Autor Tópico: Karatê não é para...  (Lida 3637 vezes)

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Karatê não é para...
« Online: Março 30, 2012, 21:18:05 »
Prezados,

   Lendo o fórum, aprendi aqui que karatê não é para:
   -deficientes mentais;
   -cadeirantes;
   -presidiários;
   -Manés;
   -Idiotas;
   -Qualquer um;
   -et cetera, et cetera e et cetera.

   Aprendi também que quem pratica o karatê chamado aqui por muitos de "pula pula" não é karatê.

   Sinceramente? Além de qualquer pessoa que pratique o karatê em uma academia filiada à CBK sentir-se extremamente ofendido, é algo de escrever uma ou duas mensagens aqui e nunca mais aparecer.

   É a vontade que estou sentindo. Parar de participar deste fórum, como muitos que aqui conheci o fizeram. Parece muito mesmo que quem escreve isso não sabe que há professores, pais de família, que levam o karatê para os confins do Brasil, em diversos campeonatos, em projetos de socialização, com todo o esforço que eles têm em seus corpos. Meu sensei, que injeta dinheiro de fora da academia para que o karatê dê certo em minha cidade, veio em todas as aulas das seis e meia da manhã nos ensinar nesta semana com os olhos empedrados de noites sem dormir, preocupado com coisas que não precisava se preocupar: ônibus, agasalho de atleta, alojamento, alimentação, pressão da prefeitura pra trazer medalha, atleta que falta a treino, falta de empenho de atleta ... e nós, o povo da velha guarda, seis e meia da manhã, tendo uma aula com o mesmo nível de qualidade o tempo todo.

   Seria muito confortável pra ele ficar sentadinho em sua academia, metendo o pau no karatê praticado pelos outros, dizendo que o seu é o $%&! e que a coisa era assim mesmo.

   Se nós não pudermos manter o mínimo de respeito por quem trabalha de forma legítima e que não obrigatoriamente segue a mesma linha que a gente, de que adianta manter o mais raso diálogo?

   Bom, estou tomando vinho, mas esse é um desabafo, digamos que, mais elegante do que aquele da sexta passada.

Osu/Hai

Shotokanman

  • Visitante
Re:Karatê não é para...
« Resposta #1 Online: Março 30, 2012, 22:27:38 »
Os "pula-pula" não vão gostar, mas essa é a verdade... o karatê não tem que ser entendido como um esporte qualquer, e sim como uma ARTE MARCIAL...


Oss.

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #2 Online: Março 30, 2012, 22:33:15 »
   E quem está dizendo que "tem de ser entendido" como isso ou como aquilo?
   O que estou pedindo é RESPEITO pelo trabalho que as pessoas realizam para que o karatê atinja as diversas camadas da população.



Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #3 Online: Março 30, 2012, 22:40:07 »
Os "pula-pula" não vão gostar, mas essa é a verdade... o karatê não tem que ser entendido como um esporte qualquer, e sim como uma ARTE MARCIAL...


Oss.

   Taí,


   Lendo sua inspiradora resposta, depois do meu sincero depoimento, começarei a chamar colegas do Tradicional de praticantes do karatê "lero-lero" e dos JKA de "trouxas-trouxas".
   Que tal?
   Não é paritário? Não seria justo?

[]´s
BigBoy

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.662
  • Votos: +0/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #4 Online: Março 30, 2012, 22:55:59 »
Bom BigBoy, eu até concordo que karatê não deve ser ensinado para presidiários, manés e idiotas. (Na boa BigBoy, vou concordar com você no resto, OK... ;D ;) ).
No mais, todos mos outros citados por você, e até vários não citados, podem e devem ser incluídos no karatê.
Meu Sensei também passa pelas mesmas situações que o seu, e ainda por cima, trabalha pelo karatê do nosso estado, lutando contra muitos oportunistas de ocasião (podemos falar em MP se quiser detalhes).
Com relação ao colega do tradicional que fez seu "brilhante" comentário, devia procurar saber daquele "famoso" torneio dos "pula-pula" vs. tradicional, a alguns anos atrás, onde mesmo sendo usadas as regras do tradicional, os pula-pula ganharam TODAS as lutas.
Ou também, já que ele é de Curitiba, eu o convido a fazer uma visita no dojo onde treino e fazer uns "kumitezinhos" básicos com a molecada do "pula-pula" que treina lá, para depois poder relatar a experiência.

OSSU/HAI
Karate Wado Ryu

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #5 Online: Março 30, 2012, 23:08:06 »
   Newbie? 25 mensagens? Ele só recebeu uma "amostra". Quero mesmo é conversar é com os "tubarões" desta ideologia de que o que nossos mestres ensinam é coisa menos valorosa do que o que eles fazem.

   Confesso a você GEM, essa conversa fiada de desmerecer quem está trabalhando é coisa pra mais de OITO anos que leio aqui nesse fórum.

   Ou me expulsam ou vão ter que me engolir.

   O Shodo, aposto com você, é um que já tá pra desistir de postar aqui. Entrou pra fazer uns comentários sobre o TUF nesses últimos dias e pronto. Vejo-o mais como alguém convencido de que aqui é reduto pra se falar mal do karatê da CBK. Torço pra que ele tenha mais surtos.

   É eu e você, amigo. E só.

   Agora eu te pergunto: quando a gente desrespeitou o que essa gente faz? Por que essa babaquice? ESSA FILHADAPUTICE? Quando você leu alguém da CBK que entra aqui desmerecer o trabalho de alguém daqui? Muito pelo contrário. Isto aqui parece um Clube do Bolinha.

   Mas eu te garanto uma coisa: precisarei ser expulso. E quem sabe vire um "Dan" da vida e entre aqui, pra puxar o pé dos outros, feito alma penada.

OSU HAI
BigBoy
« Última modificação: Março 30, 2012, 23:12:54 por BigBoy »

Offline St0n3h0us3

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 172
  • Votos: +0/-0
  • Respeito Acima de Tudo.
Re:Karatê não é para...
« Resposta #6 Online: Março 30, 2012, 23:24:33 »
Gostei BigBoy,
Também faço parte desse Karate. E agora em fevereiro meu Sensei, Vilobaldo Moraes Pedreira, foi graduado para 8º Dan na CBK/WKF. O Alexander até postou aqui no fórum. Vão dizer que ele não merece tal graduação também. Uma pessoa que está presente no karate da Bahia, desde os tempos de Denilson, sendo amigo particular do sensei Denilson e de toda a família Caribé. Quem quiser saber informações sobre ele é só perguntar ao sensei Machida, pois são amigos e já praticaram o karate juntos.

Ps. Esse vinho que você tá bebendo ai é bom hein!!!

Oss
"Melhor lutar por algo, do que viver para nada."
#############################
Igor Pedreira

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #7 Online: Março 30, 2012, 23:45:27 »
Prezado amigo Stone,

   Eu, o Gustavo e mais um pessoal conversávamos sobre karatê em um fórum do UOL durante a semana e durante os fins de semana.

   Foi quando apareceu um rapaz que nos convidou pra um site que ele tinha criado, cujo link era karateca.net

   A gente entrava aqui e postava algumas mensagens, de forma alternada com o fórum do UOL.

   O Gustavo e eu éramos exatamente isto que você vê a gente sendo. O ano era 2001.  Sempre fui CBK e ele, sempre Tradicional. Nunca discutíamos sobre isso.

   Daí foram surgindo figuras maravilhosas: Augusto (Neto110), o samurai (nosso moderador), Máscaras e uma série de camaradas. A conversa era divertida que só.

   Um belo dia apareceu um tal de katsumoto que causou um fervor no site. A casa foi abaixo com as pérolas que o cidadão soltava. Depois ele virou nosso sensei Roberto Sant´Anna.

   Eu sumi, confesso. Era moderador, inclusive.

   Retornando, de uma hora pra outra, me deparo com isso aqui: esse reduto de segregações, "mimimis", gente que diz que outras pessoas de bem fazem ser picaretagem, pelo puro e simples fato de não pertencerem ao "Clube do Bolinha", entre outras pérolas.

   O QUE VIVEMOS HOJE AQUI, STONE, NUNCA FOI A PROPOSTA DESTE SITE.

   O karatê é para todos.
 
   Não abro mão de defender o que meu sensei atual e o sensei anterior fazem ser um legítimo trabalho de divulgação do karatê.

   Nunca ofendi o karatê de nenhum karateca deste fórum. Mas sempre há uma primeira vez. Se a coisa precisa ser praticada de forma desordenada, desrespeitosa, como sistemicamente vem sendo feita, por que não dançar de acordo com a música?

Osu/Hai
BigBoy

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.662
  • Votos: +0/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #8 Online: Março 31, 2012, 00:53:06 »
   
   Não abro mão de defender o que meu sensei atual e o sensei anterior fazem ser um legítimo trabalho de divulgação do karatê.


Assino embaixo e agora vou dormir pois amanhã (na verdade já e hoje) vou arbitrar o dia todo na 1a. etapa do paranaense. Tô fazendo a minha parte pelo karatê  equem falar que isto não é karatê que vá se $%&!....tô com sono, então a paciência tá curta...fui.
Karate Wado Ryu

Offline Mestre Luciano

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 728
  • Votos: +0/-0
  • Treinando com afinco para lapidar o espírito.
Re:Karatê não é para...
« Resposta #9 Online: Março 31, 2012, 01:14:41 »
Já cantei a pedra há muito tempo atrás, qdo eu ainda era novo no fórum que as competições são marketing, dinheiro e divulgação pro Karatê....e não creio que devemos perder qualidade com isso.

Meu Dojo tem aulas no estilo TRADICIONAL, mas somos filiados à CBK. Meu sensei não estimula, mas quem quiser competir, vai lá! Simples assim!

Ótimo post BigBoy, também acho que deve haver mais respeito aqui!

OSS
ルチアーノ - Luciano - Karateca e Judoca.
Kyokai Karatê Dojo        www.kyokai.com.br

O Karatê deve ser treinado e não discutido. OSS

Offline Marquinhos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 537
  • Votos: +0/-0
  • Hatsu Un Jin Do
    • Marcos Piolla Pugnax Animation
Re:Karatê não é para...
« Resposta #10 Online: Março 31, 2012, 01:36:30 »
Senhores,

sou praticante de Karate. Alguns o chamam de Shotokan Karate, apesar de esse tal de Shoto, um Educador que ha muito se foi, repudiar o termo alegando que não existe esse negócio de Shotokan, nem criou escola isso ou aquilo. Pra ele, era só Karate.

Ele nunca se limitou e estudou com todos os Mestres que tinham algo a acrescentar ao seu aprendizado. Treinou junto com Jigoro Kano que nem karate-ka não era e incorporou o que pôde.

Quem sou eu pra discordar desse senhor? Também não acredito em Shotokan, Wadoryu, Shitoryu, Shorinryu, Matsubayashiryu, Uechiryu, Gojuryu e qualquer outro ryu que possam nomear. Acredito em Karate. Sem Do, nem Jutsu, nem ryus. Só Karate...

Se nem estilo eu reconheço imagina associações...

Quando eu competia, era pela JKA e depois pela ITKF. Um de meus melhores amigos é o presidente da FERJKT e meu sensei o técnico da seleção carioca dessa associação e tenho antigos alunos nessa equipe e, nem assim eu reconheço, nem federações nem estilos, como algo relevante diante do termo Karate.

Karate é muito maior que isso tudo!

Não tem Karate melhor nem pior. Tem karate-ka melhor e pior, nem que seja melhor num dia e pior num outro...

Se nem Funakoshi reconhecia o estilo atribuído à ele, não sou eu que vou desmerecer alguém por escolher competir num torneio desportivo com regras de associação x ou y ou z, um mero jogo que tem, um tanto de longe, alguma semelhança com alguns dos golpes empregados no repertório do Karate. Independente da associação, Karate é Karate e jogo ou esporte, apesar de benéfico, não passa disso. Um esporte.

Até onde me concerne TODOS os Karate-ka serão respeitados como tal e, se decidirem competir em jogos com regras diferentes das dos jogos em que eu competi, ótimo também.

Jogos são sempre divertidos e esportes são benéficos. Quem me dera ver um Brasil onde todos os jovens praticassem algum esporte e, competindo, ficassem perto da saúde e longe do fumo e das drogas... ainda assim, jogo é jogo.

Karate é muito maior e transcende, ou deveria transcender, tudo isso.

OSS!
Marcos Piolla - OSS!
--------------------------------------
空手道は礼に始まり、礼に終る事を忘れるな。
"Karate-Do começa e termina com respeito"
Shoto - Funakoshi

Offline julianoferreira

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 532
  • Votos: +0/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #11 Online: Março 31, 2012, 09:36:54 »
To contigo e não abro BigBoy, não é de hj que eu falo da guerrinha de egos que tem aqui, aliás, a mesma guerrinha de egos que vc na federação x, na y, na z...

Há um tempo saí do fórum pq realmente estava começando a me irritar, é aquela história, a minha faixa preta é sempre mais preta que a do vizinho... eu faço karate de verdade e o vizinho não...

Por isso que as vezes cometo o erro de comentar mais o MMA do que o Karate, até pq comentar MMA me passa aquela idéia de falar de futebol com os amigos. Mas faz tempo que me limito a falar de Karate, projetos sociais envolvendo Karate, apenas por MP.

Prefiro usar esse fórum como veículo para conhecer pessoas, e não para discutir sobre Karate, depois de um tempo postando aqui eu percebi que as discussões levam sempre ao mesmo ponto... começa a ficar chato mesmo.

Sobre o respeito, nem tenho o que falar, de novo caímos na disputinha de egos... Mas enfim, compartilho do teu desabafo em gênero número e grau (e sim, eu ensinaria Karate para presidiários, por motivos e trazendo benefícios que a vasta MAIORIA dos que aqui postam não tem competência profissional para julgar).

Hai!

Offline Shodo

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 362
  • Votos: +0/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #12 Online: Março 31, 2012, 09:57:56 »
Já cantei a pedra há muito tempo atrás, qdo eu ainda era novo no fórum que as competições são marketing, dinheiro e divulgação pro Karatê....e não creio que devemos perder qualidade com isso.

Meu Dojo tem aulas no estilo TRADICIONAL, mas somos filiados à CBK. Meu sensei não estimula, mas quem quiser competir, vai lá! Simples assim!

Ótimo post BigBoy, também acho que deve haver mais respeito aqui!

OSS

Estou junto com vcs (Big Boy, Luciano e qq outro WKFeiro). Não vou citar nomes, mas já presenciei muito atleta do Tradicional chegar cheio de marra em dojo CBK, alguns com marra de campeão brasileiro, e entrarem na porrada. Isso não me disseram, eu vi. De chegar ao ponto de nunca mais voltar. Portanto, não há melhor entidade e sim melhor karateca. As expressões de karate deixo pros estudiosos, minha preocupação é ser mais rápido que meu adversário.

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Karatê não é para...
« Resposta #13 Online: Março 31, 2012, 10:16:56 »
   Como alguém se sente na posição de julgar o trabalho de um mestre ou até a competência de lutador de alguém pelo que vê em um shiai competitivo? Aquilo é um jogo. E jogo com regras. Ponto. E competição, a depender dos valores praticados em um dojo, pode vir a ser a parte menor da coisa. Ano a ano tais regras são alteradas.

   Jamais eu seria cego para o fato de surgirem deturpações: a aula ser totalmente direcionada pra competição, saudação feita em pé, não haver mais saudação, todo mundo começando correndo, ninguém praticando jyu-kumite e por aí vai.

   Eu recebia aulas no dojo em que até gongo o sensei tocava quando iniciava e terminava a aula. Kimono do sensei dele pendurado na parede, todo esfulapado, aula de kandi (5 minutos... rs), jyu kumite, técnicas de submissão, defesa pessoal.... e chega o povo pra criticar o dojo de alguém pelo que vê de alguns dos atletas que lá treinam num shiai de competição?

   Tanta gente boa de todo o Brasil entra aqui, tanta oportunidade pra dar boas risadas, se conhecer, escutar causos, receber SIM dicas de um determinado kata de um mais das antigas, graduadão.

   Às vezes os barracos se parecem com discussões de cunho religioso.  E olhe que eles quebram o pau lá e no final escrevem "que a Paz do Senhor resida em seus corações". A diferença é que aqui a gente escreve "Oss" - no meu caso, aprendido com mais um homem brilhante daqui do fórum, o Andretta, "OSU".

Osu/Hai
BigBoy

Offline Gustavo-RJ

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.468
  • Votos: +4/-2
Re:Karatê não é para...
« Resposta #14 Online: Março 31, 2012, 11:30:50 »
Bom, o que o BigBoy disse de 2001 é a mais pura verdade.

Uma coisa a gente tem de ter em mente, o NOSSO é o melhor karate senão nós mudavamos pro outro. Ninguém quer fazer karate $%&!, ou seja, pra nós o nosso é melhor e dai as discussões acaloradas. Outra coisa, isso aqui sem discussões não duraria 6 meses, vide os finados foruns que tem por ai.

Quando se critica a CBK na verdade estamos criticando o Edgard, quando se critica a JKA Brasil o Sassaki, o Tradicional o Tanaka e por ai vai. E o fato é que os 3 poderiam ter feito mais, se tivessem vontade e talvez não a tenham e ninguém é obrigado a ter. Cabe aos filiados trocar a chefia.

90% das vezes não concordo de como o Roberto coloca as coisas mas tenho de reconhecer que muito que ele fala é verdade. Ele mesmo fala que o Aghayev e bom pra cacete (o que eu não acho), ou seja valorizando a WKF.

Realmente tanto o carate como o karate do brasil ta cheio de picaretas, isso é inquestionável e ele, que é um estudioso da karate, se revolta com razão.

Isso aqui é pra nos divertirmos, não levem a sério o que se fala, não se sintam atingidos. Esse é meu conselho, vamos tirar daqui só o que nos interessa, o resto $%&!-se.

Que o Roberto é maluco, extremista e rabugento todos sabemos mas garanto que é gente boa e isso é o que interessa. Não adianta ser politicamente correto e ser um FDP.

Agora, que eu sou contra ensinar karate pra bandido, sou sim. Rs.

E mais uma coisa: O Karate do Rio é o melhor do Brasil
"Ai se eu te pego, ai, ai."
Gustavo-RJ