Páginas: [1]
  Imprimir  
Autor Tópico: Mestre Asai e arte do Kyusho Jitsu  (Lida 3302 vezes)
Arivaldo
Hero Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1.328



« : Julho 12, 2008, 08:25:37 »

Procurando conhecer um pouco mais sobre Mestre Asai e lendo sua entrevista no site da Kyokai que foi traduzida pelo nosso amigo Fernando (Simões) não poderia passar em branco o conhecimento que ele possuia sobre os pontos vitais. Mestre Asai era um profundo conhecedor do Kyusho jitsu conhecimento esse que deve ter vindo do seu estudo do white crane kung fu já que o karate moderno perdeu esse conhecimento de ataques aos pontos vitais. NO site da Kyokai mestre Asai nos explica a relação que existe no ataque aos pontos vitais com o Ki ou Chi e os meridianos e a relação dessa energia quando circula pelo doze meridianos. Para nós esse método obscuro pode parecer fantástico, e mesmo que nunca tenhamos visto sua prática, não podemos negar sua existência, principalmente, porque quem está relatando sobre esse assunto é um dos mestres mais nótaveis do nosso karate-do. A tradução completa para quem quiser ler na sua totalidade encontra-se no site da Kyokai. Leiam esse parte da entrevista do Mestre Asai “Os pontos vitais (Kusho) e
a palma da mão treinada na Areia de Ferro (Tessa-Sho)"

http://www.kyokai.com.br/materiaasai.htm 

Ari - Santos/SP

Registrado
vagner.net
Newbie
*
Offline Offline

Mensagens: 6


"Urban Legio Omnia Vincit"


« Responder #1 : Julho 14, 2008, 10:35:01 »

Ótima indicação. Li essa matéria na sexta-feira(11/07/08), e é simplesmente inspiradora. Vale a pena para qualquer karateca reavaliar a sua disciplina e dedicação ao Karate-Do.

Boa leitura a todos.

Oss.
Registrado
RicardoCosta
Hero Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1.590



« Responder #2 : Julho 15, 2008, 11:26:25 »

 Chocado
Fantástico....
É por isso que para mim, Asai Sensei foi o maior gênio que o Karatê Do conheceu....sem desmerecer muitos outros grandes mestres, mas Asai foi um daqueles que nasce a cada 100 anos....

OSS
Registrado

Ricardo Costa
Máxima força, sempre!
Páginas: [1]
  Imprimir  
 
Ir para: