Autor Tópico: Conciliar boxe com karate!  (Lida 5426 vezes)

Offline Gon

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 347
  • Votos: +0/-0
Conciliar boxe com karate!
« Online: Fevereiro 24, 2012, 14:21:57 »
Saudações a todos!

Comecei a fazer boxe recentemente para servir de complemento para meu karate. Faz um tempo que tenho sentido vontade de treinar tal arte, e a princípio gostei bastante.

Porém a primeira coisa que notei foi a inexistencia do conceito de "kime" no boxe. Enquanto no kihon do karate o individuo soqueia, contrai o corpo rapidamente e em seguida relaxa e aguarda a contagem do proximo soco, no boxe o praticante bate e volta, como chicote. Não existe "trancada".

Outro aspecto é a base, no Karate a coluna fica reta e os gluteos pra "dentro", enquanto no boxe a coluna fica ligeiramente curva e a bunda fica "sentada" no ar.

Como conciliar essas diferenças tao marcantes?
Algum karateca do fórum que tenha experiencia com boxe ou com alguma arte que possua o mesmo estilo de socos que o boxe (ex.: muay thai) poderia me dar umas dicas e informaçoes?

Offline Tsuki

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.054
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #1 Online: Fevereiro 24, 2012, 14:57:17 »
Quando treinava com uma equipe de MMA, treinei muito boxing e MT. Não sei te dizer como consigo conciliar, apenas consigo. mas vou pensar nisso com calma, e se achar minha resposta, te passo ela.

GAMBATE!!!
Oq define um bom Karateka segundo Shoshin Nagamine:

"Punho infernal, coração santo."

Offline Andrews Moura

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 175
  • Votos: +0/-0
  • Nunca, nunca desistas...
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #2 Online: Fevereiro 24, 2012, 15:10:53 »
Oss Gon  acho que a questão não é conciliar e sim saber separar as coisas.

Abraço.
"Tenha coragem de seguir o que seu coração e sua intuição dizem. Eles já sabem o que você realmente deseja. Todo resto é secundário" (Steve Jobs)

Offline Alexander dos santos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.011
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #3 Online: Fevereiro 24, 2012, 15:34:13 »
Eu creio que é possível vc usar as duas artes em um determinado momento de uma luta de MMA. Eu explico...

O que vc faz no karatê, não será aplicado em uma luta de boxe, e vice versa. Porém, é possível vc mesclar e usar para atender circunstâncias de uma luta, aplicar golpes de ambas as lutas de forma combinada.

Problema: Você não conseguir separar e começar a travar demais seus golpes no boxe, o que te tornará um boxer ruim, ou começar a perder a forma no karatê, o que te fará um karateca ruim...

No mais, um abraço e fique com Deus!!!

Offline Tsuki

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.054
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #4 Online: Fevereiro 24, 2012, 15:51:00 »
Eu vi um vídeo, não sei se foi aqui ou em outro site, de uma luta de rua. O grandão quebra um cara do seu teamnho usando o boxe. Depois entra um cara com uns 20 kilos a menos. Esse cara parecia mesclar bem o karate e o boxe. Usava o boxe quando estava mais próximo e o karate quando estava numa distancia maior. Ele simplesmente nocauteou o grandão  usando guiako's na barriga do cara e jabs cruzado na cabeça. O cara tinha a rapidez e a movimentação caracterisca do karate.
Oq define um bom Karateka segundo Shoshin Nagamine:

"Punho infernal, coração santo."

Offline GUICOMES

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.282
  • Votos: +0/-0
  • Rio Grande do Sul. Superior.
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #5 Online: Fevereiro 24, 2012, 17:30:49 »
Eu treino boxe. Não sei se vejo tudo diferente, mas pra mim é muito tranquilo conciliar tudo. Em iniciantes certamente atrapalha e pode dar "tilt" na minha opinião, mas no meu caso só soma.
Soco é soco, não largo boxe nunca mais.
Treine o que funciona, descarte o que não funciona ou é menos prático. Quem treina igual aos outros tende a ser como o resto.
You are all aware of the price of failure. (skeletor)

Offline Lourival Silva

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 430
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #6 Online: Fevereiro 24, 2012, 17:37:33 »
Citação de: Gon
Comecei a fazer boxe recentemente para servir de complemento para meu karate. Faz um tempo que tenho sentido vontade de treinar tal arte, e a princípio gostei bastante.

Porém a primeira coisa que notei foi a inexistencia do conceito de "kime" no boxe. Enquanto no kihon do karate o individuo soqueia, contrai o corpo rapidamente e em seguida relaxa e aguarda a contagem do proximo soco, no boxe o praticante bate e volta, como chicote. Não existe "trancada".

Outro aspecto é a base, no Karate a coluna fica reta e os gluteos pra "dentro", enquanto no boxe a coluna fica ligeiramente curva e a bunda fica "sentada" no ar.

Como conciliar essas diferenças tao marcantes?
Algum karateca do fórum que tenha experiencia com boxe ou com alguma arte que possua o mesmo estilo de socos que o boxe (ex.: muay thai) poderia me dar umas dicas e informaçoes?

Karate / tae kwon do / kung fu + box = kickboxing / fullcontact

Leia sobre a historia do kickboxing americano e vc entendera como conciliaram estas artes marciais e chegaram a um resultado tão bacana.

OSS!

Offline Sato/

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 78
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #7 Online: Fevereiro 24, 2012, 20:12:48 »
Eu vi um vídeo, não sei se foi aqui ou em outro site, de uma luta de rua. O grandão quebra um cara do seu teamnho usando o boxe. Depois entra um cara com uns 20 kilos a menos. Esse cara parecia mesclar bem o karate e o boxe. Usava o boxe quando estava mais próximo e o karate quando estava numa distancia maior. Ele simplesmente nocauteou o grandão  usando guiako's na barriga do cara e jabs cruzado na cabeça. O cara tinha a rapidez e a movimentação caracterisca do karate.

Foi aqui sim, eu postei o vídeo na época para tentar mostrar a diferença de pressão e perigo que há num shiai de campeonato e uma luta real.

O rapaz que venceu é bem mais leve, é faixa preta e tinha uma carreira principiante no kickboxing. 
Legal ouvir o pessoal do corner do fortão que não achava a distância de jeito nenhum dizendo: Don't play his game, Ray , hehe.



Na revanche o adversário entrou mais cuidadoso e com respeito, mas ainda assim o melhor sempre vence. O domínio de distância e golpes retos mataram o boxeador.
 


Obs: não gosto de briga de rua, acho o Kimbo um marginal, etc... o vídeo é apenas para exemplificar as técnicas.
« Última modificação: Fevereiro 24, 2012, 20:17:38 por Sato/ »

Offline Marquinhos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 537
  • Votos: +0/-0
  • Hatsu Un Jin Do
    • Marcos Piolla Pugnax Animation
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #8 Online: Fevereiro 24, 2012, 21:14:19 »
Gon, eu acho que o problema está nos diferentes objetivos de cada sistema. No boxe ou boxe tai, o princípio é ir minando as defesas e energias do oponente que, sem condições, comete um erro, se expõe e um golpe finalizador acontece.

No Karate isso não é uma opção. Primeiro porque não treinamos para isso e, se tentarmos, vamos perder, segundo porque foi desenvolvido para defesa pessoal e não embates desportivos e, portanto, o golpe incapacitante é primordial. Alguns falam, inclusive de ataque preemptivo e até defendem que isso não conflita com "Karate ni sente nashi". Eu concordo.

Uma vez, ha alguns anos, o Lyoto estava na minha casa de visita aqui no Rio treinando com o Pedro (Rizzo). Comentava a dificuldade que tinha ao treinar com o Pedro. Expliquei pra ele que, como somos amigos de infância e eu sendo 7 anos mais velho, o Pedro cresceu sabendo como lidar com um karate-ka e, por isso, neutralizava o jogo dele (além da diferença de peso, claro), mas o fator primordial era o "kime".

O kime (conceito controverso do qual eu tenho minhas próprias definições, mas não vem ao caso agora) é muito dispendioso, em termos de energia. Agente cansa muito. Dentro do princípio do Karate é válido pois, como Yahara Sensei define muito bem, todo movimento do karate-ka é um sutemi waza, no sentido que, ao mergulhar preparado para morrer, não nos preocupamos se vamos cansar ou não. É preto ou branco. Erro ou acerto. Vida ou morte.

Por isso ele defende que cada técnica deve ser aplicada com o máximo de comprometimento e, como diríamos, sem que houvesse amanhã. Mas e se houver? Como ficamos? E o zanshin?

Bem, aí a porca torce o rabo, pois golpes com kime cansam demais e, no caso de uma luta mais parelha, onde é preciso ir aguentando o tranco até, se der, nocautear. Os golpes do boxe, nesse caso, servem melhor para esse propósito.

Muhamad Ali sempre dizia que os golpes que mais cansam são os que erramos e passam no vazio e olha que ele não sabia o que é kime...

Meu humilde conselho é treinar as duas formas e não confundí-las. Use o kime (se quiser) para finalizar e os golpes de boxe para ir minando, se for necessário, até poder definir a luta, senão, vai abrir o bico e, aí, já era.

OSS!
Marcos Piolla - OSS!
--------------------------------------
空手道は礼に始まり、礼に終る事を忘れるな。
"Karate-Do começa e termina com respeito"
Shoto - Funakoshi

Offline Sato/

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 78
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #9 Online: Fevereiro 25, 2012, 00:06:03 »
Bom ver o colega de arte Marquinhos com esses contatos do naipe do Rizzo e Lyoto, tá mal de treinos hein.

É por aí mesmo, no boxe por mais que haja lutadores de pegada, há também os esgrimistas, uma luta pode durar 12 assaltos então se vence por pontos mesmo, KO só se o adversário falhar.

No boxe tailandes é ainda pior se você pegar lutas de tailandeses mesmo dos estádios tradicionais que nem Lumpinee em Bangkok, eles lutam de acordo com as regras. Geralmente vence quem da mais chutes na guarda do outro e quem anda sempre para a frente. Socos não valem quase nada na pontuação. KO é algo raro em lutas importantes.

Isso de arrastar a luta não tem nada a ver com karate porque karate é arte marcial, não esporte , então temos que bater para matar em cada golpe, não pode ter segunda chance.
Por isso também antigamente se forjavam as Armas do corpo tais como seiken e nukite, muitos ganharam pelas atroses com treinos em caixa de areia e makiwara.
Acredito que o karate antigo tinha alguns golpes estilo kravmaga mesmo, os quais principalmente o Funakoshi retirou.

Offline Shodo

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 362
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #10 Online: Fevereiro 25, 2012, 10:48:36 »
Conciliar duas artes marciais de contato totalmente diferentes realmente é muito dofícil. São mentalidades diferentes. Tentei conciliar karate e TKD foi um fracasso.

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.935
  • Votos: +1/-19
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #11 Online: Fevereiro 25, 2012, 11:06:51 »
treinar Boxe e Karate pode ser bom pra quem nao quer profuniddade na Arte Marcial.
Quem quer 2 coelhos fica sem nenhum.]

MMA não é Karate e nem pretende ser.
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline Emanuel

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 92
  • Votos: +0/-1
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #12 Online: Fevereiro 25, 2012, 11:21:45 »
Oss
Como bem colocou o Marquinhos, kime é o ponto chave do Karatê-DO e as explicações do Yahara não deixam dúvidas.

No meu entendimento kime é uma coisa e o Ikken Hitastu "golpe definitivo" é outra, são semelhantes mas tem suas diferenças pontuais.
O kime defini-se como o ponto de explosão máxima de um golpe de karatê. Método pelo qual o karateca deve treinar para desenvolvê-lo a cada golpe executado.
O hikken hitatsu "parar o adversário com um só golpe" envolve muito mais do que o kime apenas, muitas pessoas acabam por entender este conceito como sendo apenas a aplicação de força física máxima em um golpe no adversário, o que no meu entendimento vai muito além disso, aplicar o hikken hitatsu envolve outras questões além do kime: tempo, distância e  velocidade exatos para parar o oponente com um golpe apenas.

Longe de mim querer ter a verdade absoluta em minhas linhas, mas é o que penso e busco aplicar diariamente em meus treinamentos.

Oss!

Offline Tsuki

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.054
  • Votos: +0/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #13 Online: Fevereiro 25, 2012, 12:15:29 »
Gon, eu acho que o problema está nos diferentes objetivos de cada sistema. No boxe ou boxe tai, o princípio é ir minando as defesas e energias do oponente que, sem condições, comete um erro, se expõe e um golpe finalizador acontece.

No Karate isso não é uma opção. Primeiro porque não treinamos para isso e, se tentarmos, vamos perder, segundo porque foi desenvolvido para defesa pessoal e não embates desportivos e, portanto, o golpe incapacitante é primordial. Alguns falam, inclusive de ataque preemptivo e até defendem que isso não conflita com "Karate ni sente nashi". Eu concordo.

Uma vez, ha alguns anos, o Lyoto estava na minha casa de visita aqui no Rio treinando com o Pedro (Rizzo). Comentava a dificuldade que tinha ao treinar com o Pedro. Expliquei pra ele que, como somos amigos de infância e eu sendo 7 anos mais velho, o Pedro cresceu sabendo como lidar com um karate-ka e, por isso, neutralizava o jogo dele (além da diferença de peso, claro), mas o fator primordial era o "kime".

O kime (conceito controverso do qual eu tenho minhas próprias definições, mas não vem ao caso agora) é muito dispendioso, em termos de energia. Agente cansa muito. Dentro do princípio do Karate é válido pois, como Yahara Sensei define muito bem, todo movimento do karate-ka é um sutemi waza, no sentido que, ao mergulhar preparado para morrer, não nos preocupamos se vamos cansar ou não. É preto ou branco. Erro ou acerto. Vida ou morte.

Por isso ele defende que cada técnica deve ser aplicada com o máximo de comprometimento e, como diríamos, sem que houvesse amanhã. Mas e se houver? Como ficamos? E o zanshin?

Bem, aí a porca torce o rabo, pois golpes com kime cansam demais e, no caso de uma luta mais parelha, onde é preciso ir aguentando o tranco até, se der, nocautear. Os golpes do boxe, nesse caso, servem melhor para esse propósito.

Muhamad Ali sempre dizia que os golpes que mais cansam são os que erramos e passam no vazio e olha que ele não sabia o que é kime...

Meu humilde conselho é treinar as duas formas e não confundí-las. Use o kime (se quiser) para finalizar e os golpes de boxe para ir minando, se for necessário, até poder definir a luta, senão, vai abrir o bico e, aí, já era.

OSS!

Esse conceito de Yahara sensei, é um conceito totalmente japones, que está integrado em todas as artes marciais Japonesas! Aprendi isso no kendo! Em colocar tudo que vc tem em um golpe, pq se vc errar, vc está morto, mas se acertar, vc matou. De qualquer forma a luta acabou! Então não ah motivos para guardar energia para um próximo golpe.
Oq define um bom Karateka segundo Shoshin Nagamine:

"Punho infernal, coração santo."

Offline Platão

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 270
  • Votos: +1/-0
Re:Conciliar boxe com karate!
« Resposta #14 Online: Fevereiro 25, 2012, 19:38:03 »
Acho Boxe legal, sou fã da série de filmes Rocky Balboa, rs! Na hora dos treinos quando penso em desanimar ou sinto cansaço, lembro das cenas dos filmes do Rocky para me dar um gás motivacional.
Primeiramente, Boxe não é considerado arte-marcial, é somente uma luta.
Segundo, acho que o soco do Karate é totalmente diferente do Boxe (já fiz Boxe-Chinês uns meses). Boxe não tem defesa, apenas se fecha e esquiva.
Bom, acho que você vai querer misturar as duas e não vai dar certo. Se for para complementar , se tivesse tempo faria um Judô, meu sonho de consumo, já que queda e chão são quase nulos no Karate!