Autor Tópico: Sobre a eficácia dos movimentos  (Lida 333 vezes)

Offline Joanir

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 39
  • Votos: +0/-0
Sobre a eficácia dos movimentos
« Online: Agosto 09, 2016, 17:05:01 »
Caríssimos, sou novo no karatê e ainda tenho muitas dúvidas. Acredito que essa deve ser uma dúvida comum. Gostaria de saber sobre a eficácia dos movimentos dos kata e de alguns de kihon como Uti Uke, soto uke, e shuto uke uma vez que raramente os vejo em alguma luta ou kumitê. Minha pergunta é se realmente servem para alguma coisa ou são utilizados em luta, por exemplo, os movimentos dos kata heian yondam e heyan godam . Obrigado .

Offline PSekiMG

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.456
  • Votos: +0/-1
  • Não existe atitude ofensiva no Karate ― Shoto.
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #1 Online: Agosto 09, 2016, 18:02:42 »
Osu,

Jonair,

Antes de tudo, caso ainda não o tenha recepcionado, seja bem vindo ao fórum.

Fisicamente falando, caso sejam corretamente aplicados, técnicas de defesa, quaisquer que sejam, são eficazes, não apenas para se defender, mas também para causar lesões (articulações, principalmente), inutilizando membros do corpo.

No caso dos uke mencionados, a questão não é saber se "servem para alguma coisa", mas se eles estão sendo realizados corretamente. Se você tem dificuldade em canalizar um Oi Tsuki desferido na altura chudan aplicando um Uchi Uke, ou seja, realizar uma defesa leve, sem tensão, buscando tão somente "tirar da reta" o golpe, muito provavelmente há algo errado. Se você realmente fizer o giro final do punho com o deslocamento certo do braço em decorrência da rotação do quadril (vibrando), com certeza o soco desferido contra você irá parar longe, seja com Uchi Uke, Soto Uke ou qualquer uke.

Os movimentos dos Heian são "básicos", mas são essenciais (leia-se a base primordial) ao Shotokan. Se você é novo nesta arte marcial, sugiro praticar, observar, estudar e praticar novamente todo os movimentos dos Kata que seu Sensei lhe transmitiu.

Paciência.

Osu.
A força física sem respeito nada mais é que força bruta, e para os seres humanos não tem nenhum valor ― Shoto.

Offline Fabiyo

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 124
  • Votos: +0/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #2 Online: Agosto 10, 2016, 10:50:05 »
Caríssimos, sou novo no karatê e ainda tenho muitas dúvidas.

As dúvidas dos novatos são sempre as melhores.

Como diz o provérbio: 初心忘るべからず – Shoshin wasuru bekarazu (não esqueça sua intenção inicial). Significa não perder o espírito do iniciante de questionar e a disposição de aprender.
初心忘るべからず – Shoshin wasuru bekarazu

Offline Joanir

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 39
  • Votos: +0/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #3 Online: Agosto 10, 2016, 23:09:35 »
Obrigado pelas boas vindas e pelas explicações. Vou me dedicar e tentar aplicar corretamente. Perguntei porque não vejo esses movimentos em Kumitê. Perdoem os erros na grafia dos nomes japoneses ou okinawenses. Mas vou melhorar, prometo.  Osu.
« Última modificação: Agosto 10, 2016, 23:22:40 por Joanir »

Offline Joanir

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 39
  • Votos: +0/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #4 Online: Agosto 10, 2016, 23:21:23 »
Obrigado pelas boas vindas e pelas explicações. Vou me dedicar e tentar aplicar corretamente. Perguntei porque não vejo esses movimentos em Kumitê. Perdoem os erros na grafia dos nomes japoneses ou okinawenses. Mas vou melhorar, prometo.  Osu.

Offline Fabiyo

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 124
  • Votos: +0/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #5 Online: Agosto 11, 2016, 10:57:33 »
Olha, os movimentos são eficazes, mas não se aplicam igual ao que treinamos no kihon. O que se aplica são os mesmos movimentos, com uma amplitude menor. Por exemplo, da posição de luta, o age-uke sai da posição que está sem braço para a posição final, sem trazer até o quadril antes. O mesmo em relação a kizami-zuki, soto-uke, etc.

Isso é possível quando se utiliza o movimento dos quadris para "energizar" o movimento.

É como a espada: se você puxar a espada até as costas consegue uma amplitude maior de movimento, mais velocidade e mais energia de impacto. Quando sua técnica se aperfeiçoa você consegue a mesma energia de impacto levantando a espada até a altura dos olhos, por exemplo.

Bom, é assim que eu entendo.
初心忘るべからず – Shoshin wasuru bekarazu

Offline Eros José Sanches

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 188
  • Votos: +0/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #6 Online: Agosto 13, 2016, 17:36:39 »
Osu amigos.

Buscar dirimir dúvidas já é o processo de elucidação.

Já considerando as boas respostas oferecidas, gostaria de fornecer material para sua reflexão.
As técnicas de bloqueio, ensinadas nos Kata, são aplicáveis e eficientes.
Tudo vai depender do quanto você treinar para isso.

Quando você se refere a não vê-las no Kumite, provavelmente está se referindo aos Shiai-kumite (e até Jyū-kumite) realizado normalmente nas academias (estou certo?).
Nesses locais você não as verá mesmo, já que a ênfase é para desviar um ataque e contra-atacar rapidamente em busca de pontuação.
Nestes casos, nem o ataque foi executado corretamente (observe a quantidade de socos - Tsuki - aplicados com uma das pernas no ar, por exemplo), nem há necessidade de bloqueios firmes. um "tapa" resolve.

Os Jyū-kumite de hoje, foram construídos com base nas competições, onde vários golpes controlados são desferidos. O Karate-dō não foi sempre assim.
Não havia uma concepção de "lutar por tempo indefinido". Tudo era questão de neutralizar o oponente rapidamente. Então um Soto-uke desferido em um cotovelo poderia gerar fratura; um Uchi-uke aplicado em Sabaki (desvio da linha de ação do adversário) poderia oportunizar um desvio ou um apressamento (agarramento) para contra-golpear; um Gedan-barai poderia ser convertido em um Kentsui (golpe em martelo) na face interna da coxa; ou um Age-uke poderia ser um ataque com Gaiwan (a área de contato do Age-uke) na traqueia. o mesmo para Shutō, como exemplo os Kyodō (movimentos) 18 e 19 de Heian Shodan, quando o primeiro Shutō pode ser um bloquio/apressamento e o segundo um Shutō-uchi contra o pescoço.

Assim, se treinar sério, perceberá que tais técnicas são válidas e sempre serão (só não convém que sejam aplicáveis em ambiente de dōjō).

Osu!
"A popularidade internacional alcançada pelo Karate-do é recente, mas essa é uma popularidade que os professores de Karate devem fomentar e usar com grande cuidado" (Gichin Funakoshi, 1956)

Offline Platão

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 267
  • Votos: +1/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #7 Online: Agosto 13, 2016, 22:56:29 »
O Eros resumiu bem.
Essa dúvida sobre eficácia de golpes e movimentos do kata só acontece por causa da perca das raízes do Karatê. Kata na maioria das academias é só coreografia estética, sem funcionalidade. Bunkai é só para passar no exame e é treinado como se fosse filme do Van Dame. Até mesmo esses senseis que se dizem tradicionais são assim.
Karatê como é treinado hoje em dia não difere em nada de outras artes de trocação, se tornando até inferior a elas, já que em outras artes pelo menos eles treinam com mais contato.
« Última modificação: Agosto 13, 2016, 22:59:15 por Platão »

Offline Joanir

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 39
  • Votos: +0/-0
Re:Sobre a eficácia dos movimentos
« Resposta #8 Online: Agosto 13, 2016, 23:22:25 »
Osu! Muito obrigado pelas respostas. Estou muito satisfeito. Agradeço pelo tempo de vocês e grande conhecimento oferecido aqui. É um privilégio pra mim poder fazer parte de um fórum com mestres tão competentes e conhecedores de nossa arte. Osu.