Autor Tópico: Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá  (Lida 2433 vezes)

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Online: Janeiro 14, 2012, 16:47:44 »
Prezados companheiros do fórum,

   Acabei de voltar de um treino de sábado e foi
um arroxo. Aqueles treinos com mokuso no final e
depois da saudação você fica olhando pro nada,
pensando na vida.

   Foi um treino Goju. A forte conexão com Okinawa
que tem este estilo me fêz refletir sobre o que
vivemos no shotokan.

   No Goju-Ryu, quanto mais a gente lê, mais
ramificações aparecem. São muitos detalhes, o que
nos exige um aprumo muito grande. Os golpes nos katas
básicos são vistos no shotokan somente nos katas
superiores. É complexo, para mim, que veio do
shotokan, mas é apaixonante ao mesmo tempo. Eu
detectei um grande número de ligações com outros
estilos. Há conjunto básico de katas que existe
em todos os estilos. Porém há katas de adaptação e
superiores que são distintos em cada uma das "n"
escolas. Na minha humilde opinião isto talvez seja
um "calcanhar de aquiles" para a propagação da
arte marcial.

   Terminado o treino, recobradas as forças, vou
ali no cantinho e treino meu o kihon e alguns heians
do shotokan, pois não quero largar o osso.

   Do pouco que observei no Goju, me fêz parar pra
pensar sobre o que os praticantes de shotokan no
Brasil e talvez em outros países estão vivendo com
base em um podcast que ouvi (acho que foi aquele
"E os cursos de karatê, heim?): praticantes da JKA
têm uma forma de aplicar este ou aquele golpe no
kata "x"; já nas academias filiadas ao Tradicional
tem outra forma; faço a digressão então para
pensar que praticantes das academias filiadas à
WKF tenham outra forma e à Interestilos outra
ainda!

   Dia destes postei uma pergunta "Katas vs Faixas"
(do shotokan) e nosso companheiro Higino (aliás,
ele está aparecendo como visitante. Uma pena que
ele saiu) prontamente enumerou todos os katas,
incluindo os superiores. Ou seja, estou aqui, no
interior do Paraná e ele, lá no Nordeste. Tivemos
professores e formações distintas, mas rapidamente
podemos identificar e conversar acerca de diversos
aspectos do shotokan, o que confere a este estilo,
eu acho, entre outros atributos, uma enorme capacidade
de propagação.

   Treino em uma academia filiada à WKF. Nunca
assisti a uma aula de karatê em uma academia JKA, nem
em uma academia filiada à interestilos, mas, em
academias filiadas ao Tradional, assisti e até
participei de um bom número de aulas. É praticamente
a mesma coisa (WKF, Tradicional).

   O que faz, hoje, esse considerável número de
talentos do shotokan não buscar uma reunificação?
AINDA HÁ TEMPO de aparar estas arestas que eu estou
achando que são pequenas. Ou são grandes? O que
parece é que quanto mais tempo for deixado passar,
maiores serão as distâncias entre estas quatro
vertentes. O que acho que não seja uma coisa boa.

   Por favor, com a palavra os colegas que possam
colocar os pingos nos is.

[]´s
BigBoy

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.935
  • Votos: +1/-19
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #1 Online: Janeiro 14, 2012, 17:30:07 »
Big BOy,

Treinar Karate é sempre bom mesmo.
Nao existe possibilidade de unificação porque os EGOS estão inflados e todo mundo quer mandar.
Fora isso, a WKF insistem em reinventar a RODA, modificando os katas Tradicionais para se adequarem as regras de competição.
Po outro lado os Caciques do Karate japones, Tradicional, ainda pensam ser detentores do monopolio tecnico, o que na verdade não existe. O Karate do pertence a Humanidade hoje em dia.
SE fosse os japoneses começaria a pensar em ensinar Etiqueta e Educação aos paises colonizados pelos Portugueses. Teriam a simpatia do Planeta todo e estariam fazendo uma boa ação.
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline DElia

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 535
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #2 Online: Janeiro 15, 2012, 15:58:21 »
Prezados,
uma unificação no Brasil ocorreria se os brasileiros do Shotokan:
mantivessem um vínculo fundamentalmente técnico com os Mestres, ainda, atuantes;
suprimissem, definitivamente, o "cordão umbelical" emocional-afetivo-subserviente;
admitissem que não são os únicos detentores do melhor Karatê do mundo;
criassem um novo padrão em comum acordo.
Bem, um comentário impregnado de utopia, mas o papel tudo aceita!
Oss

PS: em tempo, banissem os "Zumbis", aqueles sem pátria, sem caráter, sem Karatê, sem $%&! nenhuma, que se "encostaram" em alguns Mestres e acham que por osmose aprenderam alguma coisa!
Ricardo

Offline Gustavo-RJ

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.468
  • Votos: +4/-2
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #3 Online: Janeiro 15, 2012, 16:44:40 »
Vcs são o máximo

Realmente só resta procurar o bom karate em alguns poucos dojos.
"Ai se eu te pego, ai, ai."
Gustavo-RJ

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #4 Online: Janeiro 15, 2012, 17:04:59 »
Sensei Ricardo D´Elia,

   "O Nascido para o Karatê"

   Pôxa vida, é um prazer vê-lo distraindo-se um pouquinho aqui no site com a gente!

   Por mim eu trancava o tópico e o deixava como fixo. Disse tudo.

   Dez linhas resumiram de forma tão prática esses devaneios que vivemos que me faz lembrar o ditado KISS (Keep It Simple, Stupid!. Deve haver um ditado nacional, mas já suou um pobre infectado pela cultura yankee).

   Uma luta em que facilmente podemos ver o avô, o filho e o neto dentro de um mesmo dojô em um aulão de sábado não pode ter um definhamento desses.

Oss

Offline sato1

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 69
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #5 Online: Janeiro 15, 2012, 17:37:15 »
Mas Gustavo, karate bom é difícil definir.
As vezes o sujeito pensa que tem karate bom, mas na verdade é uma m.

Quais seriam os parâmetros para dizer: este Dojo é de respeito. ?

Obs: Bonito ver um cara com a história do Delia postando aqui, bacana.

Offline Ilson MSP

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 331
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #6 Online: Janeiro 15, 2012, 18:31:14 »
Oss

Sensei Katsumoto e Sensei Delia resumiram com louvor esta questão, sem mais comentarios, só penso que Shotokan é Shotokan em qualquer lugar o que destroi tudo são as federações, confederações, ligas e por aí vai.

Oss
"Só sei que nada sei" (Sócrates)

Offline sato1

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 69
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #7 Online: Janeiro 16, 2012, 20:26:44 »
A unificação ou intercâmbios é interessante. Vi no podcast do Daniel, que a equipe do Okuda tinha lutadores de várias linhagens e ninguém se importava muito.
No fim isso tornou o kumite de todos eles melhor porque cada um era especialista em algo diferente.

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #8 Online: Janeiro 16, 2012, 21:20:18 »
sato,

   Um campeonato de shobuippon, nas regras do tradicional em um mês determinado.

   Outro campeonato de shobusanbon, nas regras da WKF no mês que se segue.

   No terceiro mês, um camponato de jyu kumite com os cinco, sete, "2*x-1"  melhores de cada campeonato, "n" lutas, cinco minutos, sem interrupções? Nem Credicard / Mastercard poderia pagar. Regra de jyu kumite! Simples. Qualquer exame de faixa graduada tem jyu kumite.

   Lotaria um ginásio. Lotaria. Até ingresso dá pra cobrar.

   O bccabreira comentou em outro post que há especialistas em cada uma das regras. Continuará havendo. Sem problemas. Pelo contrário, o atleta da WFK que quisesse testar suas habilidades na regra do shobuippon poderia, pois os eventos não estariam na mesma data e teriam intervalos. Os padrões poderiam ser estabelecidos. Mas... diga pra mim que você não estaria na primeira fileira pra ver um embate destes...rs

[]´s
BigBoy

ps: nos campeonatos da CBK os shiais ocorrem sem distinção de estilos. Aliás a equipe campeã de 2011 no Paraná, foi a Goju-Kan de Pato Branco, onde treino e é Gojuka!

Offline sato1

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 69
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #9 Online: Janeiro 16, 2012, 21:35:57 »
Sonhar não custa nada Big, mas um detalhe aí: Lutas SEM sundome.

Em pleno século XXI, com UFC pela globo, Ninguém vai aceitar golpes de mentirinha num evento desses caso acontecesse.

Luvas muito pequenas poderiam ajudar e evitar o inevitável, mas veja o caso do Lethwei, nem luvas tem e sim bandagens para firmar o soco.
Virou modinha nos EUA e uma garotada de la tem ido muito para o sul da ásia para se testar em lutas reais.
Da uma olhada na selvageria:


O evento que o Katsumoto tentou fazer deveria vingar, seria um precedente espetácular para nós karatecas. Que venham os Wkf depois, tem pra todos !  :) (lenha na fogueira)
« Última modificação: Janeiro 16, 2012, 21:47:02 por sato1 »

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #10 Online: Janeiro 16, 2012, 22:10:14 »
sato,

   Sundome eu deixo pra você e pros camaradas que vêm acompanhando campeonatos de ambas as vertentes das quais estamos aqui conversando.

   Segue só o meu pitaco.

   De longe, olhando, às vezes comendo pipoca, com ou sem sede, o que me parece é que o contato vem a atingir o oponente, mas o grau de impacto que cause nocaute ou algo pior é punido. E hoje em dia, pelo menos na WKF, quem "mascara", acusando um golpe que não teve tal contundência para todo aquele pastel, gera punição para o mascarado, ao invés de uma punição injusta para o atacante. Porém não aquela "cutucada" viadesca, "tapa de véia", que não dá nem para você classificar como um golpe que o atacado tenha ou não iniciado ou esboçado menção de se defender.

   sato, meu palpite também: você tirar este autocontrole de um combate, usando luvas, me parece que você tira a "alma" do karatê. É a impressão que me dá. Essa coisa, de mãos vazias guarda um segredo que só um bom karateca (eu não sou) consegue explicar. Colocando luvas, que diferença você teria do kickboxing, do San Da, do Muay-Thai ou até do Light Contact?

   Agora, com relação ao torneio de kumites que o katsumoto propôs, é algo à parte. Seria algo a mais. Algo para se passar na TV. Um jovem, entre 19 e 28 anos, bufando, vendo toda esta badalação de UFC, MMA, GJJ, revista, canal combate, sente-se inevitavelmente atraído por tais prazeres da carne...rs e larga o karatê e vai pra uma academia destas.
   Seria o Jyu Kumite sem sundome, a nocaute, com os rapazes já interessados em profissionalizarem-se, enveredando para o ramo do MMA, pré-dispostos e já cientes dos riscos de lesões que isso desencadeia. Seria um entretenimento. Não uma regra através da qual os alunos de uma academia saberiam que precisariam passar. Esse também eu pagaria... rs

   Esse torneio do katsumoto seria também um "cala boca" para os valentes de plantão. Todos aqueles que estivessem com os ímpetos fora dos preceitos do Budo, que rapidamente poderiam se tornar, digamos que, mais humildes, de uma hora pra outra...hehehe.

[]´s
BigBoy

Offline sato1

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 69
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #11 Online: Janeiro 16, 2012, 22:43:48 »
Você tem razão, luvas e karate são incompatíveis até no nome da arte.

Sempre haverá esse pessoal querendo lutas mais fortes, mas tem que ver que esses agora estão no JJ e no Muay. Hoje karate é tido como atividade lúdica para crianças por todos, o Machida apenas começou a salvar nossa reputação. Mas temo que seja apenas um cometa.

Eventos como esse do Katsumoto continuariam esse trabalho dando credibilidade ao karate que passaria a ser uma opção para quem busca iniciar uma arte marcial e não ser alvo de piadas.
Ouvi dizer que nos primórdios de campeonatos no Brasil é dito que o objetivo era um acertar o outro. Certamente os espectadores saiam impressionados e alguns buscavam um dojo.

É preciso resgatar a moral do karate no imaginário popular, garanto que as academias voltariam a ter mais gente e não os 4 ou 5 de hoje. Ninguém quer praticar uma arte marcial e se sentir inseguro.



Offline Alexander dos santos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.011
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #12 Online: Janeiro 17, 2012, 09:46:56 »
Eu acho que a idéia do amigo BigBoy é ótima, ficaria algo parecido com o Tênis (grand slams), que a tem uma sequencia de torneios que engloba saibro, grama e cimento... no caso do karatê, seriam as formas de contato e regras... ficaria bacana, e botaria todo mundo a prova, e o mais importante, uniria mais o pessoal...

Mas ainda acho que pessoas com nome e peso dentro do karatê nacional deveriam peitar as federações e botar a banca necessária para mudar... questionar do lado de fora é mole, chegar e fazer a mudança é que fazem os heróis!!!

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #13 Online: Janeiro 17, 2012, 09:57:00 »
Alexander,

   Sobre as federações está rolando um tópico do katsumoto, sobre as taxas da JKA. A gente está escrevendo algumas coisas lá a respeito deste "levante organizado"...rs

sato,

   A gente está montando o fusquinha e tu tá querendo briga pra quem vai sentar na janela? Eu vou é pra piscina... aff férias é um saco. rs

   Repito: deixo para os colegas que praticaram pelo menos uns dez campeonatos com shiai, sejam do Tradicional, seja da WKF, darem uma opinião a respeito. Pelo que entendi você experimentou isto e constatou que não é eficaz ou então distorce o karatê, certo? Então pronto. Que venha a porradaria. Entretanto, com tal decisão cabe somente o esclarecimento: é a última luta que tem este conceito definido, pelo que andei vendo. Corrijam-me os que conheçam outras que definem e usem o sundome. O "mãos vazias" tem a ver com o não uso de armas. Lutas sem sundome, pelo que você está narrando, eram praticadas nos campeonatos de antigamente.

   Você falou também de sentir-se inseguro. Você sente-se inseguro com sua arte marcial? Eu não! Apesar de que desde meus 13 anos não brigo oficialmente (oficialmente é ótimo...rs) nas ruas. Mas de tudo o que fiz, experimentei, a minha faixinha roxa ficou na cintura. Escrever é um saco pra contar os causos. A gente tem é de rir, bater papo ao vivo. Disso este fórum nasceu com esta vocação. E isto é bom demais.
   Ou você quis dizer sentir-se inseguro em relação às artes marciais aclamadas pela mídia. Este sim, eu me sinto. Uma "sombra" com um praticante de muay-tai me desmontaria, por causa dos low-kicks, das joelhadas e cotoveladas. Com um praticante de GJJ também, por não ter aprendido sprawl direito, nem wall-walking entre outras escapadas de ataques de grapplers.

[]´s
BigBoy
« Última modificação: Janeiro 17, 2012, 11:42:10 por BigBoy »

Offline sato1

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 69
  • Votos: +0/-0
Re:Por um Shotokan unificado... sonhar ainda dá
« Resposta #14 Online: Janeiro 17, 2012, 12:39:00 »
Não, não foi isso que eu quis dizer.
Estou seguro com meu karate, o que vejo é que tem muita garotada que não está. Muitos deles faixas pretas campeões.

Muay thai é uma luta muito firme, porém não tem técnica você aprende um boxe básico e 2 chutes. Tenho levado vantagem contra esse pessoal na academia porque falta base técnica a eles. Mas... as academias de muay tem gente saíndo pelo ladrão e as karate alguns gatos pingados.

Bem, o tal campeonato de karate livre seria uma boa, o momento é propício, pois artes marciais estão sendo bem recebidas até na Rede Bobo atualmente.

Não era o caso de pegar uma carona ?  Eu ainda espero que o evento do sensei Katsumoto vingue se possível nesse semestre. Não é possível que não hajam pelo menos 10 karatecas em São paulo e arredores afim de se testar.
« Última modificação: Janeiro 17, 2012, 12:48:01 por sato1 »