Autor Tópico: O Fórum, o Karatê, o Remédio e o Veneno  (Lida 1265 vezes)

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
O Fórum, o Karatê, o Remédio e o Veneno
« Online: Junho 17, 2012, 13:07:49 »


Prezados companheiros de fórum,

   Precisei ficar fora de casa uns dias nesta semana. Compromissos familiares... fui lá ver meu velhinho e lá, em casa de gente nascida na década de 20, a coisa é mais "das antigas" e não há Internet.

   Em meio ao "nada" que se criou em meu entorno, comecei a me lembrar do projeto que tenho de contratar para reformar a minha casa, os investimentos que preciso fazer, algumas brincadeiras que tenho de fazer com meu piá - brincadeiras grosseiras mesmo, estilingue, jogar pedra, cair, esfolar o joelho, furar o pé, ..., tomar pacote de skate, ..., tudo sem joelheiras, sem capacete, ..., ensiná-lo a arrotar e dar risada alto pra $%&!, enfim, uma série de ensinamentos nobres que tenho de dar, somado a uma noite com historinhas pra dormir, mas historinhas narradas, fazendo voz de um bicho, voz de outro bicho, andar e sapatear de acordo com a história - e mais diversas outras coisas, possíveis de serem feitas no fim de semana que não vinham sendo feitas ou sendo mal feitas.

   Era essa pôrra de Internet, os fóruns, os posts gigantes, a conexão ativa o tempo todo pra "catar" o próximo post novo ou uma resposta a uma mensagem minha em que eu me sentia no dever de "rebater" o comentário.

   Mas o fórum, trouxe pra mim mais coisas positivas ou negativas? É claro que me trouxe muitas coisas boas. As coisas ruins, estou criando-as por mim mesmo. Explico:
i)
A diferença entre o remédio e o veneno, às vezes, está na dosagem
ii)
Reparem os posts de alguns monstros pré-históricos daqui: sensei Pedro e Gustavão. Eu desafio vocês verem eles escrevendo coisas acima de, digamos aqui, 15 linhas (chutando aqui, ok?). Eles usam este fórum como um meio e não um fim. Papo daqui, papo de lá e em menos de seis meses eles propõem um encontro, ao vivo. E pronto. É um tipo de dosagem. É o remédio;
iii)
Agora, quando eu parei pra escrever uma narrativa do Muay-Thai, de Curitiba, daquele tamanho, olhando pro relógio, olhando o que eu poderia estar fazendo, no lugar de estar escrevendo tudo aquilo.... é uma dosagem que pra mim fêz mal. É o veneno. Coincidência ou não, meus treinos com o Karatê foram pras cucuias nestes tempos. As teclas, em contrapartida, estavam a todo vapor

   Há companheiros hiperativos, que escrevem, escrevem e escrevem e têm todas as suas outras atividades em dia? Claro! E este texto não é pra vocês. É pra quem, como eu, está dedicando atenção demais pra Internet como um todo e está deixando as outras coisas de lado.

   Isso não é novidade. Li recentemente um artigo de uma colunista que passou por um apagão em seu bairro e precisou ficar à base das velas e lanternas de celular por um tempo. Daí, sem terem o que fazer, reuniu-se com suas filhas e tentaram improvisar brincadeiras que ela se recordava de serem coisas manuais, amarelinha, adoleta, etc. Depois de umas duas horas a energia voltou, já era tarde e foram todas dormir. No outro dia, à noite, a filhinha menor a cutucou enquanto estava no computador e perguntou-lhe: "manhê, hoje vai ter apagão novamente?".

   Pra mim, a partir de agora, posts só no estilo "SMS". Exceto aquelas que sejam causos que pense que possam ser de alguma valia...rs
   
[]´s
BigBoy

Offline Gustavo-RJ

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.468
  • Votos: +4/-2
Re:O Fórum, o Karatê, o Remédio e o Veneno
« Resposta #1 Online: Junho 17, 2012, 16:39:40 »
Grande verdade.
"Ai se eu te pego, ai, ai."
Gustavo-RJ