Autor Tópico: Gojushiho-Sho para avaliação  (Lida 1969 vezes)

Offline ArqMatheus

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 23
  • "Todos gostam de sombra. Poucos plantam árvores."
Gojushiho-Sho para avaliação
« Online: Julho 04, 2014, 00:14:02 »
OSS!

Boa noite, colegas! Gostaria, se possível, de demonstrar uma gravação que realizei durante o treinamento do Gojushiho-sho, e receber vossas críticas para melhorar cada dia mais.

Muitas coisas eu gostaria de melhorar, como a base, porém, algumas limitações, como joelho bichado e três hérnias de disco na região lombar da coluna me impedem de fazer jus à faixa que uso. Mas tento sempre melhorar minha qualidade de vida com a disciplina do Karate.

Vamos ao que interessa agora:



Offline PSekiMG

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.443
  • Não existe atitude ofensiva no Karate ― Shoto.
Re:Gojushiho-Sho para avaliação
« Resposta #1 Online: Julho 20, 2014, 19:40:03 »
Osu,

ArqMatheus,

Primeiramente, obrigado por compartilhar sua experiência conosco!

Se for possível, diante das limitações físicas informadas, utilize mais a vibração do quadril! Vai ajudar muito no deslocamento entre bases e na projeção de estocadas. Além disso, procure deslocar a tensão dos ombros pra região abdominal a fim de manter o centro gravitacional abaixo do umbigo.

Alguns movimentos podem estar fora do tempo de ataque/defesa esperado, mas isso varia de acordo com a interpretação. Há um detalhe importantíssimo em Kokutsu-Dachi: o quadril deve apontar na direção do chão, promovendo seu encaixe na perna de apoio e potencializando qualquer movimento com os braços ou pernas (o centro deve estar proporcionado atrás).

Outro ponto é a transição entre Kiba-Dachi e Kokutsu-Dachi: os pés devem se encontrar no eixo para que haja maior extração de força do baixo ventre.

No Uchi-Uke, busque torcer mais o punho (ele fica como se você fosse dar uma facada em si mesmo) e torcer mais o quadril para o lado oposto.

Ao estocar na frente com um chute, primeiro pense nisso como uma joelhada (e os joelhos apontam pro alvo), depois lance o pé utilizando o Koshi na direção apontada anteriormente pelo joelho (nesse momento ele deve estar mais alto para realizar um trabalho de pêndulo). Logo após o chute, não deixe o pé cair, mas recolha-o rapidamente antes de pousá-lo no chão (evitando agarramentos, rasteiras ou impacto desnecessário no solo).

Espero que essas pequenas dicas possam te ajudar!

Osu.
A força física sem respeito nada mais é que força bruta, e para os seres humanos não tem nenhum valor ― Shoto.