Autor Tópico: Jyu Kumite - É tão incomum assim?  (Lida 6771 vezes)

Offline Marquinhos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 536
  • Votos: +1/-0
  • Hatsu Un Jin Do
    • Marcos Piolla Pugnax Animation
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #15 Online: Agosto 11, 2012, 22:00:34 »
Olha, o jiu-kumite não é tão raro assim não. Pelo menos onde eu tenho visto. Aliás, estou todo cheio de hematomas aqui por causa disso.

Claro que acho que só deve ser feito por alunos mais avançados e que já tenham certa idade.

Ainda assim, com as proteções disponíveis eu sou a favor de colocar luvas, protetores bucais, capacetes com grade, caneleiras acolchoadas e deixar a giripoca piar, de vez em quando...

Acho que pode ser bom pro aluno aprender, de forma controlada e relativamente segura, a se locomover durante uma luta sem restrições. Vai faltar fôlego e uma série de outras coisas...

É bom pro cara saber como seria de verdade. Se o cara ficar sempre num ambiente hermeticamente protegido, nunca sairá de sua zona de conforto. Nem tampouco o que tem que melhorar.

Tudo bem se ele quer fazer o Karate dele só pra ficar saudável e suar um pouco, mas Karate é uma Arte Marcial e isso é, por definição, não estar na zona de conforto...

OSS!
Marcos Piolla - OSS!
--------------------------------------
空手道は礼に始まり、礼に終る事を忘れるな。
"Karate-Do começa e termina com respeito"
Shoto - Funakoshi

Offline kuro obi

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 5
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #16 Online: Agosto 12, 2012, 09:42:15 »
uns dizem que o shiai eh conforto...sei nao...apresentar ferimentos nao eh sinal de aprendizagem.....vejam os treinos do aghayev e digam se isso eh conforto.(nao liguem para os pormenores tecnicos).
o grande caminho da vida

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.936
  • Votos: +1/-19
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #17 Online: Agosto 12, 2012, 10:40:08 »
se vc lutar com o Aghayev e nao conseguir chegar nele ou toca-lo...e um confronto,
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline Shodo

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 362
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #18 Online: Agosto 12, 2012, 11:47:34 »
Jyu kumite é um shiai sem pontuação.

Offline Eros José Sanches

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 206
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #19 Online: Agosto 12, 2012, 18:49:57 »
Osu, amigos!

A definição de Jyu-Kumite de Kakayama-sensei, exposta pelo Bodhi, é bem completa e definitiva. Acho que a luta real que o Tsuke se referia é Jissen, na própria conceituação da série "O melhor do Karate".

Para apresentar a experiência do meu Dôjô, nós fazemos Kumite. Não há a preocupação de caracterizar a prática como esportiva ou não. Para fins didáticos utilizo sempre a denominação utilizada por Nakayama-sensei. Quanto à prática em si, não trata-se de luta real, lutamos firme com golpes fortes no corpo, porém, evitamos a cabeça por falta de protetores. Luta para competição não existe no Dôjô, por não buscarmos isso (nada contra).

Osu!
"A popularidade internacional alcançada pelo Karate-do é recente, mas essa é uma popularidade que os professores de Karate devem fomentar e usar com grande cuidado" (Gichin Funakoshi, 1956)

Offline Alexander dos santos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.013
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #20 Online: Agosto 13, 2012, 19:17:39 »
Me corrijam se estiver errado...

Kumitê só deve ser realizado, depois do karateca estar bem alicerçado nas técnicas de luta. Isso se faz com kata e kihon... repetições e mais repetições de cada grupo de defesas que o nível do karateca permita que ele receba...

O que vejo é que todo mundo quer lutar, mas poucos querem aprender a lutar... kata é chato, kihon é um saco, e fazer trabalhos físicos é cansativo...

Concordo com o Rodrigo, nego anda fazendo shiai com mais contato achando que é jyu! Meu sensei durante um treino foi muito feliz... estavamos treinando, empolgados, e ele parou nossa brincadeira e perguntou o que estavamos fazendo, pois não era nem jyu e nem shiai... precisavamos definir, pois estavamos nos expondo a riscos de lesões sem nem ao menos estar treinando de fato.

Eu acredito que é possível fazer um jyu bem feito, sem necessariamente se ter danos cerebrais e internações para lutadores em coma...rsrsrs

O problema é que hoje, todo mundo quer ser Lyoto!!!

Offline Okinawan

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 3
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #21 Online: Agosto 26, 2012, 00:11:53 »
claro que Jyu-Kumite tem sundome, a diferença é q nao tem interrupçoes e os golpes nao sao restritos acima da linha de cintura, joelhadas e cotoveladas sao permitidas (com extremo controle) e a luta rola solta no chao ate ficar amarrada ou o sensei interromper, é a luta-livre na essencia da palavra. mas o sundome é aplicado da mesma forma, algumas academias praticam o jyu-kumite com proteçoes, assim o risco de lesoes diminui.
eu pratico mto mais o jyu kumite, shiai kumite só em véspera de campeonato, eu ate gosto do shiai kumite (nas regras tradicionais) mas nada como um boa luta sem interrupçoes.

Oss

Offline Seiki

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 72
  • Votos: +0/-0
    • Dojo Performance Palmeiras de Goiás
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #22 Online: Setembro 12, 2012, 21:51:22 »
Olá caros... Vi este tópico aqui e não pude deixar de expressar minha opinião à respeito. Bem, acredito eu que o Jyu Kumite deve ser treinado em primeiro lugar, deixando ao aluno a opção de seguir este caminho ou o do karatê desportivo, que no caso é o Shiai Kumite. Confesso que já fui muito apegado a competições... ganhar medalhas... enfim, conquistar títulos. No entanto esta realidade mudou quando comecei a perceber que a essência do karatê não é bem essa. Devo dizer também que hoje sou faixa verde e nunca, mas nunca mesmo tive sequer uma aula em que treinássemos o Jyu Kumite. Agora pensem. Um faixa verde que só treina shiai e que não é atleta de alto rendimento? O que isso vai virar? Sou afiliado à FKSC, a semi-contato, que não muito conhecida aí no meio nacional. No nosso dojo, só se treina shiai kumite, e eu vejo onde isso tem levado os alunos. Isso cria um clima competitivo dentro da academia, o que pra mim não é bom, pois gera até mesmo rivalidade entre o pessoal. Convivo com pessoas que pensam apenas em marcação de pontos e em ganhar medalhinhas que não valem mais que R$ 2,50. Mas claro. Há suas excessões. E estou entre elas. No domingo juntamos o pessoal que gosta de um treino mais sério e treinamos lá o nosso Jyu Kumite por conta própria. Mas enfim. Penso eu que andam se esquecendo de que karatê é uma arte marcial, transformando-a num esporte, e isso tende a piorar. Nesse quesito aí eu admiro muito a Shotokai, que não entra nessa onda (ao menos não entrou ainda).
"A prática do karatê é como caminhar 1000 quilômetros a pé. Só os determinados chegam ao final"
                                                           (Wilson Hisamoto)

Offline julianoferreira

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 532
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #23 Online: Setembro 13, 2012, 07:03:28 »
Citar
hoje sou faixa verde e nunca, mas nunca mesmo tive sequer uma aula em que treinássemos o Jyu Kumite.

Na faixa verde eu fazia Kata, Kihon, e de vez em quando um Shiaizinho "pra soltar"... Se na faixa preta normalmente dá $%&! quando fazem Jyu Kumite, imagina na verde. Se teu sensei nunca te jogou numa roubada dessas, sendo que vc não está preparado pra isso, ele tem o meu respeito.

Uma coisa que me diverte é que aqui o discurso sempre é contrário ao Shiai Kumite, como "irreal". Dizem que captaram a verdadeira essência do Karate, mesmo essa "verdadeira essência" sendo algo muito particular de cada praticante. E não me venham com xurumelas, se vcs perguntarem a dez praticantes de Karate, separadamente, o que o Karate representa pra eles, vcs terão com certeza dez respostas diferentes.

Nesse ponto eu concordo com o Roberto, treina com o Aghayev, se conseguir encostar nele é conforto, ou vai ver ele estará meio gripado. Melhor ainda, nem precisam ir tão longe, venham a floripa, lutem com caras como o Douglas Brose, lutem contra sua esposa Lucélia, lutem contra o Ortulano Belli aqui de joinville... todos praticantes de Shiai... e eu quero ver esse "Jyu Kumite" funcionar.

Mas voltando ao comentário que me chamou a atenção, Seiki, numa boa cara... Não coloque o carroça na frente dos bois, se dedica hoje no Kihon, Kata, um Kumitezinho mais light (chame como quiser), deixa pro pau comer quando vc tiver um pouco mais graduado, enfim, minha opinião e dica pra vc.

Hai!
Juliano

Offline Chucrutis

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 258
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #24 Online: Setembro 13, 2012, 08:22:53 »
Concordo plenamente Juliano.

Conheço todos os citados por vc, e conheço muito mais o Hortulano, aquele mamute, meu algoz em alguns jogos abertos e campeonatos estaduais... hahahahha..

O cara tem marreta no lugar das mãos...

PQP..

Jean C. Peyerl

"O tatame é meu chão, o kimono minha pele e a faixa minha alma"

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.666
  • Votos: +1/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #25 Online: Setembro 13, 2012, 08:34:46 »
Tendo a concordar com você Juliano. Tudo a seu tempo.
Porém, se a pessoa começou a praticar karatê com o objevtivo de defesa pessoal e marcialidade, ficar só no shiai é frustrante.
Karate Wado Ryu

Offline Tsuki

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.054
  • Votos: +1/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #26 Online: Setembro 13, 2012, 09:35:32 »
Concordo com o Juliano, até certo ponto! Até pq jyu kumite nao tem que ser porradaria! O fato do jyu nao ter regras, nao quer dizer que tem que se bater para nocautear! O jyu pode ser leve, usando 30, 40% da força.
Já foi explicado a aqui que o kumite porradeiro tem outro nome, parece que é Jissen kumite. Essa sim, é sem regras e a toda força.

Treinei jyu poucas vezes, mas em todas as vezes, nao houve ninguém machucado. Pelo contrario! Já vi mais gente sangrando nos shiai kumite do que nos jyu kumite. E até mesmo o treino de jyu pode ser sistematizado, de maneira que ensine o karateka a aplicarem uma maior variedade de golpes do mesmo jeito que é feito no treino de shiai. Acho que é valido até mesmo de vez enquanto convidar um professor de judo, jiujitsu para dar umas aulas, para ensinar o basicão, como rolamento, quedas mais simples, posiçoes mais basicas, coisas que eles ensinariam para seus faixas brancas. Fazendo um treino sistematizado, creio que os alunos vão dominar melhor as tecnicas, vao se sentir mais seguros, nao vão ficar se debatendo no chão que nem peixe fora dágua quando a luta for para o solo e isso, creio eu, vai aumentar a segurança entre os praticantes.
Nao sei em outros dojos, mas onde treino, os exames a partir da verde, tem jyu kumite a portas fechadas (acima de 18 anos). No ultimo exame eu assisti um jyu entre um aspirante a verde e um aspirante a roxa. Os caras nao sabiam oq fazer!! Ficaram perdidos! Num certo ponto quando eles perceberam que a mecanica do jyu era diferente da do shiai comecaram deixar a tecnica de lado e a socar de qualquer jeito, derrubar de qualquer jeito. Resumindo, foi feio de se ver. Mas eles nao eram culpados! Nao estavam acostumados com tanta liberdade, ficaram perdidos.

OSU!
Oq define um bom Karateka segundo Shoshin Nagamine:

"Punho infernal, coração santo."

Offline julianoferreira

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 532
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #27 Online: Setembro 13, 2012, 09:42:58 »
Citar
Conheço todos os citados por vc, e conheço muito mais o Hortulano, aquele mamute, meu algoz em alguns jogos abertos e campeonatos estaduais... hahahahha..

Então você sabe do que eu to falando Jean... e digo mais... vocês não sabem o que é Jyu Kumite antes de fazer um Shiai nos JASC com o Hortulano... Pra quem foi no encontro, se vocês acharam o Jean e o Big grandes, caras, esse "mamute" é um monstro. Gente fina pra cacete, mas fora do tatame.

Citar
Porém, se a pessoa começou a praticar karatê com o objevtivo de defesa pessoal e marcialidade, ficar só no shiai é frustrante.

Cara, claro que é frustrante, mas o Karate não é também um exercício de paciência? Aliás, para se defender de uma agressão você não precisa ter, acima de tudo, paciência, saber agir no tempo certo? Não é praticando Jyu Kumite, Jissen Kumite, com seus coleguinhas que isso vai acontecer, é uma soma de vários fatores. Também tem que se levar em consideração os conceitos, o pessoal realmente confunde...

Citar
Resumindo, foi feio de se ver. Mas eles nao eram culpados! Nao estavam acostumados com tanta liberdade, ficaram perdidos.

Imaginei como deve ter sido, o Jean deve lembrar dos infames campeonatos catarinenses da década de 90, início da década seguinte, quando descia a alemãozada la de chapecó... rapaz, deveriam inventar uma nova nomenclatura pro que eles lutavam, não era shiai, não era jyu, não era jissen... hahahaha


Hai!
Juliano

Offline Cabadapest

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 990
  • Votos: +2/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #28 Online: Setembro 13, 2012, 10:56:49 »
Ratificando o que falei na página 1:
O treinamento do kihon e do kata são em função do kumite, o jyu kumite. Todo treinamento para shiai deveria ser somente para quem compete, portanto é descabido nos exames de faixa. Se não se pratica jyu kumite, então estão priorizando shiai, isto é esportivismo. Daí tem gente que acha que caratê esportivo é ser filiado a isto ou aquilo.

Oss!
"Aquele que está consciente de suas próprias fraquezas será senhor de si mesmo em qualquer situação." Funakoshi.

Offline Chucrutis

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 258
  • Votos: +0/-0
Re:Jyu Kumite - É tão incomum assim?
« Resposta #29 Online: Setembro 13, 2012, 11:37:29 »
Juliano,

Com certeza, o Hotulano é um dos caras mais gente boas do karate, mas ja vi ele jogar cara em cima de caixa de som, traves de futebol.... essas coisas..

Pra quem ta lendo acha que é exagero, mas não é não..

E cara, pega aqueles caras do interior, que eles plantavam o zenkutsu e ficavam esperando pra soltar um mae geri era $%&!... ou ficavam dando yoko o tempo todo, era nojento...
Jean C. Peyerl

"O tatame é meu chão, o kimono minha pele e a faixa minha alma"