Autor Tópico: A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.  (Lida 7187 vezes)

Offline Cabadapest

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 990
  • Votos: +0/-0
A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Online: Março 22, 2012, 13:51:55 »
Depois da calorosa discussão sobre a pedagogia tradicional do karate, fico a pensar se nossos mestres estão realmente preparados para uma preparação de alto nível, pois sabemos que  as tradições japonesas tão valorizadas pelos karatecas, já não são sinônimo de resultados dentro do koto.

No vídeo abaixo eu vejo que o crescimento do karate enquanto modalidade esportiva é uma realidade, a evolução técnica atingiu um nível onde cada vez mais especialistas em treinamento esportivo são requeridos, descentralizando a figura do Sensei, e isso é não bem aceito por todos:



Fica a pegunta: Será que o acúmulo de Dans habilita a um nível profissional de alto rendimento? Ou preparador físico, fisioterapeuta, médico, nutricionista, etc. ainda são dispensáveis?
« Última modificação: Março 22, 2012, 19:21:48 por Cabadapest »
"Aquele que está consciente de suas próprias fraquezas será senhor de si mesmo em qualquer situação." Funakoshi.

Offline Bodhi

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 987
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #1 Online: Março 22, 2012, 14:04:31 »
Depois da calorosa discussão sobre a pedagogia tradicional do karate, fico a pensar se nossos mestres estão realmente preparados para uma preparação de alto nível, pois sabemos que  as tradições japonesas tão valorizadas pelos karatecas, já não são sinônimo de resultados dentro do koto.


Muito bem colocado!!!!

Excelente questão!

Estou correndo no trabalho, depois volto para escrever!

Osu!
______________________
心に空手道 Kokoro ni Karatedō

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.662
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #2 Online: Março 22, 2012, 20:54:54 »
Na minha humilde opinião, atualmente para se competir em alto nível, somente o Sensei não é suficiente. A não ser que o mesmo seja formado em educação física e com especialização em esporte de alto rendimento.
Karate Wado Ryu

Offline Bodhi

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 987
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #3 Online: Março 22, 2012, 22:05:11 »
Na minha humilde opinião, atualmente para se competir em alto nível, somente o Sensei não é suficiente. A não ser que o mesmo seja formado em educação física e com especialização em esporte de alto rendimento.

Pronto...! O GEM falou o que ia dizer. E ele fez certamente de forma mais objetiva  ;D ;D ;D

Depois que escrevi sobre a segunda guerra num post de pedagogia....vou tentar ser mais objetivo....   ;D ;D

Osu!
______________________
心に空手道 Kokoro ni Karatedō

Offline GUICOMES

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.282
  • Votos: +0/-0
  • Rio Grande do Sul. Superior.
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #4 Online: Março 22, 2012, 22:21:01 »
Qualquer coisa é afronta à hierarquia do karate. Em alguns lugares, até dar bom dia sem sotaque de japonês.
Quanto maior o nível, mais especializado deve ser o corpo em volta do atleta.
Treine o que funciona, descarte o que não funciona ou é menos prático. Quem treina igual aos outros tende a ser como o resto.
You are all aware of the price of failure. (skeletor)

Offline Mestre Luciano

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 728
  • Votos: +0/-0
  • Treinando com afinco para lapidar o espírito.
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #5 Online: Março 22, 2012, 22:46:31 »
Na minha humilde opinião, atualmente para se competir em alto nível, somente o Sensei não é suficiente. A não ser que o mesmo seja formado em educação física e com especialização em esporte de alto rendimento.

Pronto...! O GEM falou o que ia dizer. E ele fez certamente de forma mais objetiva  ;D ;D ;D

Depois que escrevi sobre a segunda guerra num post de pedagogia....vou tentar ser mais objetivo....   ;D ;D

Osu!

Não é somente isso. O vídeo apresentado mostra um ATLETA, um COMPETIDOR, que dedica a maior parte do seu tempo diário à isso, não podemos compará-lo a uma pessoa que pratica Karatê 2 ou 3 vezes por semana, contudo é lógico que uma boa preparação física melhora consideravelmente o rendimento em qualquer esporte ou Arte Marcial!

Respondendo a pergunta: A maioria dos senseis não está preparado para CONDICIONAR um atleta de alto rendimento, outros não estão preparados nem para realizar um aquecimento pré treino, mas um sensei que seja formado em Educação Física pode tranquilamente preparar um atleta de alto rendimento.

OSS
ルチアーノ - Luciano - Karateca e Judoca.
Kyokai Karatê Dojo        www.kyokai.com.br

O Karatê deve ser treinado e não discutido. OSS

Offline sato.

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 133
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #6 Online: Março 22, 2012, 22:57:19 »
PAra fazer um atleta de nível atualmente é preciso ter preparador físico, departamento médico especializado, treinador específico...

Isso tratando-se de um esporte com regrinhas bem definidas, um jogo de karate.

Vamos lembrar das regras do jogo karate: encostar mais rápido, ter muito preparo físico para aguentar o tempo de luta com intensa movimentação.
Não necessita vencer o adversário e derrubar um possível agressor, temos sim que ficar trocando com ele pelo tempo de luta.

Para karate budo nada disso é necessário, apenas espírito e determinação de ferro. Enfim a eterna busca do Hikken Hisatsu.

Oss

Offline GUICOMES

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.282
  • Votos: +0/-0
  • Rio Grande do Sul. Superior.
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #7 Online: Março 22, 2012, 22:59:27 »
(...) mas um sensei que seja formado em Educação Física pode tranquilamente preparar um atleta de alto rendimento.

OSS

Pode nada. Bom, se todos podem, só encontrei charlatões até hoje.
Treine o que funciona, descarte o que não funciona ou é menos prático. Quem treina igual aos outros tende a ser como o resto.
You are all aware of the price of failure. (skeletor)

Offline Mestre Luciano

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 728
  • Votos: +0/-0
  • Treinando com afinco para lapidar o espírito.
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #8 Online: Março 22, 2012, 23:01:01 »
(...) mas um sensei que seja formado em Educação Física pode tranquilamente preparar um atleta de alto rendimento.

OSS

Pode nada. Bom, se todos podem, só encontrei charlatões até hoje.

Esqueci de dizer...Um BOM! kkk

Quando eu era atleta de Judô (hj sou apenas um praticante ocasional), meu sensei realizava a preparação da maioria dos atletas da minha agremiação. Ele é formado em EF e fazia isso muito bem, mas realmente esqueci de mencionar o nutricionista que também é de suma importância.

OSS
« Última modificação: Março 22, 2012, 23:07:41 por Mestre Luciano »
ルチアーノ - Luciano - Karateca e Judoca.
Kyokai Karatê Dojo        www.kyokai.com.br

O Karatê deve ser treinado e não discutido. OSS

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #9 Online: Março 22, 2012, 23:03:32 »
   Na academia em que treino há um horário para os atletas. Eles ganham bolsa e o sensei tira a pele deles.

   Eu não gosto nem de ver. Acabo me sentindo velho demais. Ou ainda fico me lembrando da altura dos meu chutes.

   Vou pela manhã, bem cedinho, galera velha-guarda tá toda lá.

   Sensei hoje perguntou se eu não achava legal comprar um kimoninho daqueles levinhos.... só pra me provocar. Perguntou e já começou a rir porque sabia que ia escutar.... "sensei... eu morro aqui dentro desse heavy-canvas".

   Sim, acredito que seja uma afronta. A WKF está englobando tudo. É um tsunami atravessando o mundo inteiro. Eu, aqui em Pato Branco, treinei só hoje kankudai shotokan e basai-dai shito-ryu, porque é necessário. É um tal de shitei kata. Num sei o que é isso.
   Essa interdisciplinaridade, contato com outros estilos no dia a dia, vai arrastar a longo prazo muita gente. Japão, hoje em dia, em competições globais pela WKF é mais um país. Mais um.

   

[]´s
BigBoy
  
« Última modificação: Março 22, 2012, 23:07:38 por BigBoy »

Offline Cabadapest

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 990
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #10 Online: Março 22, 2012, 23:37:46 »
O vídeo não mostra apenas um atleta, mostra um profissional do esporte com uma equipe de profissionais.
A realidade no geral do karate brasileiro são associaçoes que oferecem aulão para todo mundo junto, que as vezes acrescenta uma horário para um treinamento para aqueles que gostam de competir, que é uma festa que eu sempre adorei participar, mas não é o objeto do tópico.

Faixa preta + Educação Física é o bastante?

Bem sabemos o nível de formação de nossas universidades, nem todo "portador de um diploma' que manda os atletas fazer exercícios tem condições de estruturar um macrociclo de treinamento bem definido, que habilite um atleta a alta performance.
Vocês conhecem algum centro de treinamento brasileiro que oferece esse tipo de suporte profissional?
"Aquele que está consciente de suas próprias fraquezas será senhor de si mesmo em qualquer situação." Funakoshi.

Offline Cabadapest

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 990
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #11 Online: Março 22, 2012, 23:51:00 »
Temos uma quantidade significativa de praticantes de karate, se juntarmos todos os estilos e organizações seria um número surpreendente, temos um solo fértil para as artes marciais.
Em função disso, alguém poderia nos informar sobre como o Brasil aparece nos mundiais de karate das principais organizações?
"Aquele que está consciente de suas próprias fraquezas será senhor de si mesmo em qualquer situação." Funakoshi.

Offline sato.

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 133
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #12 Online: Março 23, 2012, 01:59:48 »
  Sim, acredito que seja uma afronta. A WKF está englobando tudo. É um tsunami atravessando o mundo inteiro. Eu, aqui em Pato Branco, treinei só hoje kankudai shotokan e basai-dai shito-ryu, porque é necessário. É um tal de shitei kata. Num sei o que é isso.
   Essa interdisciplinaridade, contato com outros estilos no dia a dia, vai arrastar a longo prazo muita gente. Japão, hoje em dia, em competições globais pela WKF é mais um país. Mais um.

Bigboy, entendo que haja muitos atletas WKF, o que é bom, melhor que nada na minha humilde opinião. Entretanto a maioria em questões qualitativas não importa nada, e em karate devemos ser exigentes.

E também é bom saber que staff a parte, com preparadores físicos e médicos, a relação Sensei e discípulo segue intacta de qualquer modo.
Pode haver todo um corpo de auxiliares esportivos, mas quem ensinou karate foi o Sensei, quem tem a autoridade técnica é o Sensei e isto é o que importa.
Os outros são perfumaria orientada ao esporte - que é uma parte menor do karate.
« Última modificação: Março 23, 2012, 02:01:49 por sato. »

Offline Lourival Silva

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 429
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #13 Online: Março 23, 2012, 08:42:09 »
Citação de: sato
Os outros são perfumaria orientada ao esporte - que é uma parte menor do karate.

Para aqueles que entende o karatê também como esporte talvez não veja esta "perfumaria" como a menor parte sr. Sato, ao contrario, irá dizer que é extremamente necessário.

Se olhar o karatê desta maneira iremos coloca-lo no mesmo lugar que outros esportes como o atletismo, basquete, natação, ginastica olímpica e etc... nos quais só países com condições financeiras mediana para cima poderão possuir atletas de destaque. Até antidoping poderá ser incluído porque chega um momento que as pessoas envolvidas, por alguma razão, começam a achar que só ralar peito nos exercícios não é o suficiente, tem que consumir algum tipo acelerador e etc...

Como disse o sensei Pedro uma vez (não com estas palavras): "...e depois, como ficará meu karatê quando minhas articulações e ligamentos estiveram estourados pelo uso excessivo? Será que estarei praticando meu karatê com meus idos 70, 80 anos?"

OSS!




Offline Shodo

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 362
  • Votos: +0/-0
Re:A esportivização é uma afronta à hierarquia do karate.
« Resposta #14 Online: Março 23, 2012, 08:52:25 »
Citação de: sato
Os outros são perfumaria orientada ao esporte - que é uma parte menor do karate.

Para aqueles que entende o karatê também como esporte talvez não veja esta "perfumaria" como a menor parte sr. Sato, ao contrario, irá dizer que é extremamente necessário.

Se olhar o karatê desta maneira iremos coloca-lo no mesmo lugar que outros esportes como o atletismo, basquete, natação, ginastica olímpica e etc... nos quais só países com condições financeiras mediana para cima poderão possuir atletas de destaque. Até antidoping poderá ser incluído porque chega um momento que as pessoas envolvidas, por alguma razão, começam a achar que só ralar peito nos exercícios não é o suficiente, tem que consumir algum tipo acelerador e etc...

Como disse o sensei Pedro uma vez (não com estas palavras): "...e depois, como ficará meu karatê quando minhas articulações e ligamentos estiveram estourados pelo uso excessivo? Será que estarei praticando meu karatê com meus idos 70, 80 anos?"

OSS!


Vão ficar extamente como ex-jogadores de futebol. Todos eles jogam sua "peladinha" porém sem compromisso de atingirem resultados. N academia que treino tem muito 50tão que treina e até disputa no master mas sem o compromisso de quando era jovem.