Autor Tópico: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????  (Lida 10196 vezes)

Offline RicardoCosta

  • Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.591
  • Votos: +2/-1
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #30 Online: Fevereiro 20, 2010, 23:28:30 »
OSS!
Ricardo Costa
Máxima força, sempre!

Offline T_Favero

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 37
  • Votos: +0/-0
  • Praticante de Karate Seiwakai
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #31 Online: Março 09, 2010, 17:46:31 »
Treinamento de combate foi o motivo para eu começar a treinar karate, comecei no kyokushin por este motivo e posteriormente mudei para o seiwakai por acreditar em um aprofundamento neste tipo de treinamento. E não tive do que reclamar.

Como karateca pratico todos os treinos com a mesma vontade, pensando sempre em aprimorar minha técnica, até mesmo nos de kata onde apanho pra decorar as sequencias.

Já participei de treinos de outros estilos e academias e posso dizer que muitas academias aliviam nos treinos de combate, como dito anteriormente nesse topico, para não machucar os alunos. Eu não entendo isso.

Primeiro, se você treina uma arte-marcial e tem medo de se machucar devia escolher outro esporte. Eu não GOSTO de me quebrar mas sei que pode acontecer. Pra que ficar meia hora treinando tortura calejamento se num vai receber golpe?

Segundo, uma solução simples seria a utilização de protetores em treinos específicos. Assim como no boxe e no muay thai. Desta forma os alunos podem aplicar os golpes com força plena sem machucar ninguem.

É melhor bater em protetor do que "finge que bate que eu finjo que defendo". Isso não é combate.

Oss.
« Última modificação: Março 11, 2010, 11:10:02 por T_Favero »
Treinaremos firmemente nosso coração e nosso corpo, para termos o espírito inabalável.

Conheça o Seiwakai, seu treino e filosofia:

  (parte 1)
(parte 2)

A. HIGINO

  • Visitante
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #32 Online: Março 09, 2010, 22:27:55 »
OSS...

O graduado que pratica sem ao menos fazer 01 vez por semana um Jyiu-Kumite forte, está fazendo de conta que treina Karatê.
.............
Karatê-Dô é Empirismo(prática)!
"A experiência jamais irá vencer a prática".
Por maior que seja a sua experiência, se você negligenciou a prática, você será derrotado por quem não negligenciou, mesmo que este tenha menos experiência que você.
Se você não faz Jyiu-Kumite diligentemente, não se iluda...
..................
Como dizia O-Sensei Oyama:
"Como devemos julgar um suposto Karatê que ignora o combate (Jyiu-Kumite)".

OSS...

Offline akev

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 111
  • Votos: +0/-0
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #33 Online: Março 11, 2010, 10:55:40 »
 Prezado A.Higino, concordo com vc até certo ponto, pois nada  adianta partir para o treino de combate sem antes   ter passado pela fase de aprendizado do básico (defesa, ataque, auto controle, equilíbrio emocional, preparo físico etc..). O que acontece hj em dia é que  muitos alunos de karatê querem aprender a lutar sem antes aprender Karatê, e assim é difícil , fica até feio, é como se fosse briga de rua, troca de socos e ponta pés, sem definição , sem contéudo, erros de forma e conteúdo, etc... Outro dia fui visitar uma academia em SP e fiquei triste,pois vi professores renomados colocando alunos de 8, 9 ,10 e 12 anos , pra lutar, alguns deles eram faixa  branca, amarela e no máximo verde, isso é um absurdo no meu ponto de vista. Devemos ter cuidado em saber o que queremos, + temos que ter  a consciência do que podemos. Existe todo um conteúdo inicial e essencial que devemos aprender antes de partimos para uma  luta de combate e isso não está sendo levado em consideração. Quero deixar bem claro que  gosto de karatê forte, treinos duros, sou adepto ao combate.  Caro colega, tudo na vida existe seu tempo e sua hora e no karatê não pode ser diferente, tudo por etapa!
Oss...  
« Última modificação: Março 11, 2010, 11:20:14 por akev »

Offline RicardoCosta

  • Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.591
  • Votos: +2/-1
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #34 Online: Março 11, 2010, 11:01:31 »
Assino em baixo de suas palavras Akev.

Parabéns.

OSS
Ricardo Costa
Máxima força, sempre!

Offline Vinteedois

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.423
  • Votos: +0/-0
  • I don't see dead people!
    • Música e Arte - Blog
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #35 Online: Março 11, 2010, 11:38:02 »
(...) Outro dia fui visitar uma academia em SP e fiquei triste,pois vi professores renomados colocando alunos de 8, 9 ,10 e 12 anos , pra lutar, alguns deles eram faixa  branca, amarela e no máximo verde, isso é um absurdo no meu ponto de vista. (...)

É... Muitas das vezes o cara acaba fazendo isso (de colocar não graduados pra lutar) não é nem porque "quer".. mas pra "cativar" os pais ou o próprio aluno (no caso de não ser criança, mas ser igualmente sem o devido preparo prévio)... porque se não colocar pra "lutar" o aluno sai da academia e o professor perde a mensalidade...
Mas também, convenhamos, não é uma luta... é uma "luta"... é só pra constar, dizer que faz...
é um me engana que eu gosto...
DENUNCIE A PEDOFILIA! (disque "100")
www.musicaart.wordpress.com

("às vezes é melhor ficar calado e deixar que pensem que você é um idiota, que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida" - autor desconhecido)

A. HIGINO

  • Visitante
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #36 Online: Março 11, 2010, 12:01:12 »
OSS, akev...

Excelentes observações...
Exatamente por esses motivos por você citados, é que eu especifiquei logo no início da minha postagem o termo "Graduados" referindo-me aos Pretas.

OSS...


Offline aledragon

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 1
  • Votos: +0/-0
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #37 Online: Março 11, 2010, 13:42:05 »
OSS

Offline akev

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 111
  • Votos: +0/-0
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #38 Online: Março 11, 2010, 16:08:17 »
 Prezado A. HIGINO , aí que mora o grande problema, pois grande parte desses graduados   ( faixa preta), já trazem consigo  esses vícios. O que nos resta é  lutar pra tentar mudar esse quadro.
Oss...

A. HIGINO

  • Visitante
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #39 Online: Março 11, 2010, 19:02:03 »
OSS...

Quando um praticante torna-se faixa preta com esses vícios como diz o "akev"... Não há nada mais o que fazer!
Não conheço ninguem que foi tão longe e depois modificou-se.
...........
Lembro-me dos meus treinamentos nas antigas, onde os karatê-Dôkas dividiam-se em 03 grupos:
1- Os que gostavam de fazer Kihon-Kumitê e Jyiu-Kumitê forte.
2- Os que eram mais ou menos, mas não fugiam da raia.
3- E os que fugiam do Jyiu-Kumitê como o diabo foge da cruz.
O interessante é que todos nós competiamos, mas o último grupo só queria saber de competição. Só faziam luta quando o professor fazia o Shiai-kumite.
Quando se tornaram professores, baniram o Jyiu-Kumitê de seus Dôjôs.
Infelizmente esse é um dos principais motivos de estar em extinção os treinamentos de combate, como diz o tópico.

OSS...


Offline KATASHOTOKAN

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 873
  • Votos: +0/-0
  • KARATE-DO só quem pratica sabe a força que tem
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #40 Online: Março 11, 2010, 21:50:40 »
Prezado A.Higino, concordo com vc até certo ponto, pois nada  adianta partir para o treino de combate sem antes   ter passado pela fase de aprendizado do básico (defesa, ataque, auto controle, equilíbrio emocional, preparo físico etc..). O que acontece hj em dia é que  muitos alunos de karatê querem aprender a lutar sem antes aprender Karatê, e assim é difícil , fica até feio, é como se fosse briga de rua, troca de socos e ponta pés, sem definição , sem contéudo, erros de forma e conteúdo, etc... Outro dia fui visitar uma academia em SP e fiquei triste,pois vi professores renomados colocando alunos de 8, 9 ,10 e 12 anos , pra lutar, alguns deles eram faixa  branca, amarela e no máximo verde, isso é um absurdo no meu ponto de vista. Devemos ter cuidado em saber o que queremos, + temos que ter  a consciência do que podemos. Existe todo um conteúdo inicial e essencial que devemos aprender antes de partimos para uma  luta de combate e isso não está sendo levado em consideração. Quero deixar bem claro que  gosto de karatê forte, treinos duros, sou adepto ao combate.  Caro colega, tudo na vida existe seu tempo e sua hora e no karatê não pode ser diferente, tudo por etapa!
Oss...  
Oss!
“O propósito supremo do KARATE-DO não está contido na vitória, nem na derrota de adversários, mas, no aprimoramento do caráter, da personalidade e da honra de seus praticantes."

Offline PSekiMG

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1.470
  • Votos: +1/-1
  • Não existe atitude ofensiva no Karate ― Shoto.
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #41 Online: Março 11, 2010, 22:38:05 »
Oss,

O A. HIGINO fez uma observação muito bem posicionada: "Não conheço ninguém que foi tão longe e depois modificou-se". Acredito também que depois de uma faixa preta, torna-se inviável qualquer correção de "pequenos" detalhes, principalmente psicológicos ou doutrinários...

... imaginem agora um faixa-preta que não consegue controlar seus contra-ataques após a última defesa num Gohon-Kumite. Ora, treinamento controlado jamais foi sinônimo de prática fraca. Muito pelo contrário! Subestimar os mais simples aspectos fundamentais do Karate-do faz do praticante medíocre, que jamais alcançará o significado daquela arte marcial. Daí, quando este "graduado" for professor (se é que já não é), irá repetir os erros que cometia na época que teve inúmeras chances para se corrigir em seus alunos e, quando questionado sobre sua origem, vai responder que foi aluno de tal Sensei e que lá aprendera daquela maneira.

Pouco me importa se Fulano ou Beltrano são faixas-preta que não conhecem a prática do Kumite propriamente dito. Preocupa-me, para o futuro do Karate-do, saber que um instrutor promoveu seu aluno a certo grau que para este não estava qualificado. Seja por inexperiência de controle físico ou emocional - o que dizer de espiritual (Retórica)?

O futuro do "combate" deve ser mantido juntamente com toda sua elaboração prática de treinamento. Entretanto, só deve ser repassada em últimas instâncias de conhecimento, para alunos de maior comprometimento com a arte marcial e que, antes de tudo, tenham compreendido o básico da doutrina em suas variadas formas. Ademais, cabe ao instrutor qualificar melhor o seus alunos: promover os que merecem ser promovidos e lapidar melhor aqueles que ainda não atingiram amadurecimento para compreender quesitos mais complexos da arte marcial.

O aproveitamento é de cada um.
Karate-do é para si e não para o mundo externo.
Se ele brota do interior, ele é verdadeiro.

Oss.
A força física sem respeito nada mais é que força bruta, e para os seres humanos não tem nenhum valor ― Shoto.

Offline Lourival Silva

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 430
  • Votos: +0/-0
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #42 Online: Março 12, 2010, 15:12:22 »
Alguem me esclareça por favor, SEM FLAMEWAR se possível.

Percebo que muitos neste forum são bastante "preocupados", não sei se esta palavra é a mais adequada, em relação ao kumite, combate, lutinha ou seja lá mais como chamam.

E é claro para mim também os pontos mencionados que levam a este descontentamento e até concordo dado o meu nível de entendimento (bem pouco) do estilo Shotokan; percebo também que tem muitos tópicos que sempre esbarram no mesmo tema: Combate fraco, sombra não leva a nada, faz de conta não é karate e por aí vai...

No estilo kyokushin, NÃO ESTOU FALANDO QUE É MELHOR - só falando do que testemunhei, tem também a maioria dos "problemas" por vcs apontados (lutinha fraca, sombra, faz de conta e tals) porem, os alunos junto com o professor estabelecem o nível de pressão do combate conforme a capacidade dos combatentes; é claro que o professor acompanha o desenvolvimento da luta. Algumas vezes são utilizados caneleiras e proteção para a cabeça para aumentar ainda mais a dinamica da luta; é claro que acidentes acontecem. Muito bem, a única reclamação que se ouve é sobre os erros (canelada no cutuvelo, joelho com joelho, defesa aberta e etc...) ocorridos durante o kumite. Até onde eu entendo todo mundo sai satisfeito; dá varias cacetadas e toma (principalmente) várias também - tem para todos. Para os faixas pretas então...ave maria. Algumas vezes o pessoal marca um combate com a galera do Muay Thay; ainda não vi estes encontros mas dá para ter uma idéia.

Em combate com faixa branca, o mais graduado é instruido para apenas se defender e ajudar a melhorar a técnica do menos experiente; ataques tem que ser apenas para demonstrar como a coisa funciona - o professor fica de olho nesta questão.

Assumindo o fato de que em treinamento e em competição a idéia é não matar pergunto-lhes:

COMO É QUE ESTE TIPO DE COISA FUNCIONA NO SHOTOKAN, É DO MESMO JEITO?

OSS!!!

Offline T_Favero

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 37
  • Votos: +0/-0
  • Praticante de Karate Seiwakai
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #43 Online: Março 12, 2010, 15:39:55 »
No estilo kyokushin, NÃO ESTOU FALANDO QUE É MELHOR....

Oss!

É no minimo divertido ver que todo topico que contenha a palavra "kyokushin" logo em seguida vem alguma ressalva, como se fosse uma palavra feia ou um desafio.

Ps.: Falei kyokushin sem nenhum tipo de desafio nem nada. Me perdoem@!

Hahahah  ;D

Treinaremos firmemente nosso coração e nosso corpo, para termos o espírito inabalável.

Conheça o Seiwakai, seu treino e filosofia:

  (parte 1)
(parte 2)

rapha.m.g

  • Visitante
Re: Treinamentos de Combate - Uma espécie em extinção????
« Resposta #44 Online: Março 12, 2010, 15:47:17 »
é pq muita gente odeia kyokushin...


e tb muita gente que pratica, parece ter uma idéia de que é uma coisa "de outro mundo" e muito diferente de todos os outros estilos e ao meu ver ressaltam que não é o melhor depois de falarem sobre as diferenças...