Autor Tópico: Bom artigo... (em inglês)  (Lida 2287 vezes)

Offline bushi

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 84
  • Votos: +0/-0
    • http://

Offline ToraNoMaki

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 434
  • Votos: +2/-0
    • http://www.kenshinkan.com.br
...
« Resposta #1 Online: Julho 06, 2006, 16:38:43 »
Oss bushi.

Em uma resposta postada por Hapli, falando sobre lutar no chão, ele comentou o seguinte: "Quem acha que o Karate não prepara para luta no chão não está treinando direito, ou não está prestando atenção!" (acho que foram essas as palavras).

Concordo com as palavras do Sensei, bem como com o artigo citado. O Karatê têm inúmeras técnicas que permitem lutar em qualquer posição, contra qualquer tipo de ataque. Os katas, quando são usados corretamente, funcionam como uma enciclopédia de golpes. Sabendo tirar proveito e conhecendo as aplicações de cada um (bunkai), o karateka experiente tem em suas mãos, pés, braços, pernas, dedos, cabeça, etc. o conjunto completo de instrumentos que, combinados às técnicas, serão eficientes em qualquer situação.

O que acontece, na maioria das vezes, é que o aluno não abre sua mente para estudar efetivamente o kata, detendo-se às aplicações mais conhecidas e treinadas frequentemente na maioria dos Dojos.

Não estou dizendo que o aluno não deve aprende no Dojo, mas que deve estender esse estudo à sua casa, trabalho, praia, metrô, ônibus, etc. Enquanto buscar nos Katas as diferentes aplicações das técnicas, este estará preparando-se completamente.

Outra coisa importante, quando fazemos jiyu kumite, cair no chão não significa fim de luta. Por diversar vezes em que estive lutando fui derrubado ou derrubei o meu adversário. Neste caso a luta segue normalmente (é claro que respeitando-se o limite da não violência/agressão), e cabe aos praticantes saber atacar ou livrar-se do ataque da melhor maneira possível.

O Artigo é muito interessante, pois reforça a idéia de que, se treinarmos karate em sua plenitude, prestando a devida atenção nas entrelinhas da arte, jamais sentiremos estar despreparados ou vulneráveis a qualquer ataque, seja de um artista marcial ou não.

Sem mais delongas,

OSS!
Otávio.

Offline bushi

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 84
  • Votos: +0/-0
    • http://
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #2 Online: Julho 06, 2006, 17:21:52 »
OSS!  Otávio,

Me pergunto porém, se essa é uma falta de capacidade do praticante em perceber esses recursos, ou seria os professores os responsáveis, por não estarem capacitados para ensina-los?

Offline ToraNoMaki

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 434
  • Votos: +2/-0
    • http://www.kenshinkan.com.br
...
« Resposta #3 Online: Julho 06, 2006, 17:49:05 »
Oss bushi. Acho que a sua pergunta procede.

É sabido e notório que há uma grande parcela de professores que ainda não estão preparados. E é bem verdade que uma boa parte desses, além de despreparados, são arrogantes demais para perceber isso. Mas em contrapartida há uma elite dos Senseis, que também não são poucos e posso dizer que conheço alguns muito bons.

Vou te dar um exemplo: em nosso Dojo, costumamos treinar diferentes aplicações para as técnicas, sendo que eu posso garantir que se 10% dos alunos, e eu falo dos graduados, assimilou, foi muito.

Essa postura se dá também em outros campos da vida cotidiana, por exemplo: Quantos colegas de faculdade ou curso você conhece que só estudam de véspera? Ou copiam trabalhos feitos por outros só para passar de ano? Ou estão sempre levando a vida na "maciota" e pensando que estão se dando bem? Vários, não é? O problema está na falta de dedicação e comprometimento.

Pois é, este é o perfil de muitos praticantes. Quando estão dentro do Dojo são karatekas, quando saem não o são. Por que? É culpa do Sensei?

Não. O sensei mostra o caminho, segue quem quer, quem gosta e quem entende. Agora, quando o caminho não está sendo mostrado, aí a coisa pega...

Por isso, antes de pensar na deficiência, deve-se pensar no motivo. Às vezes não vemos uma coisa simplesmente por não querermos enxergar. Sei que ainda tenho muito, mas muito mesmo, a aprender no karate, mas não deixo para aprendê-lo somente no Dojo. Geralmente eu levo o Dojo comigo aonde eu estou.

E ao postar nesse Fórum sua mensagem com o Link para o artigo você está fazendo exatamente isso, trazendo o Dojo até nós.

Oss.

Offline RENGO-KAI

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 387
  • Votos: +0/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #4 Online: Julho 06, 2006, 18:59:51 »
" Em luta o karate não tem limites "
Se estudarmos profundamente, veremos:

1- Atemi-Waza ( tecnicas de batidas nos pontos vitais )tsuki, geri...

2- Uke Waza ( tecnicas de bloqueios, defesas )

3- Nage Waza ( tecnicas de projeções e rasteiras )

4- Katame Waza ( tecnicas de controle, chaves, estrangulamentos )

5- Ne Waza ( tecnicas de solo ) absolutamente 90% dos tsukis, geri, katame waza, podem ser utilizadas no solo..

Todo treinamento,leva o praticante sério a copiar, questionar, e pesquisar buscando um aperfeiçoamento constante.

Acontece que a maioria dos professores são despreparados.

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #5 Online: Julho 07, 2006, 09:22:40 »
RENGO-KAI,

Não concordo quando vc diz "Acontece que a maioria dos professores são despreparados.".

Oss,

Ari - Santos/SP

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #6 Online: Julho 07, 2006, 10:09:19 »
esquenta não Ari sendo assim vc esta com a minoria.

OSS

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #7 Online: Julho 07, 2006, 10:55:54 »
Não é o caso de "despreparado" mas sim de opção. O professor que opta por trabalhar apenas o Shiai não vai se precupa com o :

1- Atemi-Waza ( tecnicas de batidas nos pontos vitais )tsuki, geri...

2- Uke Waza ( tecnicas de bloqueios, defesas )

3- Nage Waza ( tecnicas de projeções e rasteiras )

4- Katame Waza ( tecnicas de controle, chaves, estrangulamentos )

5- Ne Waza ( tecnicas de solo ) absolutamente 90% dos tsukis, geri, katame waza, podem ser utilizadas no solo..

Já quem se preocupa e trabalha com o Karate-jutsu.....seu desenvolvimento é bem maior.

Oss,

Ari - Santos/SP

Offline RENGO-KAI

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 387
  • Votos: +0/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #8 Online: Julho 07, 2006, 11:31:42 »
Arivaldo

 O Karate-jutsu não tem limites, mas...

1- Quantos professores ensinam o Curriculo completo da arte, no máximo Atemi Waza, Uke Waza.

2- A grande maioria dos Dojos, não treinam Nage Waza, pelo menos as 9 quedas Básicas

3- A grande maioria não treina aplicação dos Atemi-Waza  no solo. Ex: Tori em pé Uke no solo, ou  vice-versa.

4- Todos os programas de Faixas, que vi até hoje, pede no exame de faixa: Atemi Waza, Uke Waza, Yakosuku Kumite, shiai ou Jyu. Cadê as tecnicas de controle ( Katame Waza ), Nage Waza ( quedas ), Ne Waza ( solo ) ? O professores muitas vezes conhecem só meia duzia, e não ensinam...

Offline RENGO-KAI

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 387
  • Votos: +0/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #9 Online: Julho 07, 2006, 11:35:15 »
Enfim se todos os " Sensei" entendessem que o Karate como luta, não tem limites, ensinariam um curriculm mais completo.

E como fonte de pesquisa, estudariam outras artes, para melhorar á sua deficiencia didática. Ou seja tem que ser humilde... para sempre aprender .

Offline RENGO-KAI

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 387
  • Votos: +0/-0
Bom artigo... (em inglês)
« Resposta #10 Online: Julho 07, 2006, 11:37:31 »
O nosso Karate Brasileiro, é um reflexo do nosso povo:

1- A grande maioria não gostam de lê.

2- A grande maioria é acomodada.

3- A grande maioria não tem 3° Grau, o estudo é minimo.

Offline rsantos

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 57
  • Votos: +0/-0
gostei
« Resposta #11 Online: Julho 07, 2006, 13:25:52 »
oss! senhores gostei muito do que li neste topico :D . mais maravilhoso foi ver a vizão dos senhores. em relação as aplicações (bunkai) realmente karate é uma questão de angulo imaginem só um ura zuki ! vc de frente para  o adversario , e vc no angulo de 45 º em relação  ao mesmo adversario, e vc na lateral do mesmo. observem o mesmo golpe  o primeiro é um zuki o segundo é uma defeza e a treceira aplicação é uma torção  de cutuvelo e não deixou de ser o mesmo movimento só mudou a sua pozição em relação ao adversario. concluo para mim que o nosso carate é o KARATE-DO. sendo que cada um segue o caminho que desejar e que foi lhe oferecido . realmente temos professores e PROFESSORES. na nossa  academia  treinamos competição e budo . não sei se é no topico nague waza que coloquei mais algumas aplicações que treinamos que axo legal. se quiserem dar uma olhadinha eu agradeço. abraço a todos.

Offline rsantos

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 57
  • Votos: +0/-0
Re: gostei
« Resposta #12 Online: Julho 07, 2006, 13:51:58 »
Citação de: "rsantos"
oss! senhores gostei muito do que li neste topico :D . mais maravilhoso foi ver a vizão dos senhores. em relação as aplicações (bunkai) realmente karate é uma questão de angulo imaginem só um ura zuki ! vc de frente para  o adversario , e vc no angulo de 45 º em relação  ao mesmo adversario, e vc na lateral do mesmo. observem o mesmo golpe  o primeiro é um zuki o segundo é uma defeza e a treceira aplicação é uma torção  de cutuvelo e não deixou de ser o mesmo movimento só mudou a sua pozição em relação ao adversario. concluo para mim que o nosso carate é o KARATE-DO. sendo que cada um segue o caminho que desejar e que foi lhe oferecido . realmente temos professores e PROFESSORES. na nossa  academia  treinamos competição e budo . não sei se é no topico nague waza que coloquei mais algumas aplicações que treinamos que axo legal. se quiserem dar uma olhadinha eu agradeço. abraço a todos.
 . DESCULPE O TOPICO É  DEFENDR-SE NO CHÃO (KUMITE) E NÃO  NAGUE WAZA