Autor Tópico: Até a Exaustão do Corpo e a Agonia da Alma  (Lida 769 vezes)

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.237
  • Votos: +1/-0
Até a Exaustão do Corpo e a Agonia da Alma
« Online: Fevereiro 19, 2012, 20:00:36 »
Houve uma frase dita pelo sensei Pedro num desses tópicos de fórum que mexeu comigo:

   >>> Repetir o movimento até a exaustão do corpo e a agonia da alma. <<<

   Arrepiam os pelos do braço até agora, só de escrever.

   Investigando aqui no fórum, notei que sensei Pedro atribuiu esta frase a sensei Higino.

   Indo atrás do post original onde nasceu a célebre frase me deparei com a mesma em:
   http://www.karateca.net/forum/geral/t4212/15

   Entretanto, uma lenda do karatê inspirou o colega a bolar tal frase. Por isso convido a todos a lerem o tópico inteiro em:
   http://www.karateca.net/forum/geral/t4212
   É importante o tópico inteiro, as duas páginas, porque a frase célebre é uma compilação do que ali está exposto, isto é, é mais fácil entendermos a mensagem.

   E contribuo com os colegas, pra suas práticas de kihons caseiros, ao som de heavy metal para aqueles que curtam, a treinarem séries de mae-gueri keague, partindo do zenkutsu básico (no Goju tem zenkutsu baixo e alto. Já no shotokan só tem um zenkutsu... logo... boa sorte....), até as coxas latejarem.

   O som, que dá pra ser tocado em modo "replay", é  Bloodline, do Slayer:
   http://www.4shared.com/mp3/ChwJ3ULT/slayer_-_bloodline.html

   Se sensei D´Elia falou em 2400 movimentos, sensei Higino falou em 798 movimentos, criem vocês, prezados camaradas, seus números mágicos.

[]´s
BigBoy