Autor Tópico: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.  (Lida 6127 vezes)

Antoine

  • Visitante
Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Online: Junho 03, 2008, 16:34:45 »

« Última modificação: Junho 08, 2008, 18:22:22 por Renê »

Offline J.Lezon

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 897
  • Votos: +4/-8
  • José Lezon, Prof.Karate Wado-Kai
    • www.karate-wadokai.com
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #1 Online: Junho 03, 2008, 16:52:56 »
Eu sou totalmente contra o que vi!
Crianças daquelas idades jamais deveriam ser utilizadas daquela forma...
Mas sei que outros dirão o contrário, enfim...
Mas não faço mais comentários dado que as imagens falam por si...
Hai!
Technical Director of  Karate-do Wado Portugal Association, and Generel Manager JKF Wado-Kai of Portugal
and International Technical Director of Brasilian Karate-do Wado-Kai Association - Examiner oficial JKF Wado-Kai - 7º.Dan

Offline Rodrigo (Rodfu)

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 776
  • Votos: +0/-0
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #2 Online: Junho 03, 2008, 17:26:26 »
Muito bom iniciar essa discussão aqui, acredito que a matéria foi infeliz e as artes marciais em geral perderão a curto prazo. Passaram uma imagem péssima, misturando alhos com bugalhos. Lamentável.
Abraços,
Rodrigo

Antoine

  • Visitante
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #3 Online: Junho 03, 2008, 17:30:38 »
Ss. Lezon e Rodfu;
Claro que compartilho suas opiniões e acrescento minha indignação.
Contra os filhos da $%&! dos promotores dessas lutas e os filhos da $%&! dos pais que deviam ser processados civil e criminalmente.

Por mais competitivo que o karate infantil seja, acho que é muito mais lúdico,solidário e cooperativo.

Uma criança destas que aparece no video do MT vai ser um adulto razoável?

Tem pai gordo filho da $%&! que fala que o filho lutar é bom para o filho desestressar.

Podia ele entrar num ringue e tomar porrada pra perder a banha, o $%&!.

Na reportagem original apareceu uma garotinha inglesa de uns cinco anos chorando antes de entrar no ringue que foi absurdo demais pra aguentar.

Tem filho da $%&! que coloca seus peixinhos pra brigar,
Tem filho da $%&! que coloca seus cachorros pra brigar,

E...

Tem Filho da $%&! que coloca os próprios filhos. . .

Oss.

Offline Avi

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.933
  • Votos: +2/-1
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #4 Online: Junho 03, 2008, 20:29:47 »
Eu mui respeitosamente discordo dos colegas acima.

A vida é dura, só os fortes sobrevivem, quanto mais cedo aprender isso melhor, mais cedo ta preparado pra vida. A VIDA É UM RINGUE, QUEM PODE MAIS CHORA MENOS.

Venho de um povo que muitos admiram, outros odeiam, um povo que aprendeu a sobreviver a tudo e a todos. Como nasci no bem bom graças ao trabalho dos meus pais acabei perdendo um pouco disso e podem ter certeza, aprender a ser guerreiro depois de velho é $%&!.

Pena que cortou no meio da fala da psicologa, tava louco pra ouvir as merdas politicamente corretas que psicologo adora falar na tv.

Ainda não tive filhos mas se tiver, boto no boxe a partir dos 5 anos e goataria de ve-lo competindo o mais cedo possivel.

oss
"Permanecer no Eucarístico, em silêncio, espera e adoração, lapidando almas para Ele."

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.859
  • Votos: +14/-25
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #5 Online: Junho 03, 2008, 21:18:39 »
Olá!
Eu concordo com o Amigo Antoine que quem tem cachorro e põe para brigar é um bom filho da $%&!.
Mas se tivesse um filho o matriculava no Karate, prá tomar e dar porrada,é bem melhor tomar porrada  na academia do que levar porrada na rua.E se amarelasse fazia como minha mãe fez comigo:chegava de bico por ter apanhado,tomava tapão para deixar de ser trouxa.
E se algum psicólogo cheio de razão viesse encher  meu saco mandava o moleque meter-lhe a mão.
E não me encham o saco, hoje não estou de bom humor,e vão todos se $%&!!
Oss! Pedro
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

Offline jion

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 99
  • Votos: +3/-2
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #6 Online: Junho 03, 2008, 23:29:03 »
são professores como esses que denigrem a imagem das artes marcias.
aquele que se contradiz sobre competição ou apresentação deveria responder sobre isso na justiça.
sobre os pais só uma palavra: IGNORANTES

Offline Rodrigo (Rodfu)

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 776
  • Votos: +0/-0
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #7 Online: Junho 04, 2008, 01:37:16 »
Avi, eu concordo 100% com aquele trecho da "Canção do tamoio" que diz: "Viver é lutar". Não tenho dúvida disso. Mas botar crianças pra darem joelhadas na cara uma da outra é coisa muito diferente. As crianças de idade tão baixa quanto mostrada não devem, de maneira alguma, participar de competições ou mesmo de treinos como alguns que mostraram. A matéria foi uma $%&!, colocou o contexto tailandês (onde o muay thai desempenha o mesmo papel do futebol no Brasil) como sendo o mesmo pra todos os lugares. E os pais imbecis que apareceram na matéria, como o idiota que prepara o filho de 9/10 anos pra ser campeão, já botando essa idéia na cabeça do moleque....enfim, nessas horas eu até concordo com o Pedrão que arte marcial é pra uma elite. Bando de frustrados, isso sim. A maioria jamais subiria no ringue como mandam os próprios filhos fazerem.

O ruim é que o leigo não faz a menor diferenciação entre Boxe (que se fudeu de graça, afinal só mostraram Muay Thai), Boxe tailandês, Karate, Judo ou qualquer outra "luta".

Aliás, também tô de mau humor e acho mesmo que essa $%&! de mundo não tem solução. E todos que não gostaram que vão se $%&!!

Oss!
Abraços,
Rodrigo

Offline yama

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 4.615
  • Votos: +11/-0
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #8 Online: Junho 04, 2008, 02:04:16 »
Oss

Eu fico o maior tempão,recitando Dojo-Kun explicando que não se pode machucar o colega mesmo com provocações e eles me vem com essa de competição com nocaute para crianças e acham que é a melhor coisa do mundo.

Cada um, cada um,mas como educação não gostei nada,como espirito sim temos de sobreviver as dificuldades mas não dessa maneira,os pequenos já se matam a tres por dois na escola e na rua com um incentivo desse é que a coisa está mais que louca >:(

qto a rinha de quaisquer bichos que não seja o homem que gosta disso façam-me o favor,vão pastar ou encarar qquer animal na mão que quero ver quem se sai melhor,se tivesse de apostar colocaria todas as fichas até na minhoca X homem,a minhoca ganha!!!!!

Oss
alberto.
yama-Alberto S. Almeida

Offline DoghQuch

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 318
  • Votos: +0/-7
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #9 Online: Junho 04, 2008, 07:52:14 »
Oss!

Caras....esse é um ponto bem difícil de se avaliar....
Eu concordo 80% com o Avi, definitivamente não acredito que encher uma criança de porrada torne ela um guerreiro melhor, mas o treino marcial é bom e certamente colocaria meus filhos no mesmo caminho que meus pais me colocaram.

A questão aqui é a idade e o nível de exposição das crianças.
Da maneira como é feito e o nível lamentável dos professores que concordam com algo assim só por dinheiro é que está completamente errado. É a MESMA coisa que as crianças que jogam futebol aqui, os pais brigando e chigando na arquibancada e as crianças se degladiando no campo.

As crianças não entendem oq elas estão fazendo ou aprendendo, elas repetem oq seus pais dizem e fazem aquilo que são mandadas fazer.

As crianças tão novas deveriam ser educadas nos principios das artes e treinar como forma de exercício. Aprender a bater e a apanhar, a lidar com a derrota e com a vitória, com certeza também faz parte, mas não como nesse video onde as crianças são tratadas como cachorros de briga.

E não se enganem os machões de plantão, porque é isso que esses pais estão criando, cachorros de briga e nada mais.
"E depois de tudo, céu e terra aí estão, como se nada tivesse acontecido.
  A essa altura, a vida e as ações de um homem têm o peso de uma folha
  seca no meio da ventania..."

Offline Luiz

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.124
  • Votos: +1/-1
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #10 Online: Junho 04, 2008, 08:11:44 »
Polemica lançada, então vamos la!

Concordo que quanto mais cedo a criança conseguir se ingressar no mundo da arte marcial melhor, melhor para educação, melhor para disciplina etc...

Discordo completamente de se colocar duas CRIANÇAS para se degladiarem feitos animais.

É preciso muita ponderação nesse caso, é preciso se conhecer o efeito nocivo que pode traumatizar essa criança, a sequela que isso pode deixar, vejam bem eu disse pode, e se corremos o mínimo risco de lesar nosso filho já é um bom motivo para poupá-lo disso.

Eu não deixaria meu filho passar por isso.

Por isso eu já treinei e tomei muita porrada, deixa que enquanto eu for vivo eu defendo ele ;D

OSS...
« Última modificação: Junho 04, 2008, 08:14:15 por Luiz »
"Aqui se cultiva o corpo e a mente"

Offline J.Lezon

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 897
  • Votos: +4/-8
  • José Lezon, Prof.Karate Wado-Kai
    • www.karate-wadokai.com
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #11 Online: Junho 04, 2008, 08:28:40 »
Meus caros amigos...

O video em questão, para mim, é realmente muito didáctico...

Realmente, só os ignorantes não terão capacidade de observar, equivocamente, que o homem é um ser capaz de demonstrar tamanha imbecilidade!

E não vou perder tempo com explicações...   

Hai!
  
Technical Director of  Karate-do Wado Portugal Association, and Generel Manager JKF Wado-Kai of Portugal
and International Technical Director of Brasilian Karate-do Wado-Kai Association - Examiner oficial JKF Wado-Kai - 7º.Dan

Offline Simoes

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 621
  • Votos: +4/-0
    • http://www.kyokai.com.br
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #12 Online: Junho 04, 2008, 09:34:49 »
Tenho um filho de 9 anos que pratica karate.

Realmente acho que quanto mais cedo se começa na arte marcial melhor, sempre lutei e treinei com meu filho em casa, mas nunca o machuquei.

Por experiência própria sei que colocar duas crianças para lutar não é bom. A criança não tem a mesma noção do adulto na luta, ela bate até ela mesma não aguentar mais, e não o adversário, não tem a noção de que o adversário já está derrotado ou se machucou.

Outra coisa é forçar a criança a fazer ou participar de algo, sempre incentivei meu filho, nunca forcei, porque sei que a longo prazo isso vai criar uma ojeriza e quero que o karate para ele seja para sempre.

Offline Gustavo-RJ

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.469
  • Votos: +4/-2
Por incrivel que pareça concordo com o Sensei Lezon 100%. Rs.
« Resposta #13 Online: Junho 04, 2008, 09:59:43 »
E tem mais, esses pais devem ter sido todos abusados sexualmente na infância. Só uma mente perturbada é capaz de fazer isso com o próprio filho. Lugar de criança é no Judo, aonde se aprende disciplina, respeito, hierarquia etc e principalmente, se aprende a cair e levantar, no sentido real e figurado.

Karate só depois dos 12. Conheço um monte de pirralho que fez karate desde cedinho, todos largaram no meio. Até os pretas ficaram bunda-moles.
"Ai se eu te pego, ai, ai."
Gustavo-RJ

Offline retsudo tanaka

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 299
  • Votos: +2/-2
Re: Muai Thai infantil; reportagem no Fantástico.
« Resposta #14 Online: Junho 04, 2008, 11:07:16 »
Simões foi perfeito. Disse tudo. Gustavo, então, foi iluminado.


Trocar soco não prepara ninguém para vida.

A vida é uma luta. Coloque seu filho no melhor colégio possível, faça-o aprender inglês e francês, faça-o treinar ou  judô ou natação. Faça-o ler, ao menos, um livro por mês. Depois disso ele estará preparado para entrar na USP, Unicamp, UFRJ e etc. Depois, se a base tiver sido boa e ele tiver um pouco de sorte, será competitivo no mercado de trabalho.

Trocar soco não prepara ninguém para vida.