Autor Tópico: JKA 2012 - Brasileiro  (Lida 9676 vezes)

Offline ras

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 17
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #15 Online: Abril 19, 2012, 19:52:13 »
Havia um tópico mais antigo em que o colega BigBoy falava do karate "lero-lero" e do campeonato sul-sudeste... (poderiam colocar os vídeos não ?)

Essa dúvida já foi tirada. Eu vejo algum preconceito aqui contra o karate WKF, o que não é atitude de karateca.
Mas a dúvida já foi tirada. Quem não viu a situação dos atletas JKA contra o Aghayev, Lefevre, Gojukai, etc... Enfim essa de karate mais marcial não cola mais, estão defasados e sucateados.

Considerando a velocidade com que os atletas do pula-pula entram, certamente a pancada machuca quando entra, e com velocidade e fintas elas entram cedo ou tarde. Desculpem se ofendi alguém ou algo, mas é muito argumento superado.

Oss.
« Última modificação: Abril 19, 2012, 21:50:33 por ras »

Offline Shodo

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 362
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #16 Online: Abril 19, 2012, 20:01:03 »
Havia um tópico mais antigo em que o colega BigBoy falava do karate "lero-lero" e do campeonato sul-sudeste... (poderiam colocar os vídeos não ?)

Essa dúvida já foi tirada. Eu vejo algum preconceito aqui contra o karate WKF, o que não é atitude de karateca.
Mas a dúvida já foi tirada. Quem não viu a situação dos atletas JKA contra o Aghayev, Lefevre, Gojukai, etc... Enfim essa de karate mais marcial não cola mais, estão defasados e sucateados.

Considerando a velocidade com que os atletas do pula-pula entram, certamente a pancada machuca quando entra, e com velocidade e fintas elas entram cedo ou tarde. Desculpem se ofendi algum ou algo, mas é muito argumento superado.

Oss.

P Q P. comentário pertinente.Essa sua pequena explicação disse tudo. E só pra complementar, porrada é porrada, não importa como é dada. Posso colocar aqui lutas horríveis JKA,ITKF ou WKF. E quem acompanha as minhas participações sabem que sou capaz disso.

Offline Shodo

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 362
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #17 Online: Abril 19, 2012, 20:28:06 »
Só para completar a explanação acima:



Quem tiver coragem coloque a cara na reta.

Offline biancuzzi

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 201
  • Votos: +1/-0
    • Kenshusei Karate
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #18 Online: Abril 19, 2012, 21:06:13 »
Então Gem,

Sobre a 1ª citação
No caso do gyako (e isso é uma opinião minha), se ele vem desequilibrado, dificilmente derrubaria alguém. Na verdade seria mais fácil quem está aplicando o gyako cair.

2ª citação
Eu acredito. E acredito que exista em muitas academias. Contudo, estou me baseando nos comentários do amigo BigBoy. ele já havia feitos esses questionamentos em outro tópico e da forma como ele coloca, é essa a impressão que dá.

Veja...
Pra mim o que existe é KARATE. Ponto.
Não importa se é JKA, WKF, PQP.

Então, o karate tem que ser verdadeiro. Treinar só para campeonato não te torna um karateca. Te torna um atleta. O foco neste caso é só ponto. Relou, pontuou.
Por outro lado treinar paradão também não o faz eficiente numa luta. E como o karate É uma luta, você tem que aprender a se movimentar TAMBÉM.
Não deixem de acessar:
http://www.kenshuseikarate.com.br

Quer kimono de qualidade?
Acesse: http://loja.kenshuseikarate.com.br

Offline BigBoy

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.239
  • Votos: +1/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #19 Online: Abril 19, 2012, 21:07:21 »
Olhem só,

   Eu não quis levantar a lebre desta discussão exatamente. Confesso que meu texto possa ter causado confusão. Como os colegas já mencionaram, nós já discutimos isto em um tópico anterior, com os vídeos do companheiro Shodo.

   A minha pergunta foi outra: neste estilo de luta, com a suposta liberação de golpes com contundência para causar tais lesões, vale ainda a pena diante de alguns "atrasos" que os atletas andaram tomando?

   Bom, disso já me mandaram fazer balé, entre outras recomendações.

   Mas, neste meio-tempo, obtive a resposta de alguém com credenciais via MP e foi muito satisfatória.

   Não me levem a mal, mas prefiro manter isto em sigilo.

   Torço para que algum dia o karatê seja um só e os brasileiros retomem uma única direção.

[]´s
BigBoy

Offline biancuzzi

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 201
  • Votos: +1/-0
    • Kenshusei Karate
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #20 Online: Abril 19, 2012, 21:35:17 »
Considerando a velocidade com que os atletas do pula-pula entram, certamente a pancada machuca quando entra, e com velocidade e fintas elas entram cedo ou tarde.
Ras,
Desculpe meu ceticismo. Mas esse "acerta" não me parece "ACERTAR". Comentei em outro tópico que já treinei com gente que não aguentava certo contato e na hora de acertar quase se machucava sozinho. Via-se que faltava um bom e velho makiwara.

BigBoy,

Lesões podem sempre ocorrer. Para qualquer um que pratique algum esporte. Agora... não acredito que num alto nível de karate, seja JKA ou não, possa prejudicar alguém que o impeça a continuar a treinar por um longo tempo.
Não deixem de acessar:
http://www.kenshuseikarate.com.br

Quer kimono de qualidade?
Acesse: http://loja.kenshuseikarate.com.br

Offline Cabadapest

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 990
  • Votos: +2/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #21 Online: Abril 19, 2012, 21:42:16 »
Quem não acredita na imortalidade, taí um assunto eterno, lá vou eu:

Gostei da luta do 2° vídeo, não achei fraca.
Para dizer que o nível da JKA ta baixo tem que ter um parâmetro, em comparação a quê? a atletas profissionais como Aghayev da WKF?

Por outro lado, acho interessante que as falas de outros tópicos ecoam, exemplo "só existe karate bom e karate ruim". Então se fosse o caso, o nível dos vídeos de campeonatos, seja em nível estadual ou mundial, deixa bem claro a superioridade técnica dos competidores do "karate de moça", ou mesmo ter ou não a essência pura do karate se resumiria a quem é bom no koto, então 2 x 0  para os "pula-pula" , todavia na alta performance esportiva estão apenas a elite minoritária, atletas são construídos em centros de treinamento, não servindo para o que acontece no dia-a-dia de cada dojo, nem tão pouco para karatecas brasileiros.

Observações:
-Pela milésima: Karate de verdade só no dojo, esse lero-lero de que na WKF é assim, na JKA é doutro jeito, não cola. Dojos de várias siglas podem agregar os mesmos valores, quem conhece várias associações não param de dizer isto.
-Inventaram um negócio chamado protetor bucal, pra quê perder dentes? Sair de treino sequelado não é sinal de nada. Agora uns golpes chudan, uns hematomazinhos, escoriações, umas dorzinhas aqui e acolá depois de um jyu kumitezinho é bom demais.

Oss!!!!!




"Aquele que está consciente de suas próprias fraquezas será senhor de si mesmo em qualquer situação." Funakoshi.

Offline J.Lezon

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 897
  • Votos: +4/-8
  • José Lezon, Prof.Karate Wado-Kai
    • www.karate-wadokai.com
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #22 Online: Abril 20, 2012, 05:51:59 »
Meus amigos,

Para que não haja quaisquer dúvidas, vou repetir o que já algumas vezes disse neste fórum em outros tópicos e há muito tempo. Eu sou tradicionalista, mas como tenho olhos para ver e cabeça para pensar, não me permite ser radicalista e/ou fanático. Observo, analiso e concluo, o que não significa que possa estar sempre correto nas minhas conclusões, como é óbvio. Porém, procuro sempre ser o mais isento e claro possível e de forma que a minha consciência esteja também serena e sossegadinha.

Dada a experiência que tenho no Karate, e porque a juventude cada vez menos não quer  saber o que é o Karate tradicional, mas sim de competir para conquistar taças e medalhas, e ainda o sistema governamental premeia os vencedores, dando-lhes estatuto desportivo que os beneficia na entradas das universidades e empregos. Então, o Karate chega até eles a zuar nos ouvidos como uma modalidade com beneficios e ainda com a possibiliade de participarem nos JO. Tudo isto é o que lhes é incutido e não há nada a fazer.

Como eu me apercebi disso há uns bons 30 anos, então pensei envolver-me no Karate desportivo, não só por ver que esse era o principal caminho que a junventude queria, como também para verificar o que de bom e de mau teria o Karate competitivo. Assim fiz e assim consegui formar os melhores Karatecas de Kumite em Portugal, incluindo a minha filha e o próprio seleccionador de Portugal, que é meu genro.

Independentemente disso, e de reconhecer que o Karate Desportivo tem muitas coisas boas, continuo a afirmar que perfiro o Tradicional. Dito isto, quero somente fazer um repáro a todos quantos aqui no fórum divergem sobre a competição da WKF / JKA  ou outros.

Verifica-se que praticamente todos estão inflamados pelo seu ego, defendendo a sua dama, ao ponte de se radicalizarem nas opiniões, tornando-se assim impossível poderem ver e analisar as questões com olhos de ver e concluir.

Simplificando: tanto na WKF como na JKA, todas as provas são realizadas com Regras que lhes estão subjacentes. Quem infrigir essas mesmas regras, é penalizado. Na JKA que eu saiba, não se pode matar ninguém, assim como na WKF. O que interessa é o ponto a ser conseguido para vencer o combate, melhor dizendo e pela nova terminologia, o jogo. Então, para se vencer o jogo, é preciso criar-se estratégias, fintas, ter boa preparação física e mental, velocidade de explosão, etc, etc.

Então temos que analisar tudo isso na sua verdadeira essência e, sem defendermas a nossa dama, com olhos de ver, pensaremos todos com toda a certeza de que toda a estratégia e manancial técnico utilizado nas provas da WKF, está ultra avançado em relação ao que é demonstrado nas provas da JKA.                    


Pronto, disse o que tinha a dizer. Não sei se fui bem entendido, mas uma vez mais digo, as regras são para cumprir, e, dentro delas, uns são melhores que outros.

Hai!
Lezon  
« Última modificação: Abril 20, 2012, 05:57:54 por J.Lezon »
Technical Director of  Karate-do Wado Portugal Association, and Generel Manager JKF Wado-Kai of Portugal
and International Technical Director of Brasilian Karate-do Wado-Kai Association - Examiner oficial JKF Wado-Kai - 7º.Dan

Offline ras

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 17
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #23 Online: Abril 20, 2012, 09:58:13 »

Simplificando: tanto na WKF como na JKA, todas as provas são realizadas com Regras que lhes estão subjacentes. Quem infrigir essas mesmas regras, é penalizado. Na JKA que eu saiba, não se pode matar ninguém, assim como na WKF. O que interessa é o ponto a ser conseguido para vencer o combate, melhor dizendo e pela nova terminologia, o jogo. Então, para se vencer o jogo, é preciso criar-se estratégias, fintas, ter boa preparação física e mental, velocidade de explosão, etc, etc.

Então temos que analisar tudo isso na sua verdadeira essência e, sem defendermas a nossa dama, com olhos de ver, pensaremos todos com toda a certeza de que toda a estratégia e manancial técnico utilizado nas provas da WKF, está ultra avançado em relação ao que é demonstrado nas provas da JKA.                    



Colocação madura do Sensei Lezon, mas é legal a gente lembrar uma coisa:  As regras são fundamentais tanto para esporte como para o treinamento do dia a dia.

Que eu saiba ninguém no mundo treina o karate arte marcial pra matar mesmo, isso seria até burrice.
Podem dizer da boca pra fora que treinaram nos anos 70, japão, tudo o mais, mas certamente é papo porque treinando anos assim certamente aconteceriam sequelas muito graves, perda de olhos, paraplegia, etc...

Pra matar o melhor é 38 e fuzil, isso nas mãos de um marginal.
Karate não é pra isso, pelo menos no mundo civilizado em que estamos pensar uma coisa dessas é insano.
E se alguém pensar em defesa pessoal o karate dito pula-pula por muitos pode servir muito bem para isso pela extrema noção de distância que ele dá.

Acaba que tanto JKA, WKF são jogos, um deles sucateado e outro em vias de esporte olímpico.


Obs: Lezon, quem é o seu cunhado da equipe de Kumite portuguesa ?

Offline J.Lezon

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 897
  • Votos: +4/-8
  • José Lezon, Prof.Karate Wado-Kai
    • www.karate-wadokai.com
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #24 Online: Abril 20, 2012, 10:34:02 »
Caro Ras,

Não é meu cunhado mas sim meu genro. Em MP enviei-lhe os devidos esclarecimentos.
Hai!
Lezon
Technical Director of  Karate-do Wado Portugal Association, and Generel Manager JKF Wado-Kai of Portugal
and International Technical Director of Brasilian Karate-do Wado-Kai Association - Examiner oficial JKF Wado-Kai - 7º.Dan

Offline Alexander dos santos

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.011
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #25 Online: Abril 20, 2012, 10:41:51 »
Prezado ras,

Preparece para o linchamento que deve começar em breve...

Mas permita eu conversar com o amigo sobre o que escreveu...

Eu sou partidário de um treinamento lógico, saudável e até mesmo esportivo, mas de forma nenhuma podemos (e acho que o sensei Lezon e outros que também defendem o karatê como uma modalidade olímpica) esquecer de sua natureza marcial. O karatê é sim uma luta capaz de ser contundente a ponto de causar graves lesões ao oponente. Hoje, temos conhecimento para melhorar nossos treinamentos a ponto de alcançar níveis altos de marcialidade, sem grandes danos, mas não pense que nos anos 70 e até mesmo em meados dos anos 90, que são lendas as formas duras e pesadas de treinamento que existiam... Pessoas não chegavam a ficar sem uma vista ou paraplégicos, mas tinham seus maxilares quebrados, membros quebrados, e outras que hoje são inaceitáveis, mas que naquela época era muito comum. Não precisa muito... Observe os senseis antigos... veja as marcas que eles trazem do passado... veja as mãos deles... tem senseis que tem mãos deformadas devido a duros calejamentos que foram impostos no passado. Meu sensei que não é tão antigo assim, tem marcas nas pernas até hoje de treinamentos das décadas de 80 e 90. Não vou fazer discurso para esse tipo de coisas hoje, acho descabidos para a época, mas não podemos dizer que isso é lenda.

Um abraço e fique com Deus!!!

Offline Pedro

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2.859
  • Votos: +14/-25
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #26 Online: Abril 20, 2012, 10:45:43 »
Olá!
 Caro Ras, quero que me esclareça uma duvida:
A qual Karate Vc. afirma sucateado?
E se achar que deve, diga-me onde treina e que Karate pratica.
Oss
Pedro
Com o "Obi", amarre seu corpo ao seu espirito,e vai em frente.

Offline ras

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 17
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #27 Online: Abril 20, 2012, 11:36:53 »
Prezado ras,

Preparece para o linchamento que deve começar em breve...

Mas permita eu conversar com o amigo sobre o que escreveu...

Eu sou partidário de um treinamento lógico, saudável e até mesmo esportivo, mas de forma nenhuma podemos (e acho que o sensei Lezon e outros que também defendem o karatê como uma modalidade olímpica) esquecer de sua natureza marcial. O karatê é sim uma luta capaz de ser contundente a ponto de causar graves lesões ao oponente. Hoje, temos conhecimento para melhorar nossos treinamentos a ponto de alcançar níveis altos de marcialidade, sem grandes danos, mas não pense que nos anos 70 e até mesmo em meados dos anos 90, que são lendas as formas duras e pesadas de treinamento que existiam... Pessoas não chegavam a ficar sem uma vista ou paraplégicos, mas tinham seus maxilares quebrados, membros quebrados, e outras que hoje são inaceitáveis, mas que naquela época era muito comum. Não precisa muito... Observe os senseis antigos... veja as marcas que eles trazem do passado... veja as mãos deles... tem senseis que tem mãos deformadas devido a duros calejamentos que foram impostos no passado. Meu sensei que não é tão antigo assim, tem marcas nas pernas até hoje de treinamentos das décadas de 80 e 90. Não vou fazer discurso para esse tipo de coisas hoje, acho descabidos para a época, mas não podemos dizer que isso é lenda.

Um abraço e fique com Deus!!!

Sim,Alexander eu sei disso. Sabe, antes de um post aqui um amigo meu karateca veterano 3ºdan falou comigo pelo facebook," ih Beto não entra nessa, ali tem um pessoal que acha que inventou a roda, parei de postar faz muito tempo"... Mesmo assim decidi arriscar, valeu a força irmão. Em geral vejo muitos amigos karatecas filiados a CBK que evitam postar aqui parece haver uma barreira e um monopólio o que é atraso pro fórum.

Esse negócio de ah nos anos 60 se treinava assim assado é saudosismo, as coisas evoluem e temos que se atualizar sempre. Os japinhas que lutavam até a morte diariamente ou se escondem em algum dojo secreto nas montanhas do Paquistão ou não existem mais, hehehe.
Agora ficar treinando pra se machucar diariamente é burrice. Fazer isso pra que ? Provar pra si mesmo que é homem?
Os caras do kyokushin te garanto que tem 3x mais marcas e calejamento que estes karatecas antigos que você falou Alexander.

Recordo de novo, as lições tomadas pelo atleta tradicional, Nagaki, contra o Aghayev e Shimizu contra o atleta da Wadokai- sem falar do Levefre metendo o pé na cara do tradicional e garfado por um frustrado Enoeda. Vocês conhecem isso tudo. Não conseguiram encostar.
-Só lembrando que os karatecas do circuito europeu da WKF muitos deles são kickboxers de alto gabarito e ao contrário do que disseram "aguentam porrada" e batem mais forte ainda.
« Última modificação: Abril 20, 2012, 11:41:53 por ras »

Offline ras

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 17
  • Votos: +0/-0
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #28 Online: Abril 20, 2012, 11:45:07 »
Só ilustrando:



OSS !

Offline biancuzzi

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 201
  • Votos: +1/-0
    • Kenshusei Karate
Re:JKA 2012 - Brasileiro
« Resposta #29 Online: Abril 20, 2012, 11:51:01 »
Que eu saiba ninguém no mundo treina o karate arte marcial pra matar mesmo, isso seria até burrice.
Eu sou burro então! Se um dia eu precisar, ainda mais no mundo em que vivemos, quero que meu karate seja eficiente. Eliminar meu oponente com apenas 1 golpe. É esse o objetivo.
Não vou dar um soquinho num bandido e sair correndo.

Volto a comentar o que escrevi neste tópico. As pessoas acham que treino forte é pancadaria. Treino forte não causa sequelas, perda de olhos, paraplegia, etc. Treino forte forja um karateca em um ser melhor, tanto fisicamente quanto piscologicamente e moralmente.
Não deixem de acessar:
http://www.kenshuseikarate.com.br

Quer kimono de qualidade?
Acesse: http://loja.kenshuseikarate.com.br