Autor Tópico: Aprendendo com o AIKIDO  (Lida 9316 vezes)

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Online: Julho 03, 2006, 15:43:57 »
Quando escrevo karate X Aikido não estou me referindo ao confronto de um karateca com um praticante de aikido. Mas pelo zelo que um praticante de aikido tem pela sua arte marcial. O praticante de aikido tem verdadeira adoração pelo seu dojo e dele cuida como se fosse sua casa sendo muito comum após o treino os alunos cuidarem da limpeza e manutenção do dojo.

No mês de junho tivemos um seminário internacional de akido com a vinda do novo DOSHU e segundo a publicação do Instituto Takemussu esse seminário teve a participação de 2.015 pessoas participando (treinando).

Onde no karate reuniríamos um numero tão expressivo como esse. Já vieram ao Brasil os seguintes mestres: Nakayama (líder da escola shotokan JKA);  Katsuya Miyahira (líder da escola shorin ryu); Hidetaka Nyshiama (líder da tradicional) e alguns  campeões que vão desde Tanaka, Yamamoto, Yokomichi etc., e não conseguimos reunir nem 150 (cento e cinqüenta) pessoas para participar do treinamento. Acredito que devíamos a exemplo dos praticantes do aikido aprender a respeitar e valorizar mais nossa arte marcial.  O aikido é uma das artes marciais que mais tem crescido e olha que nem competição tem para servir de propaganda.

O que está faltando aos praticantes de karate ???????????????

Oss

Ari - Santos/SP

Offline Emma

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 68
  • Votos: +0/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #1 Online: Julho 03, 2006, 16:07:54 »
Talvez, Ari... uma das razões seja por não ter competição, como vc mesmo disse. A competição é bom, faz propaganda, mas por outro lado a arte fica muito "dividida", "julgada", menos arte e mais esporte... sei lá. A quantidade de "federações" não é o que importa... acho eu.

Offline Hapli-Komo-Leu

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 605
  • Votos: +0/-0
    • http://
Sem amor
« Resposta #2 Online: Julho 03, 2006, 16:19:55 »
OSS!
Eu acho que Emma tem razão,mas em um País que o povo não tem respeito pelas crianças,pelos idosos,pelos animais,pela natureza e, nem pela sua própria casa, será que teriam respeito e amor pelo Dojo?
Esquece Ari,é como eu falei em tópico anterior,o Karate é feito para poucos,haja visto que de cada 1000 que começam,só permanecem 2 ou 3.
É a seleção natural!
OSS!
Hapli

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #3 Online: Julho 03, 2006, 17:28:12 »
esta seleção natural tbm acontece no Aikido na verdade acontece em qualquer arte marcial seria que segue o bushido, competindo ou não.


OSS

Offline RicardoCosta

  • Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.591
  • Votos: +2/-1
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #4 Online: Julho 03, 2006, 19:20:23 »
Olá amigos.

Eu sou um sonhador. Ainda acredito na possibilidade de ver, pessoas apaixonadas pelo karatê como no passado. Quando eu treinava em Rib. Preto havia todo esse amor e cuidado de nossa parte para com o Dojo. É verdade que não eram todos, mas muitos cuidavam do Dojo como se fosse sua própria casa. Eu mesmo, sendo adolescente na época, amava passar o dia todo no Dojo. Treinava, dormia, e ajudava a limpá-lo. Penso que precisamos ensinar nossos alunos a amarem o karatê como uma parte de sua vida.
Oss.
Ricardo Costa
Máxima força, sempre!

Kaiko

  • Visitante
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #5 Online: Julho 04, 2006, 09:41:48 »
Olá amigos,

Um bom exemplo a respeito deste assunto : há algum tempo, para ser mais preciso, desde fevereiro, o pessoal de meu dojo treina em locais improvisados. Saímos do antigo prédio e desde então, procurávamos um salão para alugar. Há uns 20 dias, encontramos um espaço e no último sábado, fomos lá limpar todo o local, pois instalamos os vestiário e ficou uma sujeirada só, e montamos todo o tatame. Foi um trabalho feito de coração, e todos que participaram ficaram muito gratificados e satisfeitos. Creio ser este o espírito aqui colocado.
Quanto ao Aikido, concordo que, como todas as artes marciais, tem suas divisões e subdivisões, mas 2000 pessoas em um seminário!!! É algo para se admirar. E como tudo funciona como lição, acho importante ponderar sobre os pontos positivos da arte e transportá-las ao karatê. Claro, essa é uma visão simplista, mas tudo deve ter um ponto de partida. A princípio, creio que o fato de não existir competição, e consequentemente, o EGO ser menor e por conta disso existir menos plorifelação de federações, contribui enormemente ao sucesso do Aikido.

OSS.

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #6 Online: Julho 04, 2006, 09:58:47 »
É só entrarem no site do Instituto Takemussu ou FEPAI que lá tem foto dos participantes. Eu nunca vi nesse tempo que tenho de karate em qualquer seminário, gashuku, clinica etc., mais que 150 ou 200 (estourando) pessoas participando é esse número e recorde no karate.
Agora imaginem 2.015 pessoas. E o karate e uma das arte marciais que tem o maior número de praticantes no Brasil perdendo acho que apenas para o judo.
Essa frase que o Ricardo escreveu acho que mata a charada "Penso que precisamos ensinar nossos alunos a amarem o karatê como uma parte de sua vida" acredito que só assim poderemos atrair bons praticantes.

Oss,

Ari - Santos/SP

Offline Luiz

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.124
  • Votos: +1/-1
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #7 Online: Julho 04, 2006, 10:28:56 »
Além disso Prof. Ari, acredito que o que o Kaiko colocou é muito interessante, a proliferação de federações é um cancer para o karate.

OSS...
"Aqui se cultiva o corpo e a mente"

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #8 Online: Julho 04, 2006, 10:41:10 »
Com certeza Luiz. Esse é outro grande problema........éramos feliz e não sabíamos quando tinha apenas uma entidade.

Oss,

Ari - Santos/SP

Offline fran

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 409
  • Votos: +0/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #9 Online: Julho 04, 2006, 12:29:02 »
Resumidamente,
Podemos e devemos nos espelhar no que esta dando certo e aproveitar para tirarmos boas atitudes e bons exemplos.
No Karatê pelo seu crescimento, popularização e divulgação nos anos passados tornou-se uma coisa muito grande e dai vieram alguns problemas e dificuldades.
O ideal agora é não ficar apenas discutir o como deveria ser mas estar atendo ao que é...e melhorar.

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #10 Online: Julho 04, 2006, 12:52:30 »
Ari

vej a este site de Aikido www.aikidofia.com.br, é mais uma federação. Assim como no Karate o Aikido tem varias federações.

OSS

Offline TaeKwonDo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 713
  • Votos: +0/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #11 Online: Julho 04, 2006, 13:11:51 »
OSS
Eu vejo inumeras academias de Karate e só conheço uma de aikido o que ocorre será que a mentalidade dos praticantes é outra?Reunir mais de 2000 pessoas com vontade de aprender é muita coisa 8O .

Offline Arivaldo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.357
  • Votos: +2/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #12 Online: Julho 04, 2006, 15:21:03 »
Eu sei Samurai, tem vários grupos no Brasil; kwai, Fepai, Takemussu, Ricardo leite, Severinos Salles, Tomiki etc. mas escolhe um mestre de karate e organiza um seminário. Vamos ver quantos karatecas vc consegue colocar nesse seminário ? Mesmo tendo muitas organizações, os praticantes de Aikido prestigiam a sua arte marcial. Infelizmente essa é a nossa realidade e que precisamos mudar.

Oss,

Ari - Santos/SP

Offline samurai

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.184
  • Votos: +0/-0
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #13 Online: Julho 04, 2006, 15:23:39 »
Isso é verdade.

OSS

Offline Simoes

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 621
  • Votos: +4/-0
    • http://www.kyokai.com.br
Aprendendo com o AIKIDO
« Resposta #14 Online: Julho 04, 2006, 17:01:46 »
È realmente impressionante colocar 2.000 pessoas em um curso de artes marciais ou será que não, tenho uma revista veja Rio que fala o número de praticantes de artes marciais no Brasil: o Judo tem quase 1 milhão de praticantes, em segundo vem a Capoeira, e em terceiro vem o Karete que segundo a revista tem 120.000 praticantes em todo o Brasil.

Com este número seria teoricamente fácil fazer um curso com 2.000 pessoas, o problema é o vulto da divisão que o Karete tomou no mundo todo, o que claro reflete no Brasil. Acho muito difícil esse quadro se reverter o Karate não tem uma pessoa que seja unanimidade como líder e Karateca, é só procurar neste fórum mesmo, tem sempre alguém falando alguma coisa ruim de Asai, Nishyama, Abe, Kanasawa, Iahara, Tanaka, Shogi JKA, JKS, WKF, ITKF, JKI, IJKS, não temos uma pessoa ou entidade que possa unir novamente o Karate.

No Aikido a apesar das federações a família do Moriei Ueshiba ainda continua com muito prestigio, e eu já ouvi até alguns amigos que praticam o Aikido, que chamam o filho (ou neto) do Moriei Ueshiba de príncipe do Aikido, ele é a personalidade para onde todos convergem respeitam e admiram, com isso conseguem uma unidade muito maior que a nossa.