Autor Tópico: Richard Amos - Hombu Dojo 1994  (Lida 1764 vezes)

Offline RoSuhr

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 21
  • Votos: +0/-0
Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Online: Janeiro 17, 2013, 19:57:38 »

Offline GUICOMES

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.282
  • Votos: +0/-0
  • Rio Grande do Sul. Superior.
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #1 Online: Janeiro 17, 2013, 20:05:40 »
Gostei muito do clipe... Pra mim o melhor treino no Shotokan.
Treine o que funciona, descarte o que não funciona ou é menos prático. Quem treina igual aos outros tende a ser como o resto.
You are all aware of the price of failure. (skeletor)

Offline Cabadapest

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 987
  • Votos: +0/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #2 Online: Janeiro 17, 2013, 21:14:48 »
Ótimo exercício.
Fica muito difícil de fazer com o M. Kagawa descendo a marreta. O cara sobra em cima dos os outros.

Oss!
"Aquele que está consciente de suas próprias fraquezas será senhor de si mesmo em qualquer situação." Funakoshi.

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.935
  • Votos: +1/-19
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #3 Online: Janeiro 17, 2013, 21:40:26 »
neste video ai o Kagawa nao precisava acertar aquele mawashi na crocodilagem no final. Nao acho que ele tava sobrando, o pessoal ali, especialmente o Richard estava parelho com ele.
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline Mestre Luciano

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 728
  • Votos: +0/-0
  • Treinando com afinco para lapidar o espírito.
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #4 Online: Janeiro 17, 2013, 21:46:11 »
Achei que o Kagawa tinha/tem um "problema" com o sensei Richard Amos, percebi umas faíscas entre os dois! rs

OSS
ルチアーノ - Luciano - Karateca e Judoca.
Kyokai Karatê Dojo        www.kyokai.com.br

O Karatê deve ser treinado e não discutido. OSS

Offline GEM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.661
  • Votos: +0/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #5 Online: Janeiro 17, 2013, 21:58:10 »
Todas as lutas até hoje que vi do Kagawa, ele fica com aquele "ar" de superioridade, beirando a prepotência, com a guarda baixa e aí quando leva uma, fica "nervosinho" e apela.
Não quer dizer que ele seja sempre assim, vai ver que eu é que dei azar e só as que vi foram assim... ::) ::) ::)
« Última modificação: Janeiro 18, 2013, 23:34:16 por GEM »
Karate Wado Ryu

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #6 Online: Janeiro 17, 2013, 23:15:56 »
   Sejam sinceros: quem atualmente faz este "quase" jyu ippon (tem  nome mas eu não sei qual é)? Não precisa ser com esta contundência.
    Considero este tipo de treinamento, levado a sério, uma das partes mais eficazes no desenvolvimento da prática do karatê.
   Não é jyu ippon porque eles não dizem o nível e ainda o defensor pode atacar antes, caso detecte que o agressor tenha entrado em seu raio de ação de mãos/pés.
« Última modificação: Janeiro 17, 2013, 23:17:28 por BigBoy »

Offline Felipe Andrade

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 679
  • Votos: +0/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #7 Online: Janeiro 18, 2013, 00:35:40 »
fizemos esse treino aqui hoje...
Furimukeba Tiisana Kinou, Me wo agereba Mugen no Ashita

Offline GUICOMES

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.282
  • Votos: +0/-0
  • Rio Grande do Sul. Superior.
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #8 Online: Janeiro 18, 2013, 08:59:51 »
  Sejam sinceros: quem atualmente faz este "quase" jyu ippon (tem  nome mas eu não sei qual é)? Não precisa ser com esta contundência.
    Considero este tipo de treinamento, levado a sério, uma das partes mais eficazes no desenvolvimento da prática do karatê.
   Não é jyu ippon porque eles não dizem o nível e ainda o defensor pode atacar antes, caso detecte que o agressor tenha entrado em seu raio de ação de mãos/pés.

No dojo do meu sensei, depois de kihom, essa é a base do treino.
Isto sim é jiyu ippon! ??? ??? Avisar altura não tem sentido neste treino, só no kihom ippom ao meu ver.
O defensor lançar ataque preemptivo também, afinal sen no sen é uma forma de defesa, como os outros tempos do karate.
Treinamento diário pra marrom e preta. Por isso que eu digo... Tendo 2, qual o sentido de treinar sozinho no vento? Desperdício.
Não achei o treino (no geral) tão contundente que não possa ser feito todo dia. Além disso só usaram técnicas de competição, nada mais difícil de controlar como um golpe de cotovelo. Sempre fizemos assim.
Treine o que funciona, descarte o que não funciona ou é menos prático. Quem treina igual aos outros tende a ser como o resto.
You are all aware of the price of failure. (skeletor)

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #9 Online: Janeiro 18, 2013, 09:16:47 »
   Sim, esta prática pode ser realizada em todos os treinos. Também concordo. Mas a impressão que me passou, a forma com a qual os golpes estavam entrando, é coisa pra sair com dente mole, beiço inchado, costela trincada. E, para se repetir isso o tempo todo... fica quase que impossível.

   Mas agora fica a pergunta: em jyu ippon kumite, tem de ser dito o nível do golpe? Indicar a referência bibliográfica, por favor.

Offline GUICOMES

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.282
  • Votos: +0/-0
  • Rio Grande do Sul. Superior.
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #10 Online: Janeiro 18, 2013, 09:30:45 »

   Mas agora fica a pergunta: em jyu ippon kumite, tem de ser dito o nível do golpe? Indicar a referência bibliográfica, por favor.

Se tem ou não, por alguma convenção, nem ideia... Só acho que contraria o sentido do treino. Treino livre de um passo.
Avisar a altura tem o mesmo valor de avisar que golpe vem... Não avisar a altura tem o mesmo valor de não avisar que golpe vem. Jiyu ippon é um treinamento de reflexo. Pra iniciar já se usa o kihom ppon onde é tudo combinado.
Mas claro, isso varia de acordo com a vontade dos praticantes no dia. Nada tem que ser muito rígido, justamente pra desenvolver o que precisa.
Provavelmente vai se avisar a altura pra um iniciante em jiyu ippon kumite, e não vai se avisar pra praticantes mais avançados. Deveria ser assim não?
Treine o que funciona, descarte o que não funciona ou é menos prático. Quem treina igual aos outros tende a ser como o resto.
You are all aware of the price of failure. (skeletor)

Offline katsumoto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.935
  • Votos: +1/-19
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #11 Online: Janeiro 18, 2013, 09:31:14 »
Em Jyu Ippon o golpe deve sim, ser avisado. Esse é o basico.Mas existe a forma avancada , que é extamente o que eles estao fazedno.
Acho que as pessoas ainda nao entenderam que ali é o treinamento dos Instrutores da JKA..ali..pode tudo.
KATSUMOTO-Prof. Roberto Sant Anna

Offline Platão

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 264
  • Votos: +1/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #12 Online: Janeiro 18, 2013, 13:24:16 »
O pior desses socos é no meio do peito, depois do terceiro, o indivíduo já está dolorido e com medo de levar mais.

Offline Rodrigo (Rodfu)

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 776
  • Votos: +0/-0
Re:Richard Amos - Hombu Dojo 1994
« Resposta #13 Online: Janeiro 18, 2013, 21:33:08 »
  Sejam sinceros: quem atualmente faz este "quase" jyu ippon (tem  nome mas eu não sei qual é)? Não precisa ser com esta contundência.
    Considero este tipo de treinamento, levado a sério, uma das partes mais eficazes no desenvolvimento da prática do karatê.
   Não é jyu ippon porque eles não dizem o nível e ainda o defensor pode atacar antes, caso detecte que o agressor tenha entrado em seu raio de ação de mãos/pés.

No dojo do meu sensei, depois de kihom, essa é a base do treino.
Isto sim é jiyu ippon! ??? ??? Avisar altura não tem sentido neste treino, só no kihom ippom ao meu ver.
O defensor lançar ataque preemptivo também, afinal sen no sen é uma forma de defesa, como os outros tempos do karate.
Treinamento diário pra marrom e preta. Por isso que eu digo... Tendo 2, qual o sentido de treinar sozinho no vento? Desperdício.
Não achei o treino (no geral) tão contundente que não possa ser feito todo dia. Além disso só usaram técnicas de competição, nada mais difícil de controlar como um golpe de cotovelo. Sempre fizemos assim.



Cara, acho que diariamente não é pra qualquer um. Embora eu ache que este não é o pior treino de instrutores certamente é bem forte. O vivente fica meio sequelado, gente que trabalha em outras coisas fica prejudicada. Mas é um treino excelente. Só pode sair gente boa, treino forte com Yahara, Kagawa, etc..Tudo é questão de investimento (nem tanto financeiro, talvez mais energia que dinheiro): local estruturado, excelentes professores, alunos talentosos formando um grande grupo. Fórmula de sucesso certo.


O Kagawa sempre me pareceu mais apático que marrento. Não que faça diferença, gostaria de fazer algum curso com ele de qualquer maneira.
Abraços,
Rodrigo