Autor Tópico: Desabafo de um Karateca  (Lida 2908 vezes)

Offline Pará

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 41
  • Votos: +0/-0
Desabafo de um Karateca
« Online: Julho 17, 2009, 09:55:53 »
                                                OSS
Caros colegas praticantes desta nobre arte, iniciei meus treinos de karate em 1989 e, em 1995 fiz exame para shodan em Belém pela CBK,em 2002 para nidan também pela CBK, hoje resido em Redenção,interior do Pará e não estou vinculado a federação nenhuma, e nem tenho vontade de me federar. Neste periodo disputei várias competições, perdi mais do que ganhei,mas isto não vem ao caso haja visto que não me desperta o minimo interesse tais eventos onde os atletas, sofrem,ralam, pagam inscrições carissimas,são prejudicados as vezes por uma abitragem tendenciosa, tudo isto por uma medalhinha. O que vejo hoje, são os dojos de karate, cada vez mais vazios, com pouquissimos alunos; professores em sua maioria despreparados para a função, e com um grande numero de dans em sua graduação; dirigentes de federação preocupados apenas em arrecadar; eventos de karate com ginásio vazio,sem público nenhum. Pratico jiu jitsu à sete meses e estou cada dia mais fascinado com esta arte marcial, já o karate, por não ter com quem treinar, faço um ou dois treinos esporádicos por mês, haja visto que são 20 anos treinando, mas tenho o pressentimento de que nossa arte está está indo de mal a pior, apesar de contarmos com excelentes professores (Ricardo D'Elia, Yoshizo Machida, Roberto Santana, Carlos Rocha,Oswaldo Mendonça entre outros) que defendem a bandeira do Karate com todas as forças. Me perdoem os colegas karatecas pelo desabafo,mas é o que estou sentindo no momento.

                                               0SS


Offline KATASHOTOKAN

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 873
  • Votos: +0/-0
  • KARATE-DO só quem pratica sabe a força que tem
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #1 Online: Julho 17, 2009, 21:50:22 »
                                                OSS
Caros colegas praticantes desta nobre arte, iniciei meus treinos de karate em 1989 e, em 1995 fiz exame para shodan em Belém pela CBK,em 2002 para nidan também pela CBK, hoje resido em Redenção,interior do Pará e não estou vinculado a federação nenhuma, e nem tenho vontade de me federar. Neste periodo disputei várias competições, perdi mais do que ganhei,mas isto não vem ao caso haja visto que não me desperta o minimo interesse tais eventos onde os atletas, sofrem,ralam, pagam inscrições carissimas,são prejudicados as vezes por uma abitragem tendenciosa, tudo isto por uma medalhinha. O que vejo hoje, são os dojos de karate, cada vez mais vazios, com pouquissimos alunos; professores em sua maioria despreparados para a função, e com um grande numero de dans em sua graduação; dirigentes de federação preocupados apenas em arrecadar; eventos de karate com ginásio vazio,sem público nenhum. Pratico jiu jitsu à sete meses e estou cada dia mais fascinado com esta arte marcial, já o karate, por não ter com quem treinar, faço um ou dois treinos esporádicos por mês, haja visto que são 20 anos treinando, mas tenho o pressentimento de que nossa arte está está indo de mal a pior, apesar de contarmos com excelentes professores (Ricardo D'Elia, Yoshizo Machida, Roberto Santana, Carlos Rocha,Oswaldo Mendonça entre outros) que defendem a bandeira do Karate com todas as forças. Me perdoem os colegas karatecas pelo desabafo,mas é o que estou sentindo no momento.

                                               0SS


Oss! Amigo Pará é por essa razão, que treino e estudo meu Karate, que aprendi com alguns bons Mestres, sigo sem ser federado, a ninguém por aqui, só aceitaria, ser federado a Quatro karatecas aqui no Brasil, por quanto isso não acontece, estou fora, chega de MERCENÁRIOS,
Pena você abandonar uma arte extraordinária, reflita melhor, principalmente aí no Pará, procura o Machida, ele (Machida) é um dos quatro que citei, em ser federado.
Oss!
“O propósito supremo do KARATE-DO não está contido na vitória, nem na derrota de adversários, mas, no aprimoramento do caráter, da personalidade e da honra de seus praticantes."

Offline Felipe Andrade

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 685
  • Votos: +0/-0
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #2 Online: Julho 18, 2009, 03:18:15 »
vai treinar jiu-jitsu mesmo
Furimukeba Tiisana Kinou, Me wo agereba Mugen no Ashita

Offline Pará

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 41
  • Votos: +0/-0
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #3 Online: Julho 18, 2009, 10:37:28 »

                                                  OSS

Caro Katashotokan, valeu pela dica, apenas a distância não ajuda muito pois Redenção fica mil quilômetros de distância de Belém,e meu jovem felipe fique tranquilo, pois não desistirei do Karatê jamais.Um abraço aos dois.

                                                   OSS


Offline KATASHOTOKAN

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 873
  • Votos: +0/-0
  • KARATE-DO só quem pratica sabe a força que tem
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #4 Online: Julho 18, 2009, 11:33:28 »

                                                  OSS

Caro Katashotokan, valeu pela dica, apenas a distância não ajuda muito pois Redenção fica mil quilômetros de distância de Belém,e meu jovem felipe fique tranquilo, pois não desistirei do Karatê jamais.Um abraço aos dois.

                                                   OSS



É isso aí garoto DETERMINAÇÃO, fico feliz por sua decisão,abraço, boa sorte!
Oss!
“O propósito supremo do KARATE-DO não está contido na vitória, nem na derrota de adversários, mas, no aprimoramento do caráter, da personalidade e da honra de seus praticantes."

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.859
  • Votos: +14/-25
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #5 Online: Julho 18, 2009, 21:35:59 »
Olá Amigos!
O desabafo de Vcs. tem total sentido e merece atenção,pois o que vemos hoje não é mais em grande maioria a mesma Arte Marcial de antes.
Porém a culpa não deve ser atribuida somente as Federações e Confederações corruptas e mal dirigidas,também tem seu peso de culpa o próprio praticante atual
que vislumbra poder ao se graduar,aguçando sua vaidade tornando-se complacente com o comodismo e, principalmente sem a disciplina que nossa Arte exige.
Hoje meus caros Amigos, existem pouquissimos "Dojos" com disciplina e etiqueta.
O que mais se vê são somente "Academias".
Mas ainda dá para treinar um bom Karate, se não encontrar um Dojo, treine o seu Karate.
Oss
Pedro 
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

Offline Pará

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 41
  • Votos: +0/-0
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #6 Online: Julho 18, 2009, 22:10:27 »
                                                   OSS

Sensei Pedro gostaria de saber como o senhor começou no karate, conte nos um pouco de sua trajetória nas  artes marciais.

                                                   OSS

Kaiko

  • Visitante
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #7 Online: Julho 18, 2009, 22:28:12 »
Olá,

Mais do que os desmandos políticos, o problema é que a disciplina e o karatê forte não combinam com a sociedade atual: a de direito. Hoje, qualquer coisa, se processa. "Vou processar o professor porque gritou comigo- assédio moral", "vou processar o dojo (ou academia), porque quebraram meu nariz", etc. Além disso a competitividade faz parte da lógica de mercado. O resultado é esse: diminuir a força da arte marcial para não ser confrontado em âmbito jurídico, e esportivizar cada vez mais o karatê para que ele se adeque ao mundo competitivo. O auge disso será quando o karatê fizer parte de jogos olímpicos: muita gente vai praticá-lo para se tornar "um grande campeão". Apesar disso, não troco meu karatê-dô por nada.

OSS

Offline daigoro

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 292
  • Votos: +0/-4
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #8 Online: Julho 18, 2009, 22:44:26 »
burp!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
a corda é o laço, o que me puxa é o que me prende"

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.859
  • Votos: +14/-25
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #9 Online: Julho 19, 2009, 00:44:31 »
Olá!
Caro Para, muito pouca gente sabe como comecei a treinar, não gosto de
falar porque falar de nós é sempre suspeito, pode parecer arrogante e não tem grande importância, mas uma vez que Vc. mostra interresse, então vai lá:
Quando tinha aproximadamente 16 ou 17 anos, meu Pai resolveu que eu deveria trabalhar e para isso eu precisava aprender datilografia, dai mandou-me com um valor em dinheiro para matricular-me em uma escola de datilografia no centro de São Paulo na rua Benjamin Constant,e eu lá fui. Enquanto subia pelo elevador, parou este em um andar e deu para eu ver e ouvir alguns gritos e um pessoal de branco
andando e socando (era um Kihon com Kiais), era uma academia de Karate do Sensei Harada e no alto da porta uma placa que dizia - Shotokan de Karate Dojo,com minha timida personalidade somada a curiosidade criei coragem respirei fundo e entrei para ver e informar-me. E com o dinheiro da matricula para a datilografia fiz minha matricula e fiquei de comprar meu kimono na "Casa Sol"no dia seguinte,o que deu-me um tremendo trabalho para conseguir o dinheiro.
Assim feito passei a treinar com Sensei Harada acho que em 1961,onde treinei por
aproximadamente 3 ou 4 meses.
Nesse periodo meu Pai perguntava-me se já estava "batendo" bem a máquina e eu só podia mentir e dizer que estava batendo bem,pois nem no Karate eu ainda batia.
Após esses meses um Amigo meu levou-me para treinar em 1962 na ABK-Associação Brasileira de Karate na Rua Tabatinguera, lá era um Dojo do Watanabe e do Sensei Akamine de Goju.E lá fiquei até meados de 1965.Conhecendo o Sensei Akamine que afastou-se da ABK,fui treinar com ele de 1965 até 1969 onde graduou-me shodan de Goju.
Em 1969 e até 1974 passei a treinar Shotokan (de faixa branca),com o Sensei Tomeiji Ito,onde  fui aprovado novamente para shodan em 1974 e no mesmo ano levado e apresentado pelo Amigo Ricardo D'Elia que já era Amigo de bairro e de Karate,fui treinar na Butoku Kan do Sensei Okuda,novamente de faixa branca, lá permanecendo até o ano de 1979.Com a volta do Amigo Ennio Vezulli do Japão,
fui com ele para a Associação Augusta de Karate por onde passamos por treinamentos incríveis iguais ou parecidos com o que ele passou no Japão
(Saudades daquela epoca) Novamente fui examinado e aprovado shodan e permaneci até quase o final da Associação acho que em 1989.
Parei por 1 ano e meio e com a saida do Carlão do Sensei Okuda,voltei a treinar e lá estou até hoje, na Mushin Kan.
Já já me aposento,pois com meus 64 anos as engrenagens começam a falhar.
Oss
Pedro . 
 

 
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

Offline Felipe Andrade

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 685
  • Votos: +0/-0
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #10 Online: Julho 19, 2009, 02:30:39 »
se aposenta nada sensei
Furimukeba Tiisana Kinou, Me wo agereba Mugen no Ashita

Offline yama

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 4.615
  • Votos: +11/-0
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #11 Online: Julho 19, 2009, 06:58:07 »
Oss

eu ainda vou ter um certificado assinado por ele para que realmente me sinta completo..

Pedro Sensei não é mais um Mestre,Pedro Sensei é um MESTRE .

Oss
alberto
yama-Alberto S. Almeida

Offline J.Lezon

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 897
  • Votos: +4/-8
  • José Lezon, Prof.Karate Wado-Kai
    • www.karate-wadokai.com
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #12 Online: Julho 19, 2009, 08:13:52 »
Meu Amigo Pedro,

Sei bem que é apenas  um desabafo!
Pessoas como nós jamais nos aposentamos no Karate. Eu costumo dizer que o Karate se treina até ao caixão!

Abraços
Hai!  Oss!
Technical Director of  Karate-do Wado Portugal Association, and Generel Manager JKF Wado-Kai of Portugal
and International Technical Director of Brasilian Karate-do Wado-Kai Association - Examiner oficial JKF Wado-Kai - 7º.Dan

Offline Pará

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 41
  • Votos: +0/-0
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #13 Online: Julho 19, 2009, 20:37:21 »
                                                   OSS

É sensei Pedro pelas minhas contas são 48 anos de prática de karate. Parabéns.

                                                    OSS

Offline KATASHOTOKAN

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 873
  • Votos: +0/-0
  • KARATE-DO só quem pratica sabe a força que tem
Re: Desabafo de um Karateca
« Resposta #14 Online: Julho 19, 2009, 21:27:08 »

Após esses meses um Amigo meu levou-me para treinar em 1962 na ABK-Associação Brasileira de Karate na Rua Tabatinguera, lá era um Dojo do Watanabe e do Sensei Akamine de Goju.E lá fiquei até meados de 1965.Conhecendo o Sensei Akamine que afastou-se da ABK,fui treinar com ele de 1965 até 1969 onde graduou-me shodan de Goju.

Oss! Sensei Pedro,outra ocasião em conversa com o amigo Ivo Rangel,ele comentou,que o Mestre AKAMINE, foi um dos primeiros mestres a aportar, por aqui, isso em 1957,que era muito violento, não conseguindo assim muitos alunos,e teve que retornar ao Japão, minha pergunta é a seguinte trata-se do mesmo Sensei Akamine, que o SR.citou.
Um abraço Oss!
“O propósito supremo do KARATE-DO não está contido na vitória, nem na derrota de adversários, mas, no aprimoramento do caráter, da personalidade e da honra de seus praticantes."