Autor Tópico: O que fazermos por amor ao Karate?  (Lida 10804 vezes)

Offline KarateSurfe

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 74
  • Votos: +0/-0
  • Hy there By Renato
O que fazermos por amor ao Karate?
« Online: Julho 30, 2010, 16:58:59 »
OSS!!!

Quem abraça o Karate abraça um estilo de vida.

Saí do meu país tem quase 10 anos e hoje ainda tenho o mesmo amor pelas coisas que escolhi para fazer em minha vida.

No assunto coloquei “o que fazermos por amor ao Karate?” no tópico Filosofia, porque acho que quem está praticando Karate a mais de um ano, é por que faz muito mais do que para ter um passatempo ou uma atividade física.

Aqui na Florida, sou construtor e tenho sociedade em uma pizzaria. Só eu sei o que tenho que fazer para curtir, e principalmente, cultivar minha filosofia de vida.

Quase todos os dias, (menos nos dias de furacão e ressaca ou, quando netuno não acorda e não entra nenhum swell...) acordo as 5:00 AM, pego minha prancha e vou fazer meu surfe. As vezes num frio “da $%&!” mas não tem tempo feio que me tira o prazer de estar no mar.


Essa foto ainda é de um belo dia de verão, imaginem esse horário no inverno com 49°F!


Ainda podemos se deparar com um desses... (isso não é montagem!)

Todo o santo dia aparece um problema novo. Fornecedor, cliente, mulher, filhos, família que está longe, grana!!! Se me ligar nisso não vou para a academia. 3 vezes por semana, as 7:00 PM desligo celular e vou curtir meu karate. A cada Kihon e como se desse uma remada no mar...

As veses, inceitivei um pratica que aprendi em Santos – São Paulo (minha terra), marcar trinos a beira mar. Para quem nunca fez, recomendo!




E vocês? O que fazem por amor ao Karate?

OSS.
Oss, Renato Surfe and Karate

Offline Shaolin do Norte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 606
  • Votos: +0/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #1 Online: Agosto 02, 2010, 15:36:41 »
Oss,

Meu camarada Renatão.

Legal sua história (e a foto do tutubarão na onda...)

Sabes que moro em Santos e trabalho a 80Km da minha casa em São Paulo, 2 a 3x na semana, antes de desce, paro ou as 18 ou as 19 Hs lá na Mishinkan para meu treininho. Isso, para quem faz com amor, como uma filosofia de vida, faz com "tesão" e fica puto quando quebra essa rotina saudável por força maior.

Acho que como você comentou, depois um certo tempo, isso que chamaremos de "filosofia" acaba nos tomando como por osmose, e o "NIJU-KUN" nos soa com tamanha naturalidade que nem precisamos citá-los.

Oss.
      Gustavo

Offline Vinteedois

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.425
  • Votos: +0/-0
  • I don't see dead people!
    • Música e Arte - Blog
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #2 Online: Agosto 02, 2010, 16:06:02 »
A foto do tubarão é realmente de arrepiar!!!

___//___

Quanto a "o que eu faço pelo karate"...

bem.. aqui onde eu moro, eu sou* o karate... então, só o fato d'eu existir, já é alguma coisa.. não é nada, não é nada, mas já é alguma coisa...


*antes de mim, lógico que vem o meu professor, mas depois dele.. bem... e a forma como nós tratamos o karate, mesmo sendo da linhagem esportiva, valorizamos e enfatizamos muito o budô... e isso é muito mérito mesmo do meu professor.. que mesmo com o professor dele cagando pra $%&! toda, se manteve firme aos ensinamentos de Funakoshi... lá no professor do meu professor nem cumprimento tem mais, eu acho, pelo menos das vezes qeu eu fui não teve...tá igual jiu-jitsu.. é só chegar, colocar o kimono e tampar na porrada... é só treino de competição... o cara enveredou completamente pela área esportiva...

E por isso, nós aqui estamos cada vez mais em "desuso"...
quase ninguém quer saber da gente... e nossa "academia" cada vez mais vazia... mas agente se mantém lá.. firme e forte, sem dar o braço a torcer e não ganhando $%&! nenhuma pra continuar mantendo o karate em nosso bairro... e pelo contrário, só tendo prejuízo e dor de cabeça... gastando dinheiro (pois nem sempre os alunos pagam a mensalidade e por vezes é preciso tirar dinheiro do nosso próprio bolso pra bancar o aluguel da quadra) sem falar que investimos também o nosso próprio tempo... enfim...

é como eu digo, só o fato de "estarmos na área" já é um sinal de dedicação e perseverança... e porque não dizer "amor a arte"...

Oss
DENUNCIE A PEDOFILIA! (disque "100")
www.musicaart.wordpress.com

("às vezes é melhor ficar calado e deixar que pensem que você é um idiota, que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida" - autor desconhecido)

Offline DElia

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 535
  • Votos: +0/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #3 Online: Agosto 02, 2010, 16:44:33 »
OSS!!!

Quem abraça o Karate abraça um estilo de vida.

Todo o santo dia aparece um problema novo. Fornecedor, cliente, mulher, filhos, família que está longe, grana!!! Se me ligar nisso não vou para a academia. 3 vezes por semana, as 7:00 PM desligo celular e vou curtir meu karate. A cada Kihon e como se desse uma remada no mar...

OSS.


Meu respeito por vc!
Oss
Ricardo

Offline DElia

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 535
  • Votos: +0/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #4 Online: Agosto 02, 2010, 16:48:01 »

... aqui onde eu moro, eu sou* o karate... então, só o fato d'eu existir, já é alguma coisa.. não é nada, não é nada, mas já é alguma coisa...

... por vezes é preciso tirar dinheiro do nosso próprio bolso pra bancar o aluguel da quadra ...

Oss

Minha admiração por este exemplo de dedicação!
Oss
Ricardo

Offline GUTZ

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 8
  • Votos: +0/-0
  • Respeito acima de tudo!
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #5 Online: Agosto 02, 2010, 17:22:09 »
      Em um determinado momento de nossas vidas, aquilo que amamos deixar de ser algo externo e se unifica em nosso espírito.

      Foram incontáveis as vezes que ao fim do treinamento, enfraquecido, exausto, pensei em nunca mais voltar ao Dojo. Incontáveis foram as vezes que fui corrigido pelo mesmo erro, mas não conseguia mudar.
Aos 12 anos de idade minha mãe resolveu seguir sua vida, mudar de cidade e começar tudo do zero.

      O Karatê foi minha motivação para continuar na cidade que resido, e permanecer sob os cuidados de meu pai.
      Meu Sensei (Mário Martins) foi sem dúvida fundamental na formação do meu caráter, e posso dizer que respiro Karatê durante 24 horas por dia. Aprendi que sou Faixa Preta também na faculdade, no trabalho, no relacionamento, e compreendi a responsabilidade que existe por trás de tudo isso.
      O respeito, a educação, a perseverança, a espiritualidade são ferramentas essências na vida de todos nós, e como Graduados devemos dar exemplo as pessoas.

      Aprendi que Karatê se pratica em todos os lugares, em todas as circunstâncias. Esse amor incondicional ao Karatê me mostrou que não devo apenas tentar me tornar cada dia melhor, mas devo sim, tornar o mundo melhor a cada dia.

Oss

Offline Shaolin do Norte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 606
  • Votos: +0/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #6 Online: Agosto 02, 2010, 17:40:55 »
Oss,
Esse tópico parece que tem um sentido muito além do que imaginávamos.

Espero que sirva mesmo de inspiração a visitantes que não conhecem o Karate. São os belos exemplos como os postados até agora que certamente, estarão levando mais pessoas a abraçar o Karate.

Renato, 22 e Gutz. Parabéns pelas belas histórias!

Oss

PS: "A cada Kihon e como se desse uma remada no mar... " Caraca como isso ficou bonito! Não conhecia essa sua "vertente poética"!
      Gustavo

Offline Shaolin do Norte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 606
  • Votos: +0/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #7 Online: Agosto 03, 2010, 13:59:47 »
Oss,

Quero aproveiatar esse tópico para contar um FEITO que mostra o quanto podemos ter o Karate penetrado em nosso espírito como uma difusão.

Um certo Sr, praticante da nobre arte japonesa a quase meio século, em um treino de Kumite começa a sentir-se estranho e em seguida começa a enfartar! Socorrido as pressas pelos colegas da academia, foi levado ao Instituto Dante Pazanezzi. Lá, operado e depois de colocar um stent no coração e ficar um mês em recuperação e retorna ao Dojo e aos treinos. Semanas depois, novamente no meio de um treino, esse senhor começa a urinar sangue e mais uma vez, sai socorrido pelos colegas karatecas que o levam para o hospital. Porém, desta vez o diagnóstico era CÂNCER na bixiga. É submetido a mais uma cirurgia e depois depois de uma semana, assim que recebe alta, retorna ao Dojo e aos treinos de Karate do qual continua semanalmente, nos ensinando um pouco de seu conhecimento.

Estou falando desse senhor, com a faixa branca à direita:



Pedro Sensei, Obrigado pelo exemplo e pelos ensinamentos!

Oss.
      Gustavo

Offline KATASHOTOKAN

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 873
  • Votos: +0/-0
  • KARATE-DO só quem pratica sabe a força que tem
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #8 Online: Agosto 03, 2010, 14:29:32 »
Oss!

BRAVO!
“O propósito supremo do KARATE-DO não está contido na vitória, nem na derrota de adversários, mas, no aprimoramento do caráter, da personalidade e da honra de seus praticantes."

Offline yama

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 4.615
  • Votos: +11/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #9 Online: Agosto 03, 2010, 14:37:05 »
Oss

e eu tenho uma paixão de filho por ele  :)

                                                            Oss Pedro Sensei


Oss
alberto
yama-Alberto S. Almeida

Offline Vinteedois

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.425
  • Votos: +0/-0
  • I don't see dead people!
    • Música e Arte - Blog
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #10 Online: Agosto 03, 2010, 17:21:07 »
e eu tenho uma paixão de filho por ele  :)

Se a pesssoa passar o olho lendo rápido, entende nessa frase o seguinte:

eu tenho uma paixão pelo filho dele


Aff.. que susto... ah bem.... aí li de novo e entendi o certo...

:D
DENUNCIE A PEDOFILIA! (disque "100")
www.musicaart.wordpress.com

("às vezes é melhor ficar calado e deixar que pensem que você é um idiota, que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida" - autor desconhecido)

Offline DElia

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 535
  • Votos: +0/-0
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #11 Online: Agosto 04, 2010, 02:17:18 »
Conheci Karatecas "que fazem muitas coisas por amor ao Karatê", mas nunca encontrei um cara que ama o Karatê como o Pedro.
Oss
Ricardo

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.935
  • Votos: +1/-19
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #12 Online: Agosto 04, 2010, 11:01:28 »
O que é aquilo no tornozelo esquerdo dele?
]Uma lagartixa??
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.859
  • Votos: +14/-25
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #13 Online: Agosto 04, 2010, 11:54:44 »
Olá!
Ter amor pelo que se faz não é uma atitude única de quem faz pelo que se faz,
é uma via de mão dupla onde se dá e recebe como recompensa o mesmo peso doado.
Para mim, o Karate mostrou-me um caminho, dando-me mais equilibrio, saúde, humildade para aprender e continuar aprendendo (Manen Sho Ho) e, principalmente, harmonia e compaixão.
Mas o mais precioso retorno, foram os Amigos que fiz durante a minha jornada.
Por isso é que eu amarro meu OBI no coração.
Eu ainda acredito que algum dia todos entendam o que é o Karate no seu mais intrínseco conceito.
Grato aos Amigos
Oss
Pedro
 
   
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

A. HIGINO

  • Visitante
Re:O que fazermos por amor ao Karate?
« Resposta #14 Online: Agosto 05, 2010, 00:09:54 »
"O homem que não descobriu um motivo para morrer não serve para viver."  (Bushi-Dô)

Parabens pelo seu exemplo de determinação e amor ao Karatê-Dô "Pedro Sensei" !


OSS...