Autor Tópico: Ainda sobre o PAN - Rio  (Lida 3846 vezes)

Offline mascs

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Online: Setembro 06, 2006, 10:33:11 »
INIT,
Não sei exatamente qual foi o critério de seleção dos atletas, mas me pereceu um pouco injusto. Por exemplo:

Tony Jobson tem tido excelentes resultados nos últimos anos.

Foi 2 vezes campeão brasileiro na categoria até 60 kg (ou será até 65?) nos anos de 2002 e 2005 - cbk

Foi uma 1 vez vice-campeão em 2004 - cbk

Foi uma vez 3 colocado em 2003 - cbk

Ele é jovem, não deve ter mais do que 25 anos e não sei pq não conseguiu a classificação. Sei de uma coisa, ele não é chorão e não ficou culpando esse o aquele, ou ainda a forma de disputa, pela sua desclassificação.

PS: Não há contradição entre ser atleta e ter objetivos em competições com ter caráter.

Esse jovem que gosta de ganhar competições dá aula para 35 crianças com deficiência auditiva em um projeto social.

Também dá aula para outros tantos garotos de comunidade carente.

Tem muito "Samurai" por aí que não teria essa disposição.

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #1 Online: Setembro 06, 2006, 10:50:28 »
Masc não gostei do termo "samurai" :evil:

mais o criterio usado foi um só politicagem .


OSS

Offline mascs

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #2 Online: Setembro 06, 2006, 10:52:51 »
Samurai a referência não foi pra você.

Vi também que a Maria Cecília está selecionada. Pô, quantos anos essa mulher tem? Há uns 20 anos atrás eu já escutava o nome dela.

Offline mascs

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #3 Online: Setembro 06, 2006, 11:04:35 »
Samurai, gostaria que você me explicasse como se deu exatamente esse processo de polticagem. Você estava lá? Passou por isso ou só acha que deve ter acontecido?

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #4 Online: Setembro 06, 2006, 11:09:14 »
coloque a lista completa dos atletas.


OSS

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #5 Online: Setembro 06, 2006, 11:13:16 »
Não estava lá não, mais me mostre uma equipe brasileira onde estão apenas os melhores atletas sem influencia de patrocinio, dirigentes e coisas do tipo.

OSS

Neto110

  • Visitante
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #6 Online: Setembro 06, 2006, 22:35:55 »
Toda seleção de um tempo apra cá é influenciada pelas qustões econômicas: se tem patrocínio vai e se naõ, naõ vai.

Naõ é no Karate isto, esta prática imitamos das outras práticas esportivas. Por isto existe o profissionalismo, aí no campo dos profissionais teoricamente isto naõ ocorre, todos os atletas tem salário e são patrocinados por seu time.

Repetir isto que ocorre no esporte profissional no esporte amador é algo de extremo mau gosto. Mas para competir com países que são uma mistureba profissional/amadora, é um modo.

marascas

  • Visitante
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #7 Online: Setembro 06, 2006, 23:38:16 »
Olha amigos, eu concordo que tem um monte de $%&! no karate Brasileiro e também concordo que a forma que foi feita a seletiva, poderia ter sido outra. Mas a seletiva ocorreu e está filmada em DVD pelos meus amigos que foram lá. Inclusive eu ia participar dela, mas devido a uma lesão 7 dias antes, fiquei de fora.

A Ciça, com seus 39 anos de idade, por exemplo, em 2005, veio em Porto Alegre no Open Brasil, que é o campeonato "Absoluto" da CBK, sem divisão de pesos e venceu todas as meninas, deu um show na verdade.

Offline mascs

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #8 Online: Setembro 07, 2006, 12:46:24 »
Maracas, você sabe se irá uma delegação brasileira para o Mundial da wkf, que acontece nesses dias?

Neto110

  • Visitante
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #9 Online: Setembro 07, 2006, 13:17:48 »
Fique claro que não estou criticando qualquer método de seleção para qualquer evento.

Entendo que qualquer processo pode ser criticado pelos que participam da organização em questão se naõ ficou transparente o bastante.

Offline mascs

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #10 Online: Setembro 07, 2006, 13:33:59 »
Eu acho o seguinte:

Se as regras ( sejam elas quais forem) são estabelecidas com antecedência, quem aceita participar tem que se submeter a elas. Não vale aceitar a regra a princípio e depois, se não tiver uma boa classificação, dizer que ela era pra favorecer um ou outro.

Tomou ciência da regra, inscreveu seu nome e participou da seletiva, tem que respeitar o resultado.

Se no regulamento tem um item que diz que sai em vantagem quem usa barba e você, rosto pelado, ainda assim topou participar, tem que assumir. Não vale depois ficar chorando.  

Em todo lugar em assim, quem fica fora justifica e quem fica dentro comemora. No programa de pós-graduação que participo é a mesma coisa. Os alunos não aprovados entram com petições na justiça argumentando que houve favorecimento. As pessoas não aceitam que, naquele momento, outros indivíduos foram mais competentes.

Simplesmente o outro tem mais domínio teórico sobre o tema, se expressa melhor em inglês e francês, tem maior capacidade de se expressar devidamente nas entrevistas.  Mais os alunos que ficam de fora não aceitam a possibilidade de outros estarem mais preparados.

É a mesma coisa em todos os campos da vida social. Então, se houve uma seletiva, todos os interessados estavam lá e tiveram a oportunidade de lutar, em minha opinião, venceram aqueles que naquele dia estavam melhor.

Paciência para quem ficou de fora.

Neto110

  • Visitante
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #11 Online: Setembro 07, 2006, 14:16:35 »
Masrc eu ficaria feliz se fosse tão simples assim.

Conheço ambos os sistemas que você citou: tanto no karate como na pos graduação, em ambos, se houver diferenças gritantes, claro que vence o melhor preparado, ams sabemos que naõ é assim: as diferenças nestas seleções, na maioria dos casos se mede por décimos e milésimos e aí está a subjetividade.

e qando é só subjetividade eu fico feliz porque é algo amis ameno que o favorecimento qe ocorre e cada vez mais e todos os níveis: pergunta-se aonde estudou, co quem estudou, quem é ou foi o orientador, conhecido de quem é.

Oficialmente, nada disto é assumido, ams de fato a história é bem outra.

Sobre a questão da seletiva é a mesma coisa. A copleta imparcialidade nao existe, fica entaõ nosso desejo que, a menos os árbitros saibam que nem sempre verão tudo e que terão duvida, se isto ocorre e considerto que há como ter avanço.

No caso destas seletivas para o Pan, nao falo nada. Boa sorte para quem conseguiu. Boa sorte no evento, que está cheio de escândalos de desvio de verbas e superfaturamento deste o primeiro tijolo.

Offline mascs

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Votos: +0/-0
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #12 Online: Setembro 07, 2006, 15:05:35 »
Neto, falo da minha experiência.

Para mim perguntas como com onde você fez a graduação, por quem foi orientado e quem lhe deu cartas de recomendação são importantes.

Com toda sinceridade não é isso que determina quem será selecionado ou não. Mais ainda assim é importante.

É importante saber se o figura veio da UnB, UFRJ ou Usp. É importante porque você já tem uma idéia que esse cara passou por uma boa graduação, tem mais chances de ter uma formação sólida.

Mais importante ainda é saber com quem trabalhou. Não para favorecer esse ou aquele. Se eu tenho um aluno que trabalhou em várias PIBIC (BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA), seja comigo, seja com outro professor do departamento, eu sei que ele foi um aluno esforçado e interessado em sua carreira desde início da graduação.

Acontece que muita gente faz a graduação "nas coxas" e no final do curso é que começa a se preocupar com o futuro.  Aí resolve fazer mestrado sem ter a menor idéia de como se desenvolve uma pesquisa.

Neste sentido o histórico do aluno é importante porque mostra quem desde o Início demonstrou vocação para pesquisa científica.

Se houver uma única vaga para uma bolsa de mestrado ou doutorado e dois alunos empatarem em notas de prova escrita, eu, sem dúvida, vou indicar o aluno que tem um histórico de dedicação à pesquisa.

Geralmente, na minha área de pesquisa a seleção se dá da seguinte forma:
Projeto, prova escrita, prova oral, histórico escolar (ou seja, suas notas na graduação), currículo acadêmico (ou seja participação em pesquisas como pesquisador iniciante), carta de recomendação. Leva-se mais em conta prova escrita, prova oral e projeto.



É EVIDENTE QUE ISSO NÃO SE APLICA AS SELETIVAS DE KARATÊ, só estou falando do que se refere à academia. Imagino que no kata a situação seja ainda mais complicada, mas se você tem dúvidas sobre a idoneidade dos árbitros e dirigentes, não vale o esforço de participar.

Por isso entendo bem que alguns prefiram estar na CBK, outros JKA-brasil, outros na Interestilos, outros no tradicional.

Em algum momento aqueles que se sentiram prejudicados e duvidaram da idoneidade dos dirigentes mudaram de filiação.

Neto110

  • Visitante
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #13 Online: Setembro 07, 2006, 17:02:27 »
Mascs, eu falei que conheço a estrutura de seleção de por por dentro e acredite, quando se pergunta ou se procura saber daonde veio algue´m não é pelosmotivos que você disse: isto é só a face aparente, a face oculta é que  alguns alunos precisam ser protegidos porque a qualificação naõ é tão boa mesmo.

Sobre a prova curricular, de cerca de 10 concursos públicos que tive acesso todos os candidatos empataram na nota máxima em todos eles pois cada item só pode ser avaliado até ummáximo de pontos e a maioria dos candidatos que se apresenta tem todos os pontos, os outros são eliminados na prova teórica mesmo ou na proficiência e línguas.

Bem, sobre o domínio das "grandes" isto só ocorre a nível econÔmico por lobby delas nos centros fomentadores de projetos, e tenho acompanhado a revolta das pequenas quando vêem seus projetos, muito melhores, serem preteridos por projetos medíocres de instituições pretensamente com masi "tradição". Bem, isto naõ é assunto para o Pan.

Mas, voltando ao Pan, estou curioso: qual o adversário do Brasil nas américas? Tem algum país que bata fácil os atletas do Brasil nas competições internacionais que a CBK participa?

marascas

  • Visitante
Ainda sobre o PAN - Rio
« Resposta #14 Online: Setembro 07, 2006, 20:29:56 »
O fato é que a seletiva não era exclusivamente para o PAN, mas sim para compor a seleção braisleira, que estaria supostamente a se preparar, a treinar e disputar os demais torneios internacionais, o mundial desse ano, e ou demais torneios de 2007 até chegar no Pan na sua melhor forma.

Essa é uma das explicações...

Pô Neto, o teu teclado tá desconfigurado ou vc tá escrevendo muito rápido??

hehehe