Autor Tópico: KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS  (Lida 126072 vezes)

Offline Marquinhos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 537
  • Votos: +1/-0
  • Hatsu Un Jin Do
    • Marcos Piolla Pugnax Animation
Re:KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS
« Resposta #15 Online: Fevereiro 08, 2012, 01:27:39 »
Não sei se está familiarizado com o kata Meikyo. O sankaku tobi é o salto antes dos dois últimos bloqueios do kata. Sankaku tobi é algo como salto em triângulo ou salto triangular.

Parte-se de um ponto (kokutsu-dashi defendendo age uke) e no ponto mais alto do salto, estamos à direita de onde saímos e, com o giro de quadril, aterrisamos em um terceiro ponto mais à frente às costas do nosso oponente. Três pontos= triângulo. Fica mais fácil mostrando do que descrevendo, mas se fizer uma busca por Meikyo no youtube vais entender do que falo. Espero não ter confundido mais ainda....

OSS!

Citar
técnica lendária (sankaku-tobi).

Sempre fiquei curioso a respeito do que seria esta lenda. Você conhece algo disto?
Marcos Piolla - OSS!
--------------------------------------
空手道は礼に始まり、礼に終る事を忘れるな。
"Karate-Do começa e termina com respeito"
Shoto - Funakoshi

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.936
  • Votos: +1/-19
Re:KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS
« Resposta #16 Online: Fevereiro 08, 2012, 09:28:35 »
Fico me perguntando.
O que tem o Karate de LENDA?
è tanta mentira que esses bastardos inventaram para aumentar o poder do Karate que hioje em dia virou escola de PICARETAGEM. Sankaku Tobi , golpe lendario é demais pra mim.....PQP, pare coisa de Kwai Chang Caine. Ta -parecendo aqueles estórias que o sagara andava nas paredes e que nao podia bater makiwara que ele explodia!! Ou entao que o Sasaki bateu num dos GRACIE....
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline Marquinhos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 537
  • Votos: +1/-0
  • Hatsu Un Jin Do
    • Marcos Piolla Pugnax Animation
Re:KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS
« Resposta #17 Online: Fevereiro 08, 2012, 11:15:09 »
Explodir o makiwara é demais pra mim... pegou pesado demais.
Marcos Piolla - OSS!
--------------------------------------
空手道は礼に始まり、礼に終る事を忘れるな。
"Karate-Do começa e termina com respeito"
Shoto - Funakoshi

Offline Andretta

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 276
  • Votos: +0/-0
  • "E a vida segue ensinando... todos os dias."
Re:KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS
« Resposta #18 Online: Fevereiro 09, 2012, 11:31:40 »
Sankaku tobi é algo como salto em triângulo ou salto triangular.

A título de curiosidade e pesquisa, deixo aqui os kanji e a tradução do termo referido:

三角  [Sankaku] triangulo, triangular
飛び  [Tobi] literalmente "voar", saltar, pular
三角飛 [Sankaku-tobi] salto triangular, pulo triangular

 ;D Saudações,
Denis.
"Sem me importar em atacar (combater) e com determinação, remar em direção à ilha marcial (das artes marciais) é uma alegria." (MABUNI, Kenwa)

Offline Andretta

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 276
  • Votos: +0/-0
  • "E a vida segue ensinando... todos os dias."
Re:KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS
« Resposta #19 Online: Fevereiro 09, 2012, 11:36:24 »
Fico me perguntando. O que tem o Karate de LENDA?

Interessante colocação (e verdadeira)...

Uma pequena reflexão para reforçar a afirmação:

Citar
“A base para a difusão do "misticismo" e "transcendência" no mundo marcial reside na falta de pesquisa, pois é muito mais fácil inventar uma "resposta" do que dizer "não sei, mas vou pesquisar". Pesquisar, estudar implica "trabalho" e todo o ser humano tende a usar a "lei do menor esforço".

A lei do menor esforço” não é um fenômeno recente e definitivamente não vai acabar por aqui, contudo, é necessário que saibamos sobre o que estamos a falar antes de afirmar coisas que não têm qualquer fundamento.

É simplesmente impossível determinar o número de informação errada que está a ser difundida como verdadeira.

Como resolver este problema? Basta perguntar, pesquisar e colocar a informação correta...

(...) Não há desculpa para a falta de pesquisa em se tratando de publicação de trabalhos! Se não se sabe, não se faz!

Fato: "aquilo que não está certo, está errado" (...).

"Em Karatedō não há enganos: ou é ou não é, ou se sabe ou não se sabe!" (LISBOA, Aragão)

E é por isso que todos os instrutores, os "sensei" são obrigados a pesquisar e saber o que ensinam, (...) saber realmente é obrigação daqueles mais avançados, daqueles que estão a ensinar!

A pesquisa não é privilégio de alguns, está acessível a qualquer pessoa, com qualquer nível cultural ou técnico.

Apenas procurando, perguntando e questionando é que podemos realmente "aprender" as artes que praticamos.

Infelizmente as pessoas acomodam-se às informações transmitidas de forma errada e as assumem como corretas... e isso é um erro grosseiro, pois questionar é a base da aprendizagem: ou sabemos ou não sabemos. O que não podemos é escondermo-nos atrás de "verdades absolutas" para encobrir a nossa ignorância efetiva.

Portanto, depende unicamente de si - instrutor de artes marciais japonesas - ensinar, orientar e instruir os seus alunos com base na sua pesquisa, na apresentação de informações fidedignas e na sua própria vivência particular.

Copiar faz bem nos primeiros passos de qualquer arte, mas não podemos nos acomodar e manter esta postura se quisermos realmente saber a arte que praticamos ou ensinamos.

A atenção aos pormenores é que faz a diferença entre um bom ou mau trabalho.

Uma das barreiras que impedem a transmissão de conceitos corretos é o fato de que muitas pessoas preferem justificar um erro... a ter de mudar para uma forma diferente da habitual (...).

As pessoas primitivas tinham tendência à veneração daquilo ou daqueles que desconheciam, mas na sociedade atual temos fontes de pesquisa e desenvolvimento intelectual necessário para eliminar qualquer misticismo inerente às artes marciais.

Nas artes marciais tudo pode ser facilmente explicado sem haver necessidade de recorrermos à transcendência, ao misticismo ou falsas realidades, bastando que realmente se saiba do que estamos a falar.

Nada, em nível de ensino de artes marciais, substitui a pesquisa e a instrução de matérias que dominamos.

Não é vergonha não saber; vergonha é criar mitos, falsas expectativas, interpretações particulares de determinados fatos culturais ou históricos para mascarar a falta de conhecimento efetivo. (...) Vergonha é contentarmo-nos com o pouco que sabemos.

Hoje em dia vê-se uma “corrida aos Dan”… Todos querem mais e mais Dan. E o estudo da arte passou a ser matéria irrelevante. Já vi 5º, 6º Dan que não sabem o significado de conceitos básicos… O que só demonstra que a faixa apenas é um marco de “estudo”, mas não indica o conhecimento efetivo.

Uma pessoa que sucumbiu à “corrida aos Dan”, mas negligenciou o estudo da arte que pratica, independente dos milhares de Dan que possua, não passa de um mero "praticante da arte"(...) não é digno de ser chamado Karateka.

A diferença entre o "praticante" e o "Karateka" é que um "aprendeu o feijão-com-arroz" e acomodou-se enquanto que o outro continua a estudar e aprender o máximo que pode sobre a arte que pratica.

Mais uma vez... pesquisar, estudar e realmente entender o Karatedō como um todo é necessário... e isso depende do maior ou menor grau de interesse que cada um tem a respeito da arte que pratica.

Cada praticante de artes marciais é um pesquisador nato, o problema é que esta mesma característica básica do ser humano é, em muitos casos, oprimida por aqueles que supostamente deveriam incentivá-la. E, infelizmente, é assim que a transmissão das artes marciais japonesas tem sido feita nos dias de hoje. Muito baixar a cabeça (Rei!), "pagar e calar".

O questionamento como instrumento de maturação cultural transforma-se, para desespero de alguns "iluminados", no fator de desequilíbrio do "status quo", abalando as estruturas de determinadas entidades ou grupos.

Tudo que se faz em Karatedō tem a sua razão de ser... e, nesta mesma linha de pensamento, tudo também tem a sua explicação lógica. Contudo, muitas vezes a informação a respeito de algumas dúvidas específicas a respeito do Karatedō não se encontram acessíveis imediatamente... mas isso não quer dizer que a informação ou a resposta para estas dúvidas não exista.

A busca da resposta para uma dúvida por si só já é uma dupla vitória pessoal: vitória sobre a acomodação e vitória sobre a ignorância!

Existem aqueles instrutores que se preocupam em apresentar informação fidedigna a respeito das artes (seja ela qual for) que ensinam e levam todos os assuntos relacionados com as suas artes - mesmo os pequenos ou aparentemente insignificantes - de forma séria e responsável, com objetivo de realmente ensinar e apresentar informação pertinente e correta a respeito dos seus estilos de Artes Marciais... e há também os "outros", o "resto".

Não é necessário falar sobre a quantidade impressionante de trabalhos medíocres (livros, revistas, "sites" na internet, etc.) que "abundam" no mundo ocidental e que não servem como ponto de referência seja do que for... medíocres a ponto de não servirem absolutamente para nada a nível de informação para quem os consulta, nem em aspectos de informação sobre as artes marciais... nem sobre aspectos técnicos, pois nada tem sido pesquisado ou validado de forma metódica e imparcial. Simplesmente as pessoas têm publicado seus artigos sem verificar se a informação é ou não fidedigna.

Todos querem ensinar algo, todos querem ser Sensei, mas raros são aqueles que querem realmente aprender.

Lembrança (...): pessoas sérias fazem trabalhos sérios, o resto... não passa disto mesmo: resto.” (GOULART, Joséverson)

Meio duro? Até pode ser... Mas é uma reflexão válida, principalmente para aqueles que estão ensinando.

 :D Saudações,
Denis.
"Sem me importar em atacar (combater) e com determinação, remar em direção à ilha marcial (das artes marciais) é uma alegria." (MABUNI, Kenwa)

Garyu

  • Visitante
Re:KATAS DE KARATE NOMES E SIGNIFICADOS
« Resposta #20 Online: Outubro 29, 2012, 15:56:40 »
KARATE KYOKUSHIN KATA

Existem 23 Katas em Kyokushin (não contando com os katas em ura). Estes vão sendo aprendidos de forma progressiva e são necessários para as passagens de graduação.
Nos katas encontram-se algumas posições, técnicas básicas e deslocações que se devem conhecer num determinado nível.
Em que consistem? Numa serie de movimentos de defesa e ataque codificados numa ordem pré-estabelecida.
É importante conhecer todos os seus movimentos e saber qual é ou são as suas múltiplas aplicações reais: o bunkai.
O kata deve ter uma aplicação ao kumite real, mas antes é também imprescindível que todos os seus movimentos sejam particados individualmente no kihon.
Deve ter-se em atenção alguns aspectos essenciais no desenvolvimento dos katas: Pontos de concentração da força; ritmo de execução da técnica e a respiração.
Acerca da origem dos katas e sabendo que eles foram aprendidos por Sosai quando ele praticou primeiro Shotokan (Shuri-te) e depois Goju-ryu (Naha-te).

Taykyoku sono ichi, ni, san
Sokugi taikyiku sono ichi, ni, san
Pinan sono ichi, ni, san, shi, go
Yantsu (a)
Tsuki no kata (b)
Kanku
Sushi-ho
   Sanchin
Tensho
Gekisai dai
Gekisai sho
Saiha
Seienshin
Garyu (c)
Seipai

(a) Originária de Fukien, China (adaptada por Sosai Oyama)
(b) Criada pelo Shihan Nakamura
(c) Criada pelo Sosai Mas Oyama