Autor Tópico: Pitboys de Kimono  (Lida 6744 vezes)

Offline bcabrera

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 245
  • Votos: +0/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #15 Online: Junho 07, 2011, 23:47:25 »
confuso, ne?
Se eu parecer confuso ou com medo, posso estar em DEAI. A verdade nunca saberá...
Siga no Twitter: @bruno_cabrera

ariella

  • Visitante
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #16 Online: Junho 09, 2011, 00:41:43 »
Oss,

Camisa de força é kimono de maluco. Mete o bagual em uma, pendura pela faixa, chama ele de piñata e desce, literalmente, o cacete.
Não sei se quebrando o cara ele se conserta, mas ele vai saber como uma pessoa se sente sendo covardemente agredida.
 ;)

Offline almagexnum

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 76
  • Votos: +0/-0
    • Sob um Ponto de Vista Diferente
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #17 Online: Junho 09, 2011, 19:39:30 »
Apareceu um desses lá no dojo onde treino, até ia comentar por aqui quando tivesse tempo. Hahahaha, esse tópico veio bem a calhar.

-

Tem um cara novo no meu dojo que tem cantado de galo e até mesmo machucado alguns colegas meus. Um aluno novo machucar pela falta de controle até é normal, mas o cara bate pra machucar mesmo.

Certa vez estavamos fazendo um aquecimento, um jogo que tem de roubar a luva que o time adversário está protegendo enquanto vai eliminado os mesmos com golpes de competição, ou seja, de pouco contato.

Eis que uma colega foi se abaixar pra pegar a bendita da luva e o cara sentou uma canelada na cabeça da menina.

O rapaz ainda teve a audácia de dizer que aquela era a chance dele, e que não tava ali pra brincadeira.

Desde então, todos por lá estão muito bravos com ele.
Os colegas estão perdendo a linha com o cara e batendo cada dia mais forte, ainda mais quando o cara fica doido com erros de arbitragem.

Alguns colegas e até mesmo eu já tentamos endireitar o cara, mostrando mais karate e menos violência. Não funcionou.

-

Em um shiai kumite o cara entrou bem na hora que eu bati um mawashi, "machucou pra $%&!" e ele tentou me matar nos outros contatos, enforcando com a lapela, dando chute baixo e o escambau. Só perdeu a agressividade quando tirei o ar dele com um gyaku.

Sei que os mais graduados devem dar exemplos aos novatos, mas é muito dificil conviver com uma pessoa dessas sem soltar um ou dois golpes mais pesados.
Ou seu karate sim, ou seu karate não. Se seu karate mais ou menos, te pego feito uva.

Offline bcabrera

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 245
  • Votos: +0/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #18 Online: Junho 10, 2011, 09:41:36 »
Na minha experiência..isso é total insegurança!! O cara tem medo de apanhar por isso bate. Ele precisa provar que ele é forte pra esconder sua propria fraquesa de espírito. Conversa, Conversa , Conversa!!! Tente no kumite ganhá-lo na técnica..."Nada como um bom ashibarai para refletir seus erros". tente anular a luta dele e mostrar o verdadeiro caminho da razão. La no CT eu sou frequentemente testado pelo fato de ser karateca...
Quando meu sensei foi amarrar a faixa preta em mim ele me disse " Tem certeza que é isso que voce quer?? Isso é uma maldição...Vc vai crescer como ser humano , mas ainda não tem ideia do peso dessa faixa"...Ele estava certo.
Nos que somos faixa pretas  somos cobrados por todos os lados... Se voce bate em alguem vc é covarde afinal vc é faixa preta, se voce apanha é um " faixa preta de $%&!!"
Constantemente sou testado por outros karatecas e atletas de outras modalidades que questionam o porquê de eu estar num dos maiores CT de Artes Marciais da Anerica Latina.

Parafraseando o amigo

" Estou aqui porque tenho condições técnicas para isso e se eu questiono alguns métodos é porque tenho condições vence-lo em combate anulando esta técnica!"


Constantemente  tenho que treinar com pessoas que notoriamente querem testar suas capacidades contra as minhas ( devo admitir que estou bem acima do peso de quando era atleta). Meu conselho, diálogo e na hora que o pau comer...técnica..sem grosseria..técnica...karate de boa qualidade..Firme, objetivo e sensato.

Grande abraço

OSS
Se eu parecer confuso ou com medo, posso estar em DEAI. A verdade nunca saberá...
Siga no Twitter: @bruno_cabrera

Offline KATASHOTOKAN

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 873
  • Votos: +0/-0
  • KARATE-DO só quem pratica sabe a força que tem
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #19 Online: Junho 10, 2011, 10:01:16 »
Na minha experiência..isso é total insegurança!! O cara tem medo de apanhar por isso bate. Ele precisa provar que ele é forte pra esconder sua propria fraquesa de espírito. Conversa, Conversa , Conversa!!! Tente no kumite ganhá-lo na técnica..."Nada como um bom ashibarai para refletir seus erros". tente anular a luta dele e mostrar o verdadeiro caminho da razão. La no CT eu sou frequentemente testado pelo fato de ser karateca...
Quando meu sensei foi amarrar a faixa preta em mim ele me disse " Tem certeza que é isso que voce quer?? Isso é uma maldição...Vc vai crescer como ser humano , mas ainda não tem ideia do peso dessa faixa"...Ele estava certo.
Nos que somos faixa pretas  somos cobrados por todos os lados... Se voce bate em alguem vc é covarde afinal vc é faixa preta, se voce apanha é um " faixa preta de $%&!!"
Constantemente sou testado por outros karatecas e atletas de outras modalidades que questionam o porquê de eu estar num dos maiores CT de Artes Marciais da Anerica Latina.

Parafraseando o amigo

" Estou aqui porque tenho condições técnicas para isso e se eu questiono alguns métodos é porque tenho condições vence-lo em combate anulando esta técnica!"


Constantemente  tenho que treinar com pessoas que notoriamente querem testar suas capacidades contra as minhas ( devo admitir que estou bem acima do peso de quando era atleta). Meu conselho, diálogo e na hora que o pau comer...técnica..sem grosseria..técnica...karate de boa qualidade..Firme, objetivo e sensato.

Grande abraço

OSS
Oss! Não posso deixar de elogiá-lo pela sensatez do comentário.
“O propósito supremo do KARATE-DO não está contido na vitória, nem na derrota de adversários, mas, no aprimoramento do caráter, da personalidade e da honra de seus praticantes."

Offline muluk

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 242
  • Votos: +0/-0
    • clube do karate
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #20 Online: Setembro 12, 2011, 16:30:08 »
Já falaram tudo, a pratica do karate acaba afastando aqueles com outras intenções, pois a medida que se cresce no Karate, cresce também a consciencia de sua força. Tenho um bom exemplo, um amigo que iniciou comigo, era um brigão onde estudávamos, vivia sempre brigando, depois que ele começou a treinar, não brigou mais e se tornou um grande professor, chegou a preta primeiro que eu e hoje ele é 3º Dan, seus filhos são campeões pan-americanos e brasileiros.  A filosofia de vida do Karate nos mostra como podemos nos aperfeiçoar. Oss
Luis Fernando dos Reis
Faixa preta 2ºDan
www.facebook.com/luisfernando.reis1

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.858
  • Votos: +14/-25
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #21 Online: Setembro 12, 2011, 21:15:14 »
Olá!
 bcabrera, a sua postagem acima é muito oportuna e forte.
É uma aula teórica sobre parte da essência do Karate.
" Técnica sem grosseria, Karate de boa qualidade"
Perfeito.
Parabéns
Oss
Pedro
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.936
  • Votos: +1/-19
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #22 Online: Setembro 13, 2011, 10:12:06 »
Excelente Postagem Bruno. Parabens.
A titulo de curiosidade, vc treinou karate com quem?
è da epoca do Ronaldão e do Ugo?

Grande abraço. Oss!!
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.666
  • Votos: +1/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #23 Online: Setembro 13, 2011, 15:57:55 »
Parabéns pela postagem Bruno, é isto aí mesmo! :)
Karate Wado Ryu

Offline bcabrera

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 245
  • Votos: +0/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #24 Online: Setembro 20, 2011, 03:38:05 »
Minha linhagem é um pouco confusa..mais vamos lá

Tanaka san -Furusho- Almir Menezes- Rogerio Gomberg- Bruno Cabrera (esse sou eu)...eu nao consegui desenhar direito  o esquema...mas é por ai..

Sempre treinei com o Rogerio( ja como professor) nós somos da AEKS ficou muito conhecida no tempo da FKIRJ do Clementino e depois na FFKI Disputei 95% da minha vida campeonatos na CBKI, mas ja lutei alguma coisa na FKS aqui do Rio e os Jogos abertos e o Universitario que sao todos pela regra CBK. Depois parti pro ringue e foi paixao a primeira vista lutei alguns anos no karate e no kick.
Mas ou menos por ai minha historia de karate que so tem 15 anos ( recente)
Se eu parecer confuso ou com medo, posso estar em DEAI. A verdade nunca saberá...
Siga no Twitter: @bruno_cabrera

FighterGojuKai

  • Visitante
Re:
« Resposta #25 Online: Setembro 20, 2011, 06:52:22 »
Oss, quando criança eu era muito brigão, praticamente todos os dias minha mãe era chamada na escola por causa de brigas, mas quando tinha 12 anos entrei para o karate, e apartir do dia em que comecei os treinos me tornei outra pessoa, faço de tudo para fugir de uma briga, vale o ditado: se voce sabe da sua capacidade e sabe que seu oponente é mais fraco do que voce por que brigar? O mesmo vale se ele for mais forte do que voce, acredito que o karate tem o poder de tranformar o ser humano e o seu carater, vide dojo kum: "conter o espirito de agressão", mas voltando para o tema pit boys de kimono, tinha um colega em uma empresa onde trabalhei que é corinthiano fanático, e ia para todos os jogos do corinthians para alem d ver o jogo, brigar depois do jogo, ele sempre me contava as brigas no dia seguinte, e ele dizia que se um dia ele fosse treinar karate comigo seria para brigar melhor e bater na torcida adversária. Eu sai daquela empresa e não tive mais contato com ele, somente pela internet, então vi recentemente no orkut dele que ele entrou para o muay thay. Não conheço os treinos e a filosofia do muay thay mas de uma coisa eu tenho certeza: ou o muay thay o transformará ou ele morrerá brigando! Outro caso que gostaria de mencionar é o de um faixa branca de 16 anos que mais parece ter 20, ele faz academia e é maior do que eu que tenho 20 anos e 1, 75 m, faz mais ou menos um ano que ele entrou no karate, lembro que nas primeiras aulas dele ele era muito violento, batia forte em todo mundo, eu sempre o alertava sobre isso, mas ou ele não dava ouvidos ou realmente não tinha controle, então comecei a lutar com ele mostrando que força todo mundo tem, o que ele tinha que aprender era tecnica, quando conseguisse parar um golpe na hora do contato, somente encostando ele dominaria seu corpo e sua tecnica, mas ele não mudava, e vendo ele machucar meus colegas de treino e principalmente os faixas brancas d idade mais avançadas que se machucam mais facil, resolvi coloca-lo no lugar dele, vou continuar em outro post...

FighterGojuKai

  • Visitante
Re:
« Resposta #26 Online: Setembro 20, 2011, 07:19:37 »
Oss, continuação do post anterior, deu o limite pelo celular....durante os kumites seguintes era um ashi barai atrás do outro, lembro de dar-lhe uns 3 mawashi geri no rosto dele mas sem machuca-lo, e varius zukis que para ele pareciam na velocidade da luz rsrs, ele ficava muito bravo e batia cada vez mais forte, e eu ali entrando vários golpes nele sem ele sentir nenhuma dor, sai do treino todo roxo pelas defesas mas tendo a certeza que entrei no psicológico dele e que aprendeu alguma coisa importante, no ultimo final de semana ele fez exame para a amarela e passou, então veio comentar comigo dando risada: lembra quando eu comecei e eu batia forte em todo mundo? Eu não tinha controle dos golpes, não esqueço dos seus mawashi na minha cara...hoje em dia ele treina direitinho, so nos campeonatos que ele ainda não consegue se controlar, mas ele var aprender, pois quando eu era amarela sofria dos mesmos males, rsrs. Tem outro caso tbm de uma mulher que entrou para o karate, ela é toda malhada de academia, deve ter uns 35 anos, e ela treinou um certo tempo com a gente, enchia muito o saco ela ficar fazendo comparações entre o karate e a capoeira...passado algum tempo ela foi reclamar para o sensei que no karate não batia forte, e ela queria porrada de verdade, e dizia que na capoeira tinha isso, e o sensei explicou para ela que aquilo era shiai kumite, que durante a semana o treino era voltado para as crianças...mas ela começou a causar tumulto entre os alunos com este tipo de comentários, então o sensei ficou muito bravo e falou para ela vir no treino de final d semana, o treino da elite mesmo, num certo sabado o sensei tramou tudo deu aula só de kumite, mas não era shia, com ela era jiu kumite, ele chegava por traz ela e falava para os adversários dele baterem forte, e foi dito e feito ela tomou várias surras, saiu do treino toda dolorida e nunca mais voltou ao karate...outros alunos do karate que tbm treinam capoeira com ela ja viram ela comentar na capoeira que o karate era muito violento e que batiamos muito forte

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.666
  • Votos: +1/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #27 Online: Setembro 20, 2011, 16:10:34 »
No dojo onde eu treino tivemos um caso semelhante, também com uma mulher. Ela treinava com as outras faixas brancas, geralmente mais novas (crianças ou adolescentes) e pegava pesado com elas. O meu sensei fez a mesma coisa, pediu para os mais graduados pegarem mais pesado com ela e a mesma nunca mais apareceu.
Karate Wado Ryu

Offline bcabrera

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 245
  • Votos: +0/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #28 Online: Setembro 22, 2011, 01:26:35 »
No dojo onde eu treino tivemos um caso semelhante, também com uma mulher. Ela treinava com as outras faixas brancas, geralmente mais novas (crianças ou adolescentes) e pegava pesado com elas. O meu sensei fez a mesma coisa, pediu para os mais graduados pegarem mais pesado com ela e a mesma nunca mais apareceu.

Mataram a mulher???rs
Se eu parecer confuso ou com medo, posso estar em DEAI. A verdade nunca saberá...
Siga no Twitter: @bruno_cabrera

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.666
  • Votos: +1/-0
Re:Pitboys de Kimono
« Resposta #29 Online: Setembro 22, 2011, 07:58:46 »
No dojo onde eu treino tivemos um caso semelhante, também com uma mulher. Ela treinava com as outras faixas brancas, geralmente mais novas (crianças ou adolescentes) e pegava pesado com elas. O meu sensei fez a mesma coisa, pediu para os mais graduados pegarem mais pesado com ela e a mesma nunca mais apareceu.

Mataram a mulher???rs

Sim, e escondemos o corpo...rsrsrsrsrs ;D ;D ;D
Karate Wado Ryu