Autor Tópico: Quadril, diferença entre os estilos  (Lida 9565 vezes)

Offline Rodrigo (Rodfu)

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 776
  • Votos: +0/-0
Quadril, diferença entre os estilos
« Online: Abril 09, 2008, 21:56:45 »
Seguindo o conselho do Pedrão (fiquei com medo de apanhar, esse pessoal mais antigo é tudo ignorante) :) vou aproveitar e perguntar o seguinte: como é o uso do quadril no estilo que vocês praticam?

Na Shoto o quadril fica em hanmi nas defesas e de frente nos ataques, geralmente é isso, não é? Na Goju, por exemplo, o quadril termina sempre de frente, mesmo nas defesas. Será que faz muita diferença? E por que é diferente? E nas outras escolas? Shorin, etc?
Abraços,
Rodrigo

Offline Antonio Pêcego

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 560
  • Votos: +6/-3
  • 1985 no RJ, soltando a perna em exame para shodan
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #1 Online: Abril 09, 2008, 23:04:28 »
Seguindo o conselho do Pedrão (fiquei com medo de apanhar, esse pessoal mais antigo é tudo ignorante) :) vou aproveitar e perguntar o seguinte: como é o uso do quadril no estilo que vocês praticam?

Na Shoto o quadril fica em hanmi nas defesas e de frente nos ataques, geralmente é isso, não é? Na Goju, por exemplo, o quadril termina sempre de frente, mesmo nas defesas. Será que faz muita diferença? E por que é diferente? E nas outras escolas? Shorin, etc?

Caro Rodrigo, cada estilo tem os seus detalhes como bem sabe, mas veja bem, falando em shotokan, há de concordar comigo que um quadril em hanmi nas defesas proporciona, em tese,  mais potência nela empregada (muitas defesas se tornam grandes ataques inibidores de nova investida do oponente) porque representa o final de um movimento forte de rotação, proporcionando mais kime, desvio de golpe, uma menor silhueta para o seu oponente e consequente giro do quadril para um eventual contra-ataque mais eficiente em termos de kime, levando-se em conta que o movimento se inicia no calcanhar da perna de trás e pode terminar num gyaku-zuki, que quando bem executado é para derrubar.

Oss !!!
« Última modificação: Abril 10, 2008, 22:24:40 por Antonio Pêcego »
Momo
"Conhecer os outros é sabedoria, conhecer a si próprio é Iluminação." Lao-Tzu

Offline Jose Fernando Pimentel

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 272
  • Votos: +5/-5
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #2 Online: Abril 10, 2008, 07:17:06 »
Rodrigo, o quadril nos vários estilos seguem basicamente as mesmas regras. Normalmente as diferenças são ligadas a forma de pensar do estilo. Quando o quadril do Goju volta para ficar reto após uma defesa não é só aquestão de como se defende, mas como se colocar depois da defesa. No Wado-Ryu o quadril normalmente é usado em hanmi, mas pode ser usado reto também, dependendo da situação. Como é um estilo de mais movimentação e esquiva, o uso do quadril é mais flexivel para proporcionar maiores recursos aos atlétas.

Oss.

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.352
  • Votos: +2/-0
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #3 Online: Abril 10, 2008, 07:32:47 »
............pra mim a movimentação só acontece em hamni ou shomen e tudo dependendo da ou do ataque.


Ari - Santos/SP

Offline DoghQuch

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Votos: +0/-7
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #4 Online: Abril 10, 2008, 07:55:53 »
Oss!

Eu pessoalmente nunca consegui fazer defesas em hanmi e sofro muito quando tenho que lutar contra adversários mais fortes.

Então, com a voz sofrida da experiência (já trinquei um braço por causa disso :P) digo que a defesa em hanmi não da mais potência mas faz um trabalho muito mais útil que é angular a postura com relação ao ataque diminuindo a força do impacto.

E se formos analisar bem, é realmente oq deveria acontecer, pois o giro final do quadril só é executado após o contato com o ataque do adversário, dessa maneira o termino da postura só serve para "terminar o serviço" e ao meu ver não agrega nenhuma potência, agressividade ou violência a mais na defesa.

Posteriormente com experiência certamente vira um ataque/defesa, mas nunca cheguei nesse nível, só senti ele na pele lutando contra outras pessoas!

Mas não posso dizer que a defesa com o quadril de frente seja ineficaz, sempre fez um bom trabalho salvando minha pele, mas você precisa ser um pouco kamikaze e muito calejado para enfrentar de frente um adversário maior e mais forte! (o que não sou, acho que já deixei isso claro)
"E depois de tudo, céu e terra aí estão, como se nada tivesse acontecido.
  A essa altura, a vida e as ações de um homem têm o peso de uma folha
  seca no meio da ventania..."

Offline Avi

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.933
  • Votos: +2/-1
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #5 Online: Abril 10, 2008, 12:34:06 »
Pra gente que é mais inexperiente as vezes fica dificil acompanhar essas conversas sem video ou desenhos. Procurei hamni na internet e encontrei "posição triangular".
Teria como voces ilustrarem melhor essa conversa pra gente acompanhar? Hamni é uma posição de goju?

oss
"Permanecer no Eucarístico, em silêncio, espera e adoração, lapidando almas para Ele."

Offline yama

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 4.615
  • Votos: +11/-0
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #6 Online: Abril 10, 2008, 12:56:17 »
Oss Avi

Hanmi é com o quadril de lado e Shomen com o quadril de frente.

ex:    oi zuki--guyaco--sanbom zuki sempre em shomen
   
        ague uke--soto uke--uchi uke--gedan barai--shuto uke--urakem sempre em hanmi.

no heian shodan se usa as duas formas de quadril.

Oss
alberto/Santos.


 
yama-Alberto S. Almeida

Offline Simoes

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 621
  • Votos: +4/-0
    • http://www.kyokai.com.br
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #7 Online: Abril 10, 2008, 13:27:31 »
Existem ataques de Shotokan com o quadril de lado também.

Um ponto bem interessante para mim é o chamado rip-snap-action, da escola do Sensei Asai (JKS) para quem viu o Sensei Scott aqui no Rio deve ter reparado.

Resumindo: a JKS diz que não é só rodar o quadril para ganhar força mas na verdade "bater" com o quadril, dar uma chicotada com o quadril (snap), no meu humilde entendimento, é com se você, em vez de pensar em rodar o quadril, desse uma pancada com um dos lados do quadril em outra pessoa. Bate gyaku em zenkutsu dati saido de hanmi, não pensa no braço, só no quadril (deixa ele levar o braço sozinho) em vez de pensar em rodar o quadril, pensa em dar uma pancada com o lado do quadril em outra pessoa.

Para mim isso é rip-snap-action

Offline Pablo Vinícius Smanioto

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 216
  • Votos: +3/-18
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #8 Online: Abril 10, 2008, 13:50:02 »
Apenas para dar um pequeno exemplo com essa reação de "snap" acontece não só no Karate, no Judo quando se faz necessário vc defender uma projeção de quadril (koshi waza), vc pode travar o seu quadril e impedir a ação do adversário, mas corre o risco de entrar em kuzushi (desquilíbrio) para uma técnica básica de pé (ashi waza), muitos professores ensinam essa chicotada com quadril como forma de conter rapidamente e contra atacar o oponente de maneira rápida.

Offline Avi

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.933
  • Votos: +2/-1
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #9 Online: Abril 10, 2008, 16:16:39 »
Existem ataques de Shotokan com o quadril de lado também.

Um ponto bem interessante para mim é o chamado rip-snap-action, da escola do Sensei Asai (JKS) para quem viu o Sensei Scott aqui no Rio deve ter reparado.

Resumindo: a JKS diz que não é só rodar o quadril para ganhar força mas na verdade "bater" com o quadril, dar uma chicotada com o quadril (snap), no meu humilde entendimento, é com se você, em vez de pensar em rodar o quadril, desse uma pancada com um dos lados do quadril em outra pessoa. Bate gyaku em zenkutsu dati saido de hanmi, não pensa no braço, só no quadril (deixa ele levar o braço sozinho) em vez de pensar em rodar o quadril, pensa em dar uma pancada com o lado do quadril em outra pessoa.

Para mim isso é rip-snap-action

Acho que eu entendi do que voces estão falando. Inumeras vezes ja enchi o saco do sensei carlão na academia sobre isso dizendo que no gyaku, ao rotacionar o quadril da pra entender daonde dve vir a força mas nessas outras situações como o simões citou não tem rotação de quadril. O sensei carlão usa o termo vibrar, ele diz que se voce fica em kiba dachi treinando socos, embora nao tenha rotação o quadril faz uma vibração, acho que o simões falou do mesmo com outras palavras. É  o caso do jab no boxe, provavelmente isso é o tipo de coisa que não adianta falar ou perguntar, só o treino com o tempo deve ensinar.

oss
"Permanecer no Eucarístico, em silêncio, espera e adoração, lapidando almas para Ele."

Offline daigoro

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 292
  • Votos: +0/-4
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #10 Online: Abril 10, 2008, 16:53:56 »
olha que bacana....quem for pra Santos vai poder não só discutir estas e outras coisas mas também TREINÁ-LAS.
oss
a corda é o laço, o que me puxa é o que me prende"

Offline J.Lezon

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 897
  • Votos: +4/-8
  • José Lezon, Prof.Karate Wado-Kai
    • www.karate-wadokai.com
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #11 Online: Abril 10, 2008, 19:58:01 »
Tal como afirma o nosso amigo Daigoro, o local certo para se verificar o uso do quadril no Karate, será de facto no Seminário em Santos.

No Wado, defesas, ataques e esquivas, tudo se faz com a utilização do quadril.

Hai!!     
Technical Director of  Karate-do Wado Portugal Association, and Generel Manager JKF Wado-Kai of Portugal
and International Technical Director of Brasilian Karate-do Wado-Kai Association - Examiner oficial JKF Wado-Kai - 7º.Dan

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.859
  • Votos: +14/-25
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #12 Online: Abril 10, 2008, 21:21:26 »
Olá!
Tanto no goju como no shotokan ou no wado,a rotação do quadril é a mesma,pois o que modifica é a vibração do quadril quando finda o golpe.
Nas defesas,em qualquer base,não é só posicionar -se a 45 graus,é jogar a cabeça do femur para a frente,e o travamento do quadril o posiciona assim.Então o mais importante não é a posição do quadril e sim da cabeça do femur.
E a mesma rotação para os ataques tanto com o quadril para a frente ou de lado,em zenkutsu ou kiba dashi.
É só treinando para sentir,pois a mesma defesa pode-se rotacionar o quadril de duas formas com a mesma eficiência,como também os ataques.Veja o caso do urakem em qualquer base.
E quem não entendeu $%&!-se!
Oss!
Pedro
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.181
  • Votos: +0/-0
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #13 Online: Abril 11, 2008, 07:39:54 »
Tem coisas que só se entende na pratica

recomendo aulas com o Pedrão.


OSS

Offline DoghQuch

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Votos: +0/-7
Re: Quadril, diferença entre os estilos
« Resposta #14 Online: Abril 11, 2008, 08:10:22 »
Oss!

Tem um lance, que eu já tinha percebido mas que é difícil de explicar.

O próprio movimento do quadril não começa no quadril, começa no tornozelo!

Se alguém souber explicar melhor explique por favor (que eu sei que sou confuso), mas sempre que fiz um movimento "perfeito" (vamos repetir, "perfeito" entre aspas!) tive a sensação que toda a força vem do chão, vem de uma base sólida e firme.

E que esse movimento se propaga do tornozelo (geralmente o base, mas pode ser invertido) subindo quase que de maneira atômica (instantâneo, sem atraso) pela perna e quase que naturalmente força o quadril a iniciar um efeito chicote que irá impulsionar os braços ou as pernas.

Entendi isso quando vi o vídeo de um rebatedor de Baseball em câmera lenta.
O video não está aparecendo aqui, então usem o link.
[/youtube]

Vejam com atenção, até o momento em que o bastão acerta a bola, é praticamente um Gyaku.

Também percebi que com o quadril encaixado esse movimento se intensifica, quanto mais alinhada a coluna, mais leve e veloz sai o movimento (soco, chute ou defesa).
"E depois de tudo, céu e terra aí estão, como se nada tivesse acontecido.
  A essa altura, a vida e as ações de um homem têm o peso de uma folha
  seca no meio da ventania..."