Autor Tópico: Classificação dos árbitros.  (Lida 3004 vezes)

Offline marcus battusai

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 14
  • Votos: +0/-0
Classificação dos árbitros.
« Online: Agosto 19, 2007, 14:33:38 »
Pessoal,

Como se dá classificação da arbitragem na JKA-Br? Ou melhor, na prátiva, como o que significa e quais os critérios que distinguem um árbitro classe A, B, C, D?

Fui ao site JKA-Br e lá tem a classificação dos senseis que podem arbitrar junto com suas respectivas notas. Mas não tem nada que explique como se dá a distinção entre alguém que é A e alguém que é C. O que um pode e o que outro não pode fazer? O que um tem de mais capacidade do que outro?

Não estou falando de política. Que saber os critérios técnicos.

Lezon

  • Visitante
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #1 Online: Agosto 19, 2007, 19:22:19 »
Bom, sinceramente que não faço a mínima ideia de como são  feitas as classificações dos árbitros e suas categorias, na JKA-BR.

No que diz respeito à carreira de arbitragem  relacionada com as regras da  WKF,  como membro do conselho de arbitragem que fui de 1988 a 2006 da FNK-P, cargo que deixei por vir residir para o Brasil,  posso esclarecer como é feita a ascensão na carreira de arbitragem em Portugal.

Primeiro começo por informar que a ascensão na carreira está subordinada às directrizes determinadas por  um regulamento de arbitragem que é aprovado em assembleia geral da Federação.

Assim, informo:

1 - A carreira de arbitragem tem três tipos de categorias:

a)   – Juízes e Árbitros de Kumite;
b)   – Juízes de Kata;
c)   – Oficiais de Mesa

2 - Os Juízes e Árbitros de Kumite, são classificados de acordo  com as seguintes  categorias atribuídas por aprovação em curso próprio ou em curso integrado;

a) -  Árbitro Nacional de Kumite;
b) -  Árbitro Regional de Kumite;
c)  -  Juiz Nacional de Kumite;
d) -  Juiz Regional de Kumite

3 - Os Juízes de Kata são classificados de acordo com as seguintes categorias atribuídas por aprovação em  curso próprio ou em curso integrado;

a) – Juiz Nacional de Kata;
b) – Juiz Regional de Kata

4 - Oficial de Mesa é uma categoria  atribuída por aprovação em curso próprio

5 – A nível Internacional a carreira de arbitragem é estabelecida pela EKU para a Arbitragem Europeia e pela FMK para a Arbitragem Mundial.

Posto isto, a progressão na carreira é processada e alicerçada em avaliações constantes durante cada época desportiva, com critérios de avaliação que compreendem uma escala de pontuação que vai de 1 a 10 pontos, descriminados da seguinte forma:
1 - Mau - 1 e 3
2 - Insuficiente - 3 e 4 
3 – Suficiente – 5 e 6
4 – Bom 7 e 8
5 – Muito Bom 9 e 10

Além disso, existem ainda os Cursos e Acções de Formação, que obedecem ao curriculum estabelecido pelo Conselho de Arbitragem e pelo Departamento de Formação da Federação. O Conselho de Arbitragem propõe cursos e  acções de formação de arbitragem para os diversos níveis.

O Conselho de Arbitragem promove anualmente duas acções de arbitragem gratuitas, destinadas a todos os Técnicos de arbitragem, em que a presença é obrigatória num deles. A frequência e o aproveitamento nas acções de reciclagem é condição essencial, para os Técnicos de arbitragem que tenham obtido notação negativa no final do ano anterior, ou que não tenham tido as presenças necessárias previstas no Regulamento, de contrário não poderão ser convocados para essa época.

Os Técnicos de Arbitragem que obtenham uma classificação negativa na acção de reciclagem obrigatória de início de época, terão que frequentar novamente o curso de arbitragem para a sua categoria. Após a sua aprovação serão então convocados para os trabalhos de arbitragem.

Esta é, fundamentalmente, a forma pela qual os Técnicos de Arbitragem são avaliados em Portugal. Penso ter esclarecido o suficiente sobre a questão. Se alguém tiver alguma dúvida pode estar à vontade para perguntar.

Hai!! Oss!!

 

Offline marcus battusai

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 14
  • Votos: +0/-0
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #2 Online: Agosto 20, 2007, 22:47:58 »
obrigado Lezon. Imagino que deva ser semelhante na JKA-br. Quanto maior a qualidade do sensei, melhor classificação ele tem.
Devo deduzir que os árbitos [A] da JKA bR estão qualificados para arbitrar internacionalmente, ao menos nas américas. E os árbitros qualificados de [C] arbitram torneios estaduais.

Vale mais uma pergunta. A qualificação dos árbitros na Federação lusitana, ainda que implicitamente, tem correlação com os respectivos dans dos candidatos?

oss

Offline Marcio Santos

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 259
  • Votos: +0/-3
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #3 Online: Agosto 20, 2007, 23:14:54 »
Só tenho uma dúvida! É óbvio que é obrigatório o árbitro ter sido lutador, né?? Ou qualquer um pode ser árbitro, desde que faça os curso e decore as apostilas??

Offline marcus battusai

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 14
  • Votos: +0/-0
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #4 Online: Agosto 20, 2007, 23:33:06 »
Tá cheio de árbitro por aí que nunca ganhou nem par ou impar.

Na minha opinião há três formas de saber se o cara foi ou é um grande karateca.

1) Ele é ou foi um animal no Kumite, dentro ou fora da academia. Conhecido por ser um grande destruidor. Daqueles que o resto do pessoal tem medo de ficar na frente. Como dizem que era o Ronaldo Carlos, kobukan-rj. Que, dizem, detonava quem ficava em pé na sua frente. Dentro ou fora da academia

2) A outra forma é o cara ser um grande campeão. Ganhou 4 vezes o brasileiro, ganhou sulamericano, batia em japonês.

3) O cara formou um dos dois tipos de karatecas.

Fora isso, é só blá-blá-blá. Mas para ser árbitro,d e qualquer confederação, parace que blá-blá-blá serve.

Offline Antonio Pêcego

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 560
  • Votos: +6/-3
  • 1985 no RJ, soltando a perna em exame para shodan
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #5 Online: Agosto 21, 2007, 00:28:08 »
Prezados,

Não sou Árbitro, mas pelo que já vivenciei e vivencio, posso afirmar que para ser, aqui no Brasil, tem que ser graduado, e quanto maior a graduação na preta melhor chance tem de alcançar uma classificação de nível superior, dependendo de aproveitamento em cursos especializados à nível nacional e internacional.

Assim, o que está em jogo é conhecimento das regras, firmeza, capacidade de decisão imediata, bom senso e postura, não tendo nada haver com a necessidade de ser ou ter sido um "fodão", ou ainda ter formado "fodões" em kumite etc.

O Nelson Sandenberg que integrou a equipe do Pan (bronze) e foi prata em outros dois Panamericanos, fez o caminho inverso, começou como Árbitro e depois resolveu virar atleta, aliás, todo bom atleta deve ter conhecimento obrigatório das regras de arbitragem.

Oss !!!
Momo
"Conhecer os outros é sabedoria, conhecer a si próprio é Iluminação." Lao-Tzu

Lezon

  • Visitante
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #6 Online: Agosto 21, 2007, 12:37:36 »
Amigos Marcio e Marcus,

Penso que para responder aos dois, é melhor eu descrever todos os Requisitos necessários para entrar na carreira de arbitragem. Óbviamente que vou falar o que é exigido pelos Regulamentos de Arbitragem e que estão hoje em vigor na FNK-P-Federação Nacional Karate Portgal.

Vou fazê-lo por crescente na carreira. Então lá vai:

1 - São requisitos para o Curso Oficial de Mesa estar inscrito na FNK-P e ter mais
     de  18 anos;
2 – São requisitos para o Curso Juiz Regional de Kumite, ter a classificação Oficial 
     de  Mesa, na Lista Oficial de Técnicos  de Arbitragem em vigor, ter mais de 20
     anos  e ter a graduação em Karate homologada pela FNK-P;
3 – São requisitos para o Curso Juiz Nacional deKumite, ter a classificação de Juiz
     Regional de Kumite há uma época  na completa Lista Oficial de Técnicos de
     Arbitragem, e ter a graduação em Karate homologada pela FNK-P, e ter duas
     Unidades de crédito;
4 – São requisitos para o Curso de Arbitro Regional de Kumite, ter a classificação de
     Juiz Regional de Kumite há duas épocas consecutivas na Lista Oficial dos
     Técnicos de Arbitragem e ter a graduação em Karate homologada pela FNK-P ter
     duas unidades de crédito;
5 – São requisitos para o Curso de Arbitro Nacional de Kumite,ter a classificação de
     Arbitro Regional de Kumite há duas épocas consecutivas na Lista Oficial dos
     Técnicos de Arbitragem e ter a graduação em Karate homologada pela FNK-P e
     ter duas unidades de crédito;
6 - São requisitos para o Curso de Juiz Regional de Kata,ter classificação de Oficial
     de Mesa ou uma classificação de Técnico de Arbitragem de Kumite na Lista Oficial
     de Técnicos de Arbitragem em vigor, ser 2º.Dan e ter a graduação homologada
      pela  FNK-P;
7 – São requisitos para o Curso de Juiz Nacional de Kata ter a classificação de Juiz
     Regional de Kata há três épocas consecutivas na Lista Oficial de Técnicos de
     Arbitragem, e ter a graduação homologada pela FK-P e ter duas unidades
     de Crédito;
8 – São requisitos para os Cursos de Arbitragam da EKF e da FMK, além dos
     requisitos Próprios destas Instituições, ser Árbitro de Karate, ter 30 anos, ser
     3º.Dan, ter a Graduação em Karate homologada pela FN-P e estar na
     Lista Oficial de Técnicos de Arbitragem.

Amigos Márcio, Marcus e A.Pêcego, estes são os requisitos necessários para poder entrar na carreira de arbitragem e, consequentemente, à progressão na carreira. Como podem verificar, não é necessário ser e /ou ter sido competidor para esse efeito. Também a graduação elevada não é sinónimo de melhor árbitro, como é evidente.

Estes são realmente os requisitos que com uma ou outra ligeira diferença são seguidos pelas restantes federações europeias.

A creditação dos Técnicos de Arbitragem é feita mediante a frequência de  Cursos promovidos pela FNK-P através do seu Departamento de Formação, sendo a Lista Oficial de Técnicos de Arbitragem divulgada no início de cada época desportiva.

Para efeitos de creditação, esclareço que um crédito equivale a três horas de formação, não acumuláveis para a época seguinte.

E pronto meus amigos, penso que ficaram inteirados de como funciona a carreira da Arbitragem em Portugal, ligada à EKF e FMK.

Se tiverem mais dúvidas é só perguntar.

Abraços

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.936
  • Votos: +1/-19
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #7 Online: Agosto 21, 2007, 13:59:16 »
Caros amigos,

 Aqui no Brasil para conseguir carteirinha de arbitro basta ter DINHEIRO.
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Lezon

  • Visitante
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #8 Online: Agosto 21, 2007, 15:22:45 »
Amigo Katsumoto!

Essa é forte!!! Será que é mesmo assim como diz? Sinceramente, eu não quero crer nisso.
Agora falando mesmo muito a sério, não há regulamentos e critérios para os árbitros?
Quero ser devidamente informado, pois se não houver tais critérios e seriedade em todo o processo, perfiro não me enquadrar na confederação, seja ela qual for...
Abraços 

Offline Antonio Pêcego

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 560
  • Votos: +6/-3
  • 1985 no RJ, soltando a perna em exame para shodan
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #9 Online: Agosto 21, 2007, 20:34:59 »
Caro José Lezon,

Como já disse, atualmente treino rotineiramente com o Sensei João Pereira que é 4º Dan de Shotokan, e atuante Árbitro de kata e kumite da Federação Mineira de Karatê, da Confederação Brasileira de Karatê, com credenciamento Sulamericano e Intercontinental, embora o meu Mestre continue sendo o Kyoshi Nelson Benedito - Mão de Ferro, com quem anualmente ainda nos encontramos com o grupo em face da grande distância que hoje nos separa.

Fique de levar a sua msg sobre o procedimento em Portugal, no que ficou curioso, e vou indagá-lo sobre como se dá aqui no Brasil para transmitir ao amigo, obviamente perante as entidades acima citadas.

Hai !!! Oss !!!
Momo
"Conhecer os outros é sabedoria, conhecer a si próprio é Iluminação." Lao-Tzu

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.936
  • Votos: +1/-19
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #10 Online: Agosto 21, 2007, 21:02:47 »
Caro Sr. Lezon,

 Que tal ser arbitrado por um NIKYU(Faixa marrom)?
 Pois e exatamente isso que acontece aqui no Pais Privada.
 Qualquer um que tem medo de lutar, para manter STATUS dentro do Karate paga um Cursinho vagabundo numa das Federacoes disponiveis, e vai arbitrar o BRASILEIRO deles.
 Acabei de ver na TV im pai que abusava da filha   e pasava as fotos no orkut para membros da comunidade PEDOFILIA.
Retrato do pais de merde em que vivemos.........
Da nojo.
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

thoryu

  • Visitante
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #11 Online: Agosto 21, 2007, 21:32:39 »
A questão do tópico se referia à JKA do Brasil. Conforme a lista de árbitros da JKA do Brasil, na qual, aliás o Roberto Santanna e o  Alfredo F. Aires de Lós S. (que não conheço) são os únicos árbitros apontados com credencial internacional - marcados com cor vermelha na lista.
Como se inclue na lista, não creio que o Katsumoto estivesse se referindo à JKA do Brasil, quando escreve;

"Aqui no Brasil para conseguir carteirinha de arbitro basta ter DINHEIRO"

http://www.nkkbrasil.com.br/arbitros.htm

Lista esta que inclue outros notáveis do Karate do Brasil, como Carlos Rocha, Ugo Arrigone, Vladimir Zanca, Yasuyuki Sasaki, Yochizo Machida.

P.S. A Lista é do ano de 2005.

Oss.


Offline marcus battusai

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 14
  • Votos: +0/-0
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #12 Online: Agosto 21, 2007, 21:49:34 »
Então somente quem está marcado de vermelho está habilitado para árbitrar internacionalmente. Então, neste caso, Machida sensei, só para citar um exemplo,  não estaria?

Lezon

  • Visitante
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #13 Online: Agosto 21, 2007, 22:01:19 »
Caro Thoryu,

Não sei como funcionam as coisas no Brasil, mas por exemplo em Portugal, a JKA também tem o seu representante e os seus árbitros. No entanto, as categorias de árbitros que eles possuem na JKA, a maior parte não corresponde à que têm na Federação Nacional.

O processo evolutivo da carreira é diferente na praticada na Federação Nacional, pelo que a sua evolução nesta, obedece a que tenham de frequentar os Cursos de Formação e as Acções de Reciclagem levadas a cabo pela Federação.

Abraços


thoryu

  • Visitante
Re: Classificação dos árbitros.
« Resposta #14 Online: Agosto 21, 2007, 22:12:41 »
marcus battusai

Eu também achei meio estranho, somente os dois terem credenciais internacionais.
No entanto, é o que a programação visual da página da web da Nkk-JKA Brasil indica. No Título está escrito Nacional/Internacional e na lista apenas o Katsumoto Roberto Sant'anna o Sr. Alfredo F. Aires de Lós S. em  letras vermelhas.

Oss