Autor Tópico: O Caminho do Guerreiro !  (Lida 1852 vezes)

Offline Antonio Pêcego

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 560
  • Votos: +6/-3
  • 1985 no RJ, soltando a perna em exame para shodan
O Caminho do Guerreiro !
« Online: Março 04, 2008, 20:30:57 »
Doko-dô, O Caminho do Guerreiro


1. O homem comum se defende, enquanto o guerreiro sabe se defender, mas escolhe se proteger.

2. Um guerreiro procede estrategicamente.

3. Assumir a responsabilidade de nossas decisões significa que estamos prontos para morrer por elas.

4. Um bom caçador muda sua maneira de ser tantas vezes quantas são necessárias.

5. Um guerreiro respeita as forças que dirigem nossas vidas e nossas mortes.

6. Um guerreiro nunca pensa que sua vida vai durar para sempre, tem sempre presente a morte como conselheira.

7. Um caçador deve não só conhecer os hábitos de sua presa, como também saber que há forças neste mundo que dirigem os homens e os animais e tudo o que é vivo.

8. Não considere nada como outra coisa. O que você chama de sonho é real para um guerreiro. Deve compreender que o guerreiro não é um tolo. Um guerreiro é um caçador imaculado que caça o poder, não é bêbado nem doido e não tem nem tempo nem vontade de fingir, mentir a si mesmo ou dar um passo errado. O jogo é muito caro para isso. Está arriscando sua própria vida ordenada, que ele levou tanto tempo para ajustar e aperfeiçoar. Não vai jogar tudo isso fora por cometer um engano de cálculo tolo, tomando uma coisa por outra.

9. Um rompante controlado e uma quietude controlada são as marcas de um guerreiro.

10. Um guerreiro é guiado por seu propósito inflexível e pode livrar-se de qualquer coisa.

11. Procurara perfeição do espírito do guerreiro é o único empreendimento digno de nossa vida.

12. A disposição de um guerreiro exige controle sobre si e, ao mesmo tempo, exige que ele se entregue.

13. O guerreiro calcula tudo, isso é controle. Mas, uma vez terminados seus cálculos, ele age. Entrega-se. Isso
é abandono. Um guerreiro não é uma folha ao vento. Ninguém pode empurrá-lo; ninguém pode obrigá-lo a fazer coisas contra si ou contra o que o que ele acha certo. Um guerreiro é preparado para sobreviver da melhor maneira possível.

14. Um guerreiro pode ser ferido, mas não ofendido. Para um guerreiro não há nada ofensivo nos atos de seus semelhantes, enquanto ele estiver agindo dentro da disposição correta.

15. Considerar as onças e os ratos nossos semelhantes, como iguais, é um ato magnífico do espírito do guerreiro.

16. Um guerreiro nunca vira as costas ao poder sem compensar os favores recebidos.

17. O homem é apenas a soma de seu poder pessoal e essa soma determina como ele vive e como ele morre.

18. O segredo reside não no que você faz consigo, mas no que você não faz.

19. O guerreiro sempre verifica que esteja tudo em ordem, não porque acredite que sobreviverá à prova pela qual vai passar, mas porque isso faz parte do seu procedimento impecável.

20. O que mais um guerreiro pode ter a não ser sua vida e sua morte?

21. Um feiticeiro impostor procura justificar tudo no mundo com explicações de que não tem certeza e assim tudo é feitiçaria.

22. Um guerreiro sabe que está esperando e o que está esperando; e enquanto espera, não precisa de nada, e assim qualquer coisa que ele receba é mais do que pode esperar.

23. A gente aprende a agir como um guerreiro agindo, não falando.

24. Um guerreiro tem de usar a vontade e a paciência para esquecer. Na verdade, um guerreiro só tem a sua vontade e a sua paciência e com elas constrói o que quiser.

25. A vontade é uma coisa que o homem usa, por exemplo, para vencer uma batalha que ele, por todos os cálculos, deveria perder.

26. A vontade é o que pode fazê-lo vencer quando seus pensamentos lhe dizem que está vencido. A vontade é o que o torna invulnerável.

27. Sabe-se que a morte o acompanha e não lhe dará tempo de se agarrar a nada, de modo que ele experimenta, sem ansiar, tudo de todas as crises.

28. Com a consciência em sua morte, com seu desprendimento e com o poder de suas decisões, um guerreiro organiza a sua vida de maneira estratégica. O conhecimento de sua morte o orienta e o torna desprendido e secretamente sensual; o poder de suas decisões finais o torna capaz de escolher sem remorsos, e o que ele escolhe é sempre estrategicamente o melhor. Assim ele executa tudo o que precisa sua vontade e com uma eficiência sensual.

29. Um guerreiro não se entrega a nada, nem mesmo à sua morte.

30. A vida para um guerreiro é um exercício de estratégia. Um guerreiro não se importa com o significado.

31. Um guerreiro nunca fica à toa e nunca tem pressa.

32. Um guerreiro vive estrategicamente. Um guerreiro nunca carrega fardos que não suporta.

33. Um guerreiro só deve estar preparado para combater.

34. O espírito do guerreiro não é dado a caprichos nem reclamações, nem a vencer, nem a perder. O espírito do guerreiro só é dado à luta, e cada embate é a última batalha na Terra. Assim, o resultado lhe importa muito pouco. Em sua última batalha na Terra, o guerreiro deixa seu espírito morrer, livre e claro. E enquanto trava sua batalha, sabendo que sua vontade é impecável, o guerreiro vê-se à grande

35. Um guerreiro escolhe as brisas que fazem seu mundo.

36. Só um doido empreenderia a tarefa de se tornar homem de conhecimento por sua própria vontade. Um homem sensato tem de ser levado a isso.

37. Conhecer é poder e uma vez que o homem enverede pelo caminho do conhecimento, não é mais responsável pelo que possa acontecer com aqueles que entram em contato com ele.

38. Preocupe-se e pense antes de tomar qualquer decisão, porém, uma vez tomada, siga seu caminho, livre de preocupações e pensamentos; haverá mil outras decisões ainda à sua espera. É assim a maneira do guerreiro.

39. Um guerreiro pensa em sua mente quando as coisas se turvam.

40. É possível insistir, insistir realmente, mesmo sabendo que o que se está fazendo é inútil. Mas primeiro temos de saber que nossos atos são inúteis e, no entanto, temos de proceder como se não soubéssemos. É esta a loucura controlada de um feiticeiro.

41. Em algumas circunstâncias, um guerreiro age como se soubesse o que está fazendo, quando na verdade não sabe nada.

42. Ou a gente se faz feliz ou se faz forte. O trabalho é o mesmo. (O resultado é completamente oposto e o forte não é infeliz)

43. O homem comum se importa em saber se as coisas são verdadeiras ou falsas, mas um guerreiro não.

44. Como caçador, um guerreiro sabe que o mundo foi feito para ser usado. Portanto, usa cada pedacinho dele. Um guerreiro é como um pirata que não tem dúvidas em pegar e usar o que quiser, só que o guerreiro não se importa, nem se sente insultado quando é apanhado ele mesmo.

45. Um guerreiro vive sua vida estrategicamente.

46. Todos nós, sejamos guerreiros ou não teremos um centímetro cúbico de oportunidade, que aparece diante de nossos olhos de vez em quando.

47. Os guerreiros escolhem seu campo de batalha. Um guerreiro nunca entra na batalha sem saber o que o cerca.

48. Há três princípios básicos: o primeiro é que os espreitadores aprendem a nunca se levarem a sério, aprendem a rir de si próprios. Se não se importam de parecerem bobos, podem enganar a qualquer um. O segundo é que aprendem a ter uma paciência sem fim, nunca estão com pressa e nunca se desesperam. E o terceiro é que aprendem a desenvolver uma capacidade infinita de improvisação.

49. O homem comum está agarrado a seu semelhante, enquanto o guerreiro só se agarra a si mesmo.

50. A confiança em si significa saber algo com certeza; a humildade significa ser impecável em suas ações e sentimentos.

51. Um guerreiro aceita seu destino, seja qual for, e o aceita na mais total humildade. Aceita com humildade aquilo que ele é, não como fonte de pesar, mas como um desafio vivo.

52. O guerreiro não curva a cabeça para ninguém, mas ao mesmo tempo não permite que pessoa alguma curve a cabeça para ele.

53. O guerreiro deve ficar calmo e controlado e nunca pode perder o pulso.

54. Um guerreiro não pode reclamar nem lamentar nada.

55. A diferença básica entre um homem comum e um guerreiro é que o guerreiro aceita a tudo como um desafio.

56. Um guerreiro tende a ser fluido e mudar em harmonia com o mundo que o rodeia, seja o mundo da razão ou o mundo da vontade.

57. Um guerreiro ou qualquer homem, aliás, não pode desejar estar em outro lugar. Um guerreiro porque vive do desafio, um homem comum porque não sabe onde a morte pode encontrá-lo.

58. Um dos atos de um guerreiro é nunca deixar que coisa alguma o afete.

59. Para um guerreiro tudo nesse mundo é um desafio. O maior desafio de todos, naturalmente, é sua pretensão ao poder.

60. Ser um guerreiro significa ser humilde e alerta.

61. Para o guerreiro a intenção é o portão do meio.

62. Um guerreiro segue os ditames do poder.

63. Um guerreiro não pode ser desamparado, nem confuso, nem assustado em nenhuma circunstância.

64. Muito poucos dentre eles estariam dispostos a escutar, e dentre esses poucos que escutam, um número ainda menor estaria disposto a agir, menos ainda têm suficiente poder pessoal par aproveitar seus atos.

65. Tudo isto só existe por causa de nossa atenção.

66. Perder a importância própria, assumir a responsabilidade e visar a morte como conselheira.

67. A liberdade que tem um guerreiro é ou agir de modo impecável ou agir como idiota. A impecabilidade é realmente o único ato que é livre e assim a verdadeira medida do espírito do guerreiro.

68. Morrer sozinho não é morrer em solidão.

69. Um guerreiro reconhece sua dor, mas não se entrega a ela.

70. A alegria de um guerreiro vem de ter aceitado o seu destino e ter avaliado lealmente o que o espera.

71. A tristeza pertence apenas àqueles que detestam aquilo mesmo que abriga seus seres.

72. Um guerreiro não procura nada para consolar-se.

73. Um guerreiro nunca pode deixar nada ao acaso, que o guerreiro altera o resultado dos acontecimentos pela força de sua percepção e seu propósito inquebrantável.

74. O guerreiro nunca se decepciona quando não consegue mudar.

75. Um espreitador espreita qualquer coisa, inclusive a si mesmo.

76. Do mesmo modo que você espreita a caça, estuda seus hábitos até conhecer todos os atos de suas fraquezas e depois salta sobre elas e as pega como coelhos dentro de uma gaiola.

77. Os homens tem de ser dirigidos e as mulheres, controladas.

78. O guerreiro deve não ter nenhuma coisa material na qual localizar seu poder, mas focalizá-lo no espírito, no verdadeiro vôo ao desconhecido e não em campos triviais.

79. A liberdade de lembrar-se de você próprio.

80. Um guerreiro é alguém que procura a liberdade.

81. Considerava o presente de liberdade da águia, não uma concessão, mas uma chance de ter chance.

82. As pessoas devem ser extremamente humildes e sem defesa alguma, nem mesmo de si próprias. Devem se proteger mas não se defender.

83. Um guerreiro nunca perde o juízo em nenhuma circunstância.

84. Um guerreiro nunca fica assediado.

85. Um guerreiro não tem nada no mundo, a não ser sua impecabilidade e a impecabilidade não pode ser ameaçada.

86. Quando a verdadeira pobreza de seus recursos humanos torna-se inegável, o guerreiro não tem outro recurso senão dar um passo atrás e baixar a cabeça.

87. Não tinha de buscar um propósito para a vida pois achava que já o tinha encontrado. ( O caminho do guerreiro)

88. Sempre nos obrigam a sentir-nos esclarecidos, mas quando nos viramos para enfrentar o mundo, eles nos falham e terminamos enfrentando o mundo como sempre fizemos, sem esclarecimentos.

89. Ver só ocorre quando o guerreiro consegue parar com o diálogo interior.

90. Um guerreiro começa com a certeza de que seu espírito está desequilibrado. Aí, vivendo um controle e consciência completos, mas sem pressa nem compulsão, ele faz o máximo para conseguir esse equilíbrio.

91. Nada há nesse mundo que um guerreiro não possa enfrentar.

92. Um guerreiro já se considera morto, de modo que nada tem a perder.

93. Os guerreiros não conquistaram suas vitórias batendo com a cabeça de encontro aos muros e, sim, conquistando os muros. Os guerreiros saltam por cima dos muros, não os destróem.

94. Um guerreiro age como se nada tivesse acontecido, jamais, porque não acredita em nada e no entanto aceita tudo pelas aparências. Aceita sem aceitar e despreza sem desprezar. Nunca acha que sabe, nem sente que nada aconteceu. Age como se estivesse...

95. Um guerreiro deve abandonar a forma humana a fim de se modificar de verdade. Nada se pode mudar se não se abandona a forma humana.

96. Um guerreiro sabe que não pode mudar nada e no entanto trata de mudar, mesmo sabendo que não o poderá fazer.

97. A vantagem do guerreiro sobre o homem comum é que o guerreiro nunca se decepciona quando não consegue mudar.

98. Para uma guerreira tudo começa no sonho. Primeiro deve encontrar as mãos. Depois, casas e prédios, sem dissolver as imagens.

99. A arte do sonhador é conservar a imagem de seus sonhos. Temos de lutar para não olhar, mas apenas ver de relance e conservar a imagem.

100. Deve-se encontrar nos sonhos um lugar para o umbigo, pois prestamos atenção com ele no sonho. Precisamos de um pouco de calor ou a sensação de que algo está apertando o umbigo para podermos conservar as imagens dos sonhos.

101. A arte do sonhador é a arte da atenção.

102. A essência de nosso ser é o ato de perceber e a mágica de nosso ser é o ato da consciência.

103. Primeiro círculo do poder - atenção tonal, nossa capacidade assombrosa, mas considerada natural, de dar ordem à nossa percepção do mundo, de todo dia.

104. Segundo círculo do poder - atenção do nagual, a capacidade dos feiticeiros situarem sua consciência no mundo não-comum. Capacidade portentosa que todos têm, mas só os feiticeiros utilizam, de dar ordem ao mundo não-comum.

105. Um guerreiro não tem compaixão por ninguém.

106. Os sonhadores têm de contemplar para poderem sonhar e depois têm de procurar os sonhos na contemplação.

107. A Impecabilidade do guerreiro é deixar os outros como são e apoiá-los no que forem. (Os que nada querem)

108. "O que importa é o guerreiro ser impecável."

109. "... o importante para um guerreiro é alcançar a totalidade de seu ser."

110. "A autoconfiança do guerreiro não é a mesma que a do homem comum. Este busca a certeza aos olhos do espectador e chama a isso autoconfiança. O guerreiro busca a impecabilidade a seus próprios olhos e chama a isso humildade. O homem comum está agarrado a seus semelhantes, enquanto o guerreiro só se agarra a si mesmo."

111. (A diferença entre a autoconfiança do homem comum e a humildade do guerreiro é a seguinte;) "A confiança em si significa saber algo com certeza, a humildade significa ser impecável em suas ações e sentimentos."

fonte: http://bnas1.tripod.com/karate.htm

Oss !!!
Momo
"Conhecer os outros é sabedoria, conhecer a si próprio é Iluminação." Lao-Tzu