mas do fundo do meu coração eu digo que não me interessa.

Quero dar mil maegueris, quero apanhar do Sempai, quero incentivar quem merece metendo a porrada, quero sacanear quem merece dando o desprezo. É assim que aprendi e é assim que acredito.

Vc vai numa academia e recebe logo o aviso: Olha, aqui a gente não luta. que $%&! de karate é esse que não se luta?

Pra mim karate é luta, é defesa pessoal, é respeito, é hierarquia, é treino forte. Esse karate bla bla bla com certeza não é o meu.

Tenho feito aulas particulares 3x por semana com meu Professor Fernando Athayde, campeão carioca, brasileiro e pan americano na decada de 70. Lutamos todos os dias, acho que é o unico cara com mais de 55 anos que ainda luta forte com qq um. É uma pena que não sou páreo pra ele. Nem em pé nem no chão.

Pronto, desabafei.  :)
"Ai se eu te pego, ai, ai."
Gustavo-RJ

Offline DoghQuch

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Votos: +0/-7
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #9 Online: Setembro 13, 2007, 08:09:02 »
Oss!

Uma sitação conhecida, se alguém precisar de tradução avise, mas vou colocar em inglês porque o sentido é mais poético:


Citar
The right can never die,
If one man still recalls.
The Words are not forgot,
If one voice speaks them clear.
The Code forever shines,
If one heart holds it bright.

Então me calo.
"E depois de tudo, céu e terra aí estão, como se nada tivesse acontecido.
  A essa altura, a vida e as ações de um homem têm o peso de uma folha
  seca no meio da ventania..."

Lezon

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #10 Online: Setembro 13, 2007, 10:00:48 »
Caro Gustavo,

Ao contrário de cá, em Kumite, em Portugal o Wado-Ryu tem ganho sempre muita coisa, individual e por equipa, sendo esta a vencedora do campeonato nacional e a taça de Portugal.

Saiba também que o próprio seleccionador/treinador, Sensei Joaquim Gonçalves, é de Wado e foi escolhido unanimemente por todos os estilos filiados na federação, em que o Shotokan é a maioria.

Sem querer ferir quaisquer susceptibilidades e longe de mim pôr em causa seja o que for, veja o historial quer em França, quer na Inglaterra, especialmente nesta em que durante três anos consecutivas foi campeã europeia e do mundo, todos os elementos da equipa eram de Wado.

Estamos evidentemente a falar somente em Kumite. Se quiser indagar, veja que a selecção do Japão é constituída normalmente por elementos maioritários do Wado, incluindo o próprio seleccionador.

Agora quando o meu amigo diz que o Karate acabou, eu sei aonde quer chegar e compreendo bem o seu sentimento. Então aquela da haver academias que já dizem “ Olha, aqui a gente não luta” essa é para rir ou para chorar???

Ainda bem que o Gustavo tem alguém para treinar como o Sensei Fernando Athaíde, que ainda não conheço e que espero vir a conhecer, que com os seus 55 anos não se faz rogado em fazer Kumite, acho que o Gustavo deve se sentir feliz por isso. Mas saiba também que apesar dos meus quase 62 não me limito só a ensinar.

O que eu quero dizer ao Gustavo, é que quando pretender dizer que “aquele Karate acabou” que eu bem compreendo o seu desabafo, tenha apenas o cuidado de não generalizar.

O Gustavo desabafou e eu também. É só isto e nada mais.
Hai!!!  Oss!!!       

Offline pmax

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 300
  • Votos: +0/-0
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #11 Online: Setembro 13, 2007, 10:48:19 »
Pessoal,

O que mudou foi o perfil dos alunos, quem gosta de lutar, está no MMA. O que sobrou e que freqüentam hoje academias de Karate na sua grande maioria não querem lutar, como já comentei em outro tópico tem academias que não fazem luta e os alunos vão se graduando e chegam a faixa preta sem nunca ter lutado.

Isto é o fim, só de sacanagem eu ia fazer uns treinos nestas academias, eu dava umas cutucadas nada de grave, pô meu gyaku é forte, neguinho me detestava, aí desisti de bater nestes caras não leva a nada, hoje só ignoro, sem OSS mesmo que sejam mais graduados.

É engraçado eles me chamam de atleta, com 38 anos, só porque gosto de trocar umas pancadas, eles querem só suar o kimono sem contato, faixa preta somente para desfilar, com o Kimono engoma dinho.


Mais um desabafo !!!!

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #12 Online: Setembro 13, 2007, 11:43:59 »
Nós e que não estamos sabendo lidar com esse momento de transição no karate. Enquanto não encontrarmos o ponto de equilibrio que satisfaça quem gosta de competir e quem quer treinar de forma tradicional, conseguiremos seguir  em frente.

E duro saber que a propaganda e o marketing, fazem com que um dojo mediocre consiga sobriver em detrimento de outro que tem melhor qualidade técnica e de ensino.

Ari - Santos/SP

Lezon

  • Visitante
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #13 Online: Setembro 13, 2007, 13:25:34 »
... e a culpa é nossa caro Arivaldo.

Disse e eu subecrevo que não estamos sabendo lidar com a tal transição para se encontrar o tal ponto de equilibrio.

Repare que eu também me inclui, muito embora eu tivesse feito esse percurso e com provas dadas no Karate desportivo, mas não renego NUNCA o Karate tradicional, no qual nasci e cresci bebendo dele a toda a hora e ao qual me dedico agora integralmente. No entanto, se alguém mo solicitar, estou apto a trabalhar o competitivo. 

Aproveitemos o seminário para se abordar a questão com toda a seriedade e frontalidade, porque é possível encontrar-se o EQUILIBRIO que muito bem referiu e que só fará bem ao Karate e a todos.
 
Hai!! Oss!!   

Offline Luiz

  • Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.124
  • Votos: +1/-1
Re: SERÁ QUE O KARATE REALMENTE MORREU?
« Resposta #14 Online: Setembro 14, 2007, 07:52:55 »
... e a culpa é nossa caro Arivaldo.

Disse e eu subecrevo que não estamos sabendo lidar com a tal transição para se encontrar o tal ponto de equilibrio.

Aproveitemos o seminário para se abordar a questão com toda a seriedade e frontalidade, porque é possível encontrar-se o EQUILIBRIO que muito bem referiu e que só fará bem ao Karate e a todos.
 
Hai!! Oss!!   

Concordo plenamente amigo Lezon...

OSS...
"Aqui se cultiva o corpo e a mente"